Dicas e Roteiro de 2 dias em Abel Tasman, Nova Zelândia: 2º Dia

0

Localizado na ilha sul da Nova Zelândia, o Abel Tasman National Park exibe um verdadeiro paraíso costeiro, onde praias de águas verdes e areia dourada se encontram com florestas nativas.

Abel Tasman National Park

Abel Tasman National Park. Foto: CFR / Blog Pegadas na Estrada

A região oferece excelentes oportunidades de caminhadas, passeios de caiaque, navegação e outras atividades ao ar livre.

No post anterior, falamos sobre as principais formas de explorar o parque e como combinamos caminhada e passeio de barco nesse lugar paradisíaco.

No post de hoje, descreveremos o passeio de caiaque que fizemos na Reserva Marinha da Ilha de Tonga e que não pode ficar de fora de nenhum roteiro por Abel Tasman.

Roteiro Abel Tasman

Caiaque em Abel Tasman National Park. Foto: CFR / Blog Pegadas na Estrada

1) Passeio de caiaque em Abel Tasman National Park

No  nosso segundo dia em Abel Tasman, decidimos explorar o parque pelo mar. Por isso, embarcamos no passeio Remote Coast, da empresa Abel Tasman Kayaks, que abrange toda a Reserva Marinha da Ilha de Tonga, de Awaroa Bay a Bark Bay. Para ver o percurso e a área abrangida, clique aqui.

Abel Tasman Kayaks

Caiaque em Abel Tasman National Park. Foto: CFR / Blog Pegadas na Estrada

  • Início do passeio:

Encontramos a equipe da Abel Tasman Kayaks às 08:30 no escritório da empresa, localizado na cidade de Marahau. De lá, seguimos em um barco (Water Táxi) até a praia de Awaroa, onde recebemos algumas instruções e começamos o nosso passeio de caiaque.

Importante mencionar que os caiaques utilizados não foram individuais e sim caiaques duplos, o que achamos melhor e mais fácil para tirar as fotos, rs.

  • Duração e nível de dificuldade:

Durante o passeio, que é guiado, remamos cerca de 4 horas no mar de Awaroa a Bark Bay, incluindo algumas paradas rápidas para descansar. Observe que este não é um passeio de caiaque para iniciantes e requer bom condicionamento físico.

Se você nunca andou de caiaque antes, vale a pena dar uma olhada nos outros passeios da Abel Tasman Kayaks. Há opções mais curtas, inclusive de meio dia.

O que fazer em Abel Tasman

Caiaque em Abel Tasman National Park. Foto: CFR / Blog Pegadas na Estrada

  • O que vimos pelo caminho:

Essa é, sem dúvida, a região mais bonita do parque. Navegamos por águas bastante claras, sempre margeando a costa de Abel Tasman.

Entre as praias de Awaroa e Onetahuti, passamos por Shag Harbour, com suas entradas escondidas.

Pontos de interesse Abel Tasman

Entradas escondidas de Abel Tasman National Park. Foto: CFR / Blog Pegadas na Estrada

Em seguida, fomos em direção à Ilha de Tonga, onde fizemos mais uma pequena entrada para ver as focas brincalhonas, conhecidas como Kekeno.

Abel Tasman Nova Zelândia

Focas em Abel Tasman National Park. Foto: CFR / Blog Pegadas na Estrada

Basta parar o caiaque e esperar. Logo, logo elas começam a se aproximar dando as boas vindas e querendo brincar.

Vida selvagem Nova Zelândia

Focas querendo brincar em Abel Tasman National Park. Foto: CFR / Blog Pegadas na Estrada

  • Almoço:

Por volta das 13:30, fizemos uma parada para um piquenique, incluído no passeio, que contou com sanduíche, maçã, bolo e café.

Durante a parada, foi possível nadar nas águas cristalinas da praia.

praias Nova Zelândia

Hora de nadar em Abel Tasman National Park. Foto: CFR / Blog Pegadas na Estrada

  • O retorno:

Por volta das 15:30, chegamos em Bark Bay, onde fomos pegos pelo barco da empresa e levados de volta para Marahau. Às 16:30 já estávamos de volta.

