Top 15 trilhas que todo amante da natureza deveria fazer

12

Você é daqueles que curtem caminhar horas e horas por trilhas que passam por desfiladeiros, montanhas, vulcões, desertos, lagos e rios? Ou daqueles que não perdem por nada uma vista e um penhasco? Então, este post foi feito especialmente para você.

Hoje falaremos sobre 15 trilhas incríveis que percorremos ao redor do mundo. Serão trilhas de todos os níveis: fácil, intermediário e difícil.

Em cada uma, você encontrará links que o levarão para outras informações, detalhes e roteiros. É só escolher a sua e se preparar para mais uma aventura!

Ah, e se você conhece alguma trilha top que a gente ainda não fez, deixe a dica nos comentários. A gente quer fazer também! 🙂

A seguir, as nossas Top 15 Trilhas!

1) Tongariro Alpine Crossing – Nova Zelândia

Tongariro Alpine Crossing

Tongariro Alpine Crossing, Nova Zelândia. Foto: RMA / Blog Pegadas na Estrada

Sem dúvida a caminhada mais incrível que fizemos na Nova Zelândia!

A Tongariro Alpine Crossing é uma trilha desafiadora de 19,4 km (ida), que passa por paisagens vulcânicas de tirar o fôlego. Devido à sua extensão e às suas condições extremas, esta é uma trilha para ser feita em um dia inteiro.

Você passará por vales e antigos fluxos de lava, subindo em direção a Red Crater, que marca o ponto mais alto em Tongariro Crossing. A partir daí, você começará a descer, passando por lagos de cor verde esmeralda, formado por  minerais extraídos na área térmica ao redor.

Para percorrer a trilha, estacionamos o carro no Ketatahi Car Park e de lá pegamos o transfer para o Mangatepopo Car Park, onde começamos a caminhada. Assim, ao final de 19,4 km, já estávamos bem perto do nosso carro. Para quem não está de carro, existem também transfers que podem deixá-lo no Mangatepopo Car Park e pegá-lo no  Ketatahi Car Park. A única desvantagem dessa opção é que você terá hora marcada para terminar a trilha.

Dica: se você fizer como nós fizemos, chegue beeem cedo no estacionamento, pois ele lota rapidinho.

Dica 2: leve lanche reforçado para 1 dia e bastante água. Não há lanchonetes ou água potável no parque.

Para ver todos os detalhes e dicas sobre esta trilha, confira o post Tongariro Alpine Crossing.

2) Pulpit Rock – Noruega

Pulpit Rock Noruega trilhas

Pulpit Rock, Noruega. Foto: CFR / Blog Pegadas na Estrada

Localizado no Lysefjord, a apenas 35 km de Stavanger, o Pulpit Rock ou Preikestolen é um precipício de 600 metros de altura, que oferece vistas incríveis de um dos mais famosos fiordes da Noruega.

Para chegar ao topo do mirante, é necessário percorrer uma trilha de nível moderado, com duração aproximada de 2 horas cada trecho. Apesar de não ser considerada difícil, a trilha requer bom condicionamento físico.

Para chegar até o ponto de onde parte a caminhada, é necessário dirigir até o estacionamento em Preikestolen Fjellstue, onde você também encontrará banheiros e água para beber. A entrada na trilha é gratuita, mas o estacionamento é pago.

Consulte todos os detalhes e informações sobre esta trilha no post que escrevemos “Roteiro de 2 dias em Stavanger, Noruega. Dia 2: Pulpit Rock ( Preikestolen)“.

3) Avalanche Creek – Glacier National Park – Montana – EUA

Avalanche Creek Trilhas Glacier

Avalanche Creek, Glacier National Park. Foto: CFR / Blog Pegadas na Estrada

Localizada no Glacier National Park, em Montana (Estados Unidos), a trilha Avalanche Creek começa na trilha Trail of the Cedars Trailhead e leva o viajante até o magnífico lago de degelo Avalanche Creek (foto), passando por dentro da floresta do parque.

Considerada uma trilha de nível moderada, a Avalanche Creek Trail possui 7,2 km (ida e volta) e um ganho de altitude de 225 metros. É bom levar um spray contra ursos na cintura, já que a área é a casa desses bichos fofinhos, rs. Para saber todos os cuidados que você deve tomar em ambientes com ursos, clique aqui.

