O Mount Cook National Park, também conhecido como Aoraki National Park, é um parque nacional localizado na Ilha Sul da Nova Zelândia, que abriga geleiras, vales, 23 picos nevados, lagos de degelo e um dos céus mais estrelados do mundo! Amantes de ecoturismo e fotógrafos irão se apaixonar pelo Mount Cook National Park e suas inúmeras opções de trilhas e mirantes. O parque é também considerado pelos alpinistas profissionais como um dos melhores pontos para escalada da Australásia. Em abril de 2017, visitamos o parque e fizemos a trilha Hooker Valley, que foi uma das mais lindas que fizemos na Nova Zelândia. Chegamos no…

Compartilhar

No primeiro post da série “4 dias em Moscou”, falamos sobre as principais atrações que podem ser visitadas ao redor da Praça Vermelha. No segundo post, contamos tudo sobre o Convento Novodevichy e sobre a Galeria Tretyakov, ambas atrações que podem ser visitadas no segundo dia deste roteiro. No terceiro post da série, falamos todos os detalhes para ajudá-lo a conhecer, em um bate-volta, Sergiev Posad, uma cidadezinha a apenas 70 km de Moscou, que abriga um dos mais famosos complexos da Igreja Ortodoxa Russa: o Monastério da Trindade – São Sérgio. No post de hoje, o último da série, descreveremos as atrações que…

Compartilhar

O Metrô de Moscou, também conhecido como “Palácio Subterrâneo” ou “Palácio do Povo”, foi inaugurado na Era Stalin em 1935, consagrando-se como um dos mais ambiciosos projetos de engenharia da Rússia. Na época, o Partido Comunista mobilizou a população de todo o país para ajudar o governo a executar as obras do metrô. Buscavam-se tanto novas fontes de recursos, quanto mão de obra para a sua construção. O principal argumento utilizado nessa mobilização foi que um metrô socialista poderia superar os projetos capitalistas. Era fundamental para o governo Stalinista, mostrar ao mundo, aproveitando que o capitalismo passava por grandes dificuldades durante a Grande Depressão, que um país socialista poderia ter sucesso industrial, tecnológico e artístico na…

Compartilhar

Sergiev Posad é uma pequena cidade russa do século XV, que abriga um dos mais famosos e importantes complexos da Igreja Ortodoxa Russa: o Monastério da Trindade – São Sérgio, conhecido por muitos como o “Vaticano Russo”. A cidade está localizada na região da Rússia Central denominada Anel de Ouro, que é formada por 8 cidades históricas russas: Ivanovo, Kostroma, Pereslavl-Zalesskiy, Rostov Veliki, Sergiev Posad, Suzdal, Vladimir, Iaroslavl. Se você tem mais tempo, fazer uma road trip parando em cada uma dessas 8 cidadezinhas pode ser uma excelente oportunidade de aprender mais sobre a história e a religião na Rússia e vivenciar a vida interiorana do…

Compartilhar

Dirigir na Nova Zelândia é, sem dúvida, uma das maiores experiências que um viajante pode ter na Oceania. De maneira geral, as estradas do país são bem sinalizadas e estão em bom estado de conservação. Aliado a isso, a Nova Zelândia possui algumas das estradas mais cênicas do mundo, como a Great Coast Road, Haast Pass, Milford Hightway, Lindis Pass,  Glenorchy-Queenstown Road, entre outras. No entanto, há no país algumas regras que nós brasileiros não estamos acostumados e que devemos prestar bastante atenção. Em abril de 2017, fizemos uma road trip de 23 dias na Nova Zelândia. No post de hoje, traremos…

Compartilhar

No primeiro dia do Roteiro de 4 dias em Moscou, mostramos as principais atrações que se concentram na região da Praça Vermelha, além de dicas de hospedagem e de locomoção. Se você ainda não leu esse post, vale a pena olhar essas dicas primeiro. Agora, é hora de falarmos sobre as atrações que visitamos no segundo dia na cidade: o Convento e o Cemitério Novodevichy, que são uma excelente opção de passeio a céu aberto, e a Galeria Tretyakov, um museu interessantíssimo, dedicado à arte russa. Segundo dia do Roteiro de 4 dias em Moscou: Convento e Cemitério Novodevichy + Galeria Tretyakov 1) Convento…

Compartilhar

Além de memórias, quem aqui não curte trazer algumas lembrancinhas de uma viagem? Na verdade, não costumamos fazer grandes compras. O que a gente curte mesmo é colecionar pequenas coisas que nos fazem lembrar das nossas viagens. E sabe o que é legal nesta história? Essas coleções sempre começam do nada, do acaso mesmo. Sem perceber, a gente acaba entendendo nas entrelinhas um pouquinho do nosso jeito de ser. E a gente ri disso também! É aquilo que, sem querer, nos alegra, nos desafia e nos orgulha! Conheça hoje as 10 coleções de viagem que fazemos ao redor do mundo! 1) Miniaturas de pontos turísticos…

Compartilhar

Localizada no estado de Vitória na Austrália, entre as cidades de Torquay e Allansford, a Great Ocean Road é uma das estradas mais cênicas da Oceania e leva o viajante por aldeias de pescadores, praias de areia dourada, formações rochosas grandiosas, mirantes e florestas tropicais. A famosa Great Ocean Road possui 243 km de extensão e o seu início está a apenas 104 km de Melbourne. Por esse motivo, este é um passeio que não pode faltar no roteiro de quem visita essa cidade australiana. É possível percorrer a Great Ocean Road em apenas 1 dia, em um bate-volta a partir de Melbourne. No…

Compartilhar
1 2 3 22