Para quem interessar, a Abel Tasman Kayaks disponibiliza banheiros com chuveiros na sede da empresa. Como seguímos viagem para Wellington após o passeio, esses chuveiros foram uma mão na roda para nós.

2) Onde se hospedar próximo a Abel Tasman National Park:

As cidades de Marahau, Kaiteriteri e Motueka oferecem opções de hospedagem para todos os bolsos e gostos.

De maneira geral, a cidade de Motueka oferece os hotéis com o melhor custo-benefício e foi onde nos hospedamos.

Dormimos 2 noites no Motueka Top 10 Holiday Park, um hotel que oferece desde estúdios completos (quarto, cozinha e banheiro privativo) a hospedagens mais em conta, como quartos com banheiro compartilhado e espaços para camping ou motorhome.

 Motueka Top 10 Holiday Park

Motueka Top 10 Holiday Park. Foto: CFR / Blog Pegadas na Estrada

Ficamos hospedados em um quarto de casal com banheiro compartilhado, que nos atendeu muito bem. Há diversos grupos de banheiros espalhados pelo complexo, que estavam bem limpos e vazios. Achamos a proporção de banheiro/nº de hóspedes muito boa.

hotel em Abel Tasman

Quarto de casal no Motueka Top 10 Holiday Park. Foto: CFR / Blog Pegadas na Estrada

Também gostamos muito da cozinha compartilhada e da área de jantar, que são equipadas e enormes. Observe que não há panelas e utensílios individuais. É necessário que você tenha os seus próprios utensílios.

Onde se hospedar em Abel Tasman

Quarto de casal no Motueka Top 10 Holiday Park. Foto: CFR / Blog Pegadas na Estrada

Para quem está com crianças, a área de lazer é excelente. Há uma piscina com parede de escalada, além de um playground bem completo.

Motueka Top 10 Holiday Park

Playground no Motueka Top 10 Holiday Park. Foto: CFR / Blog Pegadas na Estrada

O hotel ainda oferece lavanderia, sala de TV e uma jacuzzi.

Em resumo, achamos a propriedade bastante completa, com um bom custo-benefício e com um ambiente super familiar.

E assim terminamos a nossa passagem por Abel Tasman. Esta viagem continua em Wellington, em um roteiro completo de 2 dias.

Gostou deste post? Reserve os seus hotéis em qualquer destino pela caixa do Booking.com abaixo. Você não gasta nada a mais por isso, mas o nosso site recebe uma pequena comissão, que nos ajuda a escrever estes guias gratuitos de viagem.



Booking.com

Quer saber outras formas de apoiar o projeto Pegadas na Estrada sem gastar nenhum centavo?

Clique aqui e saiba como. É rápido, fácil e nos ajuda bastante. Até a próxima 🙂

Pensando em conhecer o Abel Tasman de caiaque? Dê um pin na foto abaixo e salve este conteúdo no seu Pinterest para consultá-lo depois.

Conheça Abel Tasman, um dos parques nacionais mais incríveis da Nova Zelândia, que oferece ótimas oportunidades para caminhada e passeios de caiaque.

A nossa hospedagem no Motueka Top 10 e o passeio com a Abel Tasman Kayaks foram uma cortesia dessas empresas. Todos os relatos descritos neste post, no entanto, foram baseados em nossas experiências reais e refletem a nossa opinião.

Compartilhar

Sobre o autor

Ela, cheia de imaginação e criatividade. Acredita que o mundo está logo ali. Se vai para o Canadá, por que não dar uma esticadinha até a Rússia, passando pela Islândia e pela Escandinávia? Ele, viajante mais pé no chão, pesquisa todos os detalhes e nunca se mete em furada ou confusão. Juntos, um equilíbrio, e muitas histórias para contar!

Deixe um comentário