Confira o roteiro completo que escrevemos sobre o Glacier National Park, com várias informações sobre esta e outras trilhas.

4) Circuito de Trilhas do Parque Nacional Iguazú – Argentina

Parque Nacional Iguazu Argentina Cataratas

Trilhas no Parque Nacional Iguazú. Foto: CFR / Blog Pegadas na Estrada

Declarado patrimônio mundial pela Unesco, o Parque Nacional Iguazú, na Argentina, é um convite aos amantes de trilhas e de caminhadas.

De maneira geral, as trilhas do parque são bem demarcadas, pavimentadas e não são difíceis. Ao todo, o circuito de trilhas do Parque Nacional Iguazú possui 4 boas caminhadas, que podem ser feitas em 1 único dia.

São elas: Circuito Inferior, Isla San Martin, Circuito Superior e Garganta del Diablo. Esta última leva o viajante até um mirante, de onde se pode chegar bem perto da queda d’água mais volumosa de todo o parque e é também a mais concorrida.

No post  “Roteiro em Foz do Iguaçu: Cataratas lado argentino” escrevemos todos os detalhes dessas trilhas e várias outras informações sobre o parque. Esperamos que vocês curtam!

5) Angels Landing – Zion National Park – Utah – EUA

Angels Landing Zion trilhas

Angels Landing, Zion National Park. Foto: CFR / Blog Pegadas na Estrada

Uma das trilhas mais desafiadoras que já fizemos!!!

A Angels Landing está localizada no Zion National Park, no estado de Utah (Estados Unidos) e é uma trilha considerada difícil, na qual você sobe bastante por um terreno íngreme e irregular.

Depois de muito subir, você continua subindo e, em seguida, sobe mais um pouco. Em um determinado momento, você precisará se segurar em correntes de ferro fixadas na montanha para não cair. Um pouco depois, é hora de caminhar por um terreno pedregoso bastante estreito morro acima outra vez. Se compensa? Definitivamente sim! A vista que se tem do Zion lá de cima é de deixar qualquer um de boca aberta.

No post “Roteiro completo no Zion National Park – Utah” você verá fotos de várias partes da trilha, além de informações sobre o parque e o roteiro completo que fizemos.

Vai por mim: o Zion National Park é um lugar único no mundo!

6) South Rim Walk – Kings Canyon – Austrália

Kings Canyon as melhores trilhas do mundo

South Rim Walk, Kings Canyon. Foto: RMA / Blog Pegadas na Estrada

Uma trilha pouquíssimo divulgada aqui no Brasil, a South Rim Walk é uma caminhada desafiante, em pleno calor do deserto australiano, que margeia o gigantesco Kings Canyon.

Vários são os cuidados necessários para percorrer essa trilha com segurança. Todas essas informações, além de um roteiro completo pela região, você encontra no post “Kings Canyon: a pérola do Outback Australiano¨.

Esta viagem combina com uma visita ao icônico Uluru e com a cidadezinha vermelha de Alice Springs!

7) Hooker Valley Track – Mount Cook National Park – Nova Zelândia

Mount Cook Hooker Valley Nova Zelândia

Trilha Hooker Valley, Mount Cook. Foto: CFR / Blog Pegadas na Estrada

A Hooker Valley é uma trilha lindíssima, com paisagens bem diversas, localizadas dentro no Parque Nacional Mount Cook na Nova Zelândia.

Ao longo de 13 km (ida e volta), a trilha leva o viajante para dentro de um vale cercado por montanhas e picos nevados. Você caminhará ao longo do rio Hooker, passará por 3 pontes suspensas e chegará em um lago e uma geleira.

Nossa dica: faça a caminhada no período da tarde e programe-se para ver o pôr do sol por lá. O céu se tornando amarelo, laranja e cor de rosa é de impressionar. Na volta, prepare-se para ver milhares de coelhos saltando ao seu redor!

8) Coastal Walk Bondi Beach to Coogee (Sydney) – Austrália

Congee Bondi Beach Sydney

Coastal Walk Bondi Beach to Coogee, Sydney. Foto: CFR / Blog Pegadas na Estrada

Uma atração que não pode faltar em nenhum roteiro por Sydney é a famosa Coastal Walk Bondi Beach to Coogee. Esta trilha, com cerca de 6 km de extensão, é facilmente percorrida por pessoas acostumadas a caminhar, inclusive famílias com crianças.

