10 motivos para fazer intercâmbio em Santa Bárbara – Califórnia

2

Em abril de 2014, fizemos um pequeno intercâmbio, para estudar inglês, em Santa Bárbara, na Califórnia.

Queríamos uma cidade pequena, mas animada; aconchegante; segura; e com opções de passeios para os finais de semana.

A cidade de Santa Bárbara caiu como uma luva!

Reunimos aqui 10 motivos que vão fazer você querer ser um intercambista em Santa Bárbara. É de apaixonar!

1) Arquitetura, cultura e gastronomia mexicanas, com segurança e organização americanas.

El Presídio de Santa Barbara. Foto: CFR / Blog Pegadas na Estrada

El Presídio de Santa Barbara. Foto: CFR / Blog Pegadas na Estrada

2) A cidade respira vinho e está cercada pelas melhores vinícolas da Califórnia.

winery santa barbara st inez valley

Vinícola Firestone. Foto: CFR / Blog Pegadas na Estrada

As vinícolas concentram-se principalmente na região do Vale de Santa Ynez, a 40 minutos de Santa Bárbara. Além das vinícolas, existem, no centro de Santa Bárbara, várias casas que oferecem degustação de vinhos locais. Destaque para a região conhecida como Funk Zone, com inúmeros “wine tasting” e para o píer Stearns Wharf, com vista para o mar.

3) Morar na praia

Píer Stearns Wharf, Santa Bárbara, Califórnia. Foto: CFR / Blog Pegadas na Estrada

Píer Stearns Wharf, Santa Bárbara, Califórnia. Foto: CFR / Blog Pegadas na Estrada

Morar na praia é, sem dúvida, uma qualidade, principalmente para bons mineiros como nós. O mar de Santa Bárbara não é dos mais bonitos, mas a orla é linda, animada e cheia de pessoas praticando esportes. Muitas escolas fazem churrasco na praia para os seus alunos, um ótimo momento para confraternizar e para participar de campeonatos de vôlei de praia.

4) Próxima aos melhores parques da Califórnia

Disney Adventure, Califórnia. Foto: CFR / Blog Pegadas na Estrada

Disney Adventure, Califórnia. Foto: CFR / Blog Pegadas na Estrada

Santa Bárbara está bem próxima aos melhores parques da Califórnia: Disney Adventure / Disneyland, Universal Studios e Six Flags. Ótimas opções para os finais de semana.

5) História e museus

Santa Barbara Courthouse. Foto: CFR / Blog Pegadas na Estrada

Santa Barbara Courthouse. Foto: CFR / Blog Pegadas na Estrada

Um dos prédios mais bonitos da cidade é, sem dúvida, o Courthouse, com sua arquitetura espanhola (passeio gratuito). Merecem destaque também as duas primeiras construções da cidade: El Presídio e Missão de Santa Bárbara, fundados em 1782 e 1786, respectivamente. No site da prefeitura, você encontra algumas sugestões de roteiros a pé pela cidade, passando por vários museus que contam a história da região.

6) Próximo à Solvang, um pedacinho da Dinamarca nos Estados Unidos

Solvang, Califórnia. Foto: CFR / Blog Pegadas na Estrada

Solvang, Califórnia. Foto: CFR / Blog Pegadas na Estrada

A cidade de Solvang está a apenas 45 minutos de carro de Santa Bárbara e é a mini Dinamarca da América, com ótimas padarias, docerias e restaurantes típicos.

7) Fazer compras ao ar livre

Passeo Nuevo, Santa Bárbara, Califórnia. Foto: CFR / Blog Pegadas na Estrada

Passeo Nuevo, Santa Bárbara, Califórnia. Foto: CFR / Blog Pegadas na Estrada

Santa Bárbara é cheia de pequenos shoppings e galerias a céu aberto. Para fazer compras ou tomar um sorvete, nada melhor para bater perna no final da tarde. Destaque para o Passeo Nuevo, La Arcada e a famosa State Street. Lá você encontrará lojas conhecidas do público brasileiro, como Forever 21, Macy´s, H&M, Gap, entre outras.
Se você quiser estender um pouquinho as suas compras, ainda pode visitar o outlet em Camarillo, a 45 minutos de carro de Santa Bárbara, com ótimos preços.

8) Sentir-se no velho oeste

Vale de Santa Ynez, Califórnia. Foto: CFR / Blog Pegadas na Estrada

Vale de Santa Ynez, Califórnia. Foto: CFR / Blog Pegadas na Estrada

Passear no Vale de Santa Ynez é viajar para o século XIX do Oeste Americano, com seus saloons, duelos, pistoleiros, xerifes e muita carne grelhada. Não perca as cidades de Los Olivos, Los Alamos e Santa Ynez.

9) Conhecer Hollywood

letreiro sign

Hollywood, Califórnia. Foto: CFR / Blog Pegadas na Estrada

Todo o glamour do cinema está a menos de 2 horas de Santa Bárbara. Não deixe de visitar a cidade de Los Angeles, Hollywood, Beverly Hills, o píer de Santa Mônica (final da Route 66) e Venice Beach. Mais uma ótima opção de passeio para os finais de semana!

10) “You will never know if you don´t go!”

Praia de Carpinteira, Califórnia. Foto: CFR / Blog Pegadas na Estrada

Praia de Carpinteira, Califórnia. Foto: CFR / Blog Pegadas na Estrada

Sobre o nosso intercâmbio:

1) Escola:

ELC – English Language Center. Optamos por essa escola pela possibilidade de escolhermos o turno das aulas. Em outras escolas, você recebe o seu horário apenas após o teste de nivelamento, podendo estudar no turno da manhã ou da tarde. Como queríamos estudar de manhã para aproveitarmos a cidade à tarde, optamos pela ELC.

2) Hospedagem:

A escola oferece pacotes de hospedagem, porém, você não consegue escolher a localização exata. Muitos colegas ficaram em casas bem distantes da escola e precisavam pegar transporte público ou alugar carro. Não achamos boa ideia. Queríamos morar perto da escola, da praia e dos principais pontos turísticos da cidade. Por isso, alugamos uma casa de 1 quarto no Airbnb. Para duas pessoas, ficou mais barato do que as hospedagens oferecidas pela escola e com uma localização muito melhor!

3) Transporte

Como ficamos localizados perto da escola, da praia e dos pontos turísticos, não precisamos de carro durante a semana. Nos finais de semana, alugamos carro na Avis para visitar as cidades da região.

4) Alimentação

Como alugamos uma casa, fazíamos as refeições em casa e saíamos em algumas noites para conhecer os restaurantes e os bares da região. Dica: na State Street existe um supermercado muiiito barato (99 cents). Nele, qualquer produto custa menos que 99 centavos de dólar, nem precisa olhar o preço, rs.

Compartilhar

Sobre o autor

Ela, cheia de imaginação e criatividade. Acredita que o mundo está logo ali. Se vai para o Canadá, por que não dar uma esticadinha até a Rússia, passando pela Islândia e pela Escandinávia? Ele, viajante mais pé no chão, pesquisa todos os detalhes e nunca se mete em furada ou confusão. Juntos, um equilíbrio, e muitas histórias para contar!

2 Comentários

Deixe um comentário