Beirando o mar o tempo todo, a trilha passa por diversas praias lindíssimas, algumas piscinas públicas, espaços para piquenique e diferentes formações rochosas.

Em nosso roteiro por Sydney, escrevemos todas as atrações visitadas e detalhamos cada pedacinho dessa trilha maravilhosa. Vale a pena conhecê-la!

9) Marble Canyon – Kootenay National Park – Canadá

trilha Kootenay Canada

Trilha do Marble Canyon, Kootenay National Park. Foto: CFR / Blog Pegadas na Estrada

Localizado nas Montanhas Rochosas Canadenses, o Kootenay National Park exibe uma beleza ímpar e surpreendente.

Entre as suas atrações mais exuberantes, está o Marble Canyon. A partir de uma trilha fácil de 1,6 km, você entrará para dentro desse cânion, margeando um rio de cor verde leitoso e descobrindo novas paisagens.

Confira o roteiro completo que escrevemos no post “Kootenay National Park: roteiro de 1 dia“.

Esta viagem combina com Banff, Jasper, Yoho e Waterton!

10) Horseshoe Bend – Arizona – EUA

Horseshoe Bend atrações Arizona Page

Horseshoe Bend, Arizona. Foto: CFR / Blog Pegadas na Estrada

Uma trilha curta (2,4 km ida e volta), mas bastante íngreme e debaixo de sol, esta caminhada levará você até um penhasco, de onde tem se uma vista incrível de uma imensa curva em forma de ferradura formada pelo curso do rio Colorado.

A entrada da trilha está localizada na rodovia US-89, bem próximo à cidade de Page. Lá você encontrará um estacionamento que, assim como a trilha, também é gratuito.

No post “Arizona: Antelope Canyon, Horseshoe Bend e Lake Powell” você encontra todas as informações sobre esta trilha e outras atrações do estado do Arizona.

Esta viagem combina com Utah e Colorado!

11) Navajo Loop – Bryce Canyon National Park – Utah – EUA

Navajo Loop, Bryce Canyon National Park

Navajo Loop, Bryce Canyon National Park. Foto: RMA / Blog Pegadas na Estrada

O estado de Utah, nos Estados Unidos, oferece uma série de parques nacionais e de boas oportunidades para os amantes de trilha e de natureza.

As principais atrações do Bryce Canyon National Park ficam ao longo da 18-mile scenic drive. É possível combinar passeios de carro, cavalo e trilhas.

Uma trilha que não pode faltar nesse roteiro é a Navajo Loop, na qual você passa por enormes formações rochosas, conhecidas como Hoodoos.

No post “Guia de Viagem – Bryce Canyon National Park“, você encontra várias informações sobre o parque e o nosso roteiro completo!

Esta viagem combina com Arches, Canyonlands, Zion e Capitol Reef.

12) Abel Tasman Coastal Track – Nova Zelândia

Abel Tasman Nova Zelândia

Trilha em Abel Tasman, Nova Zelândia. Foto: CFR / Blog Pegadas na Estrada

Frequentemente nas listas de praias mais incríveis do mundo, Abel Tasman é a nossa dica para os viajantes  aventureiros e que curtem atividades ao ar livre.

Além das praias, que são lindas, você encontrará a famosa Abel Tasman Coastal Track, 1 das 9 “Great Walks” da Nova Zelândia.

É possível percorrer toda a trilha, que dura de 3 a 5 dias, e ir dormindo nos Huts no caminho, que são hospedagens coletivas do parque. Ou fazer como fizemos: contratamos um barco para nos levar até Apple Tree Bay, caminhamos até Anchorage, onde o barco nos buscou no final do dia.

Confira aqui todos os posts que escrevemos sobre a Nova Zelândia. 

13) Joffre Lakes Trail – Canadá

viagem e turismo Whistler

Joffre Lakes Provincial Park. Foto: CFR / Blog Pegadas na Estrada

Localizado a 1 hora de carro de Whistler, no Canadá, o Joffre Lakes Provincial Park é um parque natural de entrada gratuita, com lagos de cor verde esmeralda de impressionar.

A principal trilha do parque é a Joffre Lakes Trail, que tem nível de dificuldade intermediário, 10 km ida e volta e tempo estimado de 4 horas.

Programe-se percorrê-las entre os meses de junho e setembro. Fora deste período, é possível que ela esteja fechada em virtude do grande acúmulo de neve.

Saiba mais no post “Whistler no verão: guia de viagem

14) Delicate Arch – Arches National Park – Utah – EUA

Delicate Arches National Park Utah EUA

Delicate Arch – Arches National Park – Utah. Foto: CFR / Blog Pegadas na Estrada

Já imaginou um lugar cheio de arcos formados pela ação dos ventos nas rochas ao longo dos anos? Assim é o Arches, um parque nacional no estado de Utah,  com mais de 2000 arcos naturais de arenito para você admirar.

Boa parte desses arcos, no entanto, é acessível apenas a partir de algumas trilhas, o que é uma alegria para nós “trekkeiros”. A trilha mais desafiadora e que nos leva ao arco mais incrível é a Delicate Arch. Prepare-se para uma trilha de nível difícil, com 4,8 km de extensão (ida e volta), muitas subidas e muito calor.

Confira esta e outras atrações do parque no post “Guia de Viagem do Arches National Park“.

Esta viagem combina com Canyonlands, BryceZion e Capitol Reef.

15)  Kīlauea Iki Trail – Hawai’i Volcanoes National Park – Havaí – EUA

Parque Nacional dos Vulcões Havaí

Caminhada na cratera do Vulcão Kīlauea Iki, Havaí. Foto: RMA / Blog Pegadas na Estrada

Uma trilha em forma de loop de 6,4 km, a Kīlauea Iki Trail começa dentro de uma floresta tropical exuberante e passa pelo campo de lava solidificada da cratera Kīlauea Iki. Apesar da última erupção deste vulcão ter ocorrido a mais de 50 anos, as rochas ainda estão quentes e é possível ver vapores saindo de fendas no solo.

Imagine a sensação de caminhar dentro do vulcão da foto. Indescritível, né?

E assim terminamos a nossa série de 15 Trilhas que todo amante da natureza deveria fazer. E você, conhece outra trilha também imperdível? Deixe a sua sugestão nos comentários, a gente adora!

Quer saber como apoiar o projeto Pegadas na Estrada sem gastar nenhum centavo, clique aqui. É rápido, fácil e nos ajuda bastante. Até a próxima 🙂

Gostou deste post? Dê um pin na foto abaixo e salve este conteúdo no Pinterest para consultá-lo depois. É rápido, simples e prático!

Ao redor de 44 países que visitamos, selecionamos as 15 melhores trilhas que fizemos. Neste post, você encontrará várias informações e fotos inspiradoras!

 

Compartilhar

Sobre o autor

Ela, cheia de imaginação e criatividade. Acredita que o mundo está logo ali. Se vai para o Canadá, por que não dar uma esticadinha até a Rússia, passando pela Islândia e pela Escandinávia? Ele, viajante mais pé no chão, pesquisa todos os detalhes e nunca se mete em furada ou confusão. Juntos, um equilíbrio, e muitas histórias para contar!

12 Comentários

  1. Esse post ficou demais!! Sonho de qualquer viajante que gosta de trilhas, como nós…
    Tem muita inspiração aí! Lá no Alasca fizemos ótimas trilhas no Denali e em Seward e nos parques Canadenses também…
    Esse ano vamos fazer trilhas bem desafiadoras na Noruega, acho que as mais difíceis serão a Trolltunga e Besseggen Ridge! Mas o que tem de difícil tem de linda, né?!

    Beijão!

    • Olá, Marcela! Muito obrigado pelo comentário. A região do Alasca é realmente linda demais. E as rochosas canadenses, poxa… nem se fala! Bacana que gostamos do mesmo estilo de viagem. É muito bom encontrar outros viajantes “animados” como nós. Temos certeza que você vai amar a Noruega. Queremos ver as fotos do Trolltunga e do Besseggen Ridge, hein? Vai ser demais 🙂 Beijos, Cristina e Renato.

    • Opaaa, queremos demais conhecer a Enseada no Guarujá também. O nosso país possui destinos incríveis e nós gostamos de fazer parte disso tudo também. Muito obrigado pelo comentário. Quem sabe um dia ainda não nos encontramos por aí? Abraços, Cristina e Renato.

    • Olá, Márcia! Também gostamos muito de fazer trilhas. É uma sensação de liberdade e de superação que nem tem como explicar. Que bom que você curtiu o post. Quem venham novas trilhas! Obrigado pelo comentário. Abraços, Cristina e Renato.

Deixe um comentário