Cachoeira Lagoa Azul em Capitólio: tudo o que você precisa saber!

2

Com um poço de águas verdes cristalinas, a cachoeira Lagoa Azul é uma das atrações mais lindas e procuradas de Capitólio, mas ainda gera muitas dúvidas quanto à sua visitação.

Visitamos essa cachoeira em um roteiro de 6 dias por Capitólio e recomendamos muuuuuito conhecê-la. No entanto, é imprescindível observar alguns pontos que mencionaremos ao longo deste post.

Ao final, esperamos que você esteja seguro de como visitá-la. Se ainda assim ficar alguma dúvida, fique à vontade para deixá-la nos comentários. Será um prazer ajudá-lo!

Cachoeira Lagoa Azul Capitólio Minas

Roteiro em Capitólio – Minas Gerais. Foto: Blog Pegadas na Estrada

1) Como é a cachoeira Lagoa Azul?

A cachoeira Lagoa Azul está localizada dentro da propriedade privada do Empório Lagoa Azul, na MG 050, Km 311.

Ela é composta de 2 partes:

  • Parte superior (paga): é a mais famosa. Forma um poço de águas cristalinas e esverdeadas, ideal para nadar. Quando fomos, a água estava quentinha.
O que fazer em Capitólio Minas Gerais

Parte superior da Cachoeira da Lagoa Azul. Foto: RMA / Blog Pegadas na Estrada

  • Parte inferior (gratuita): de cor mais escura, essa queda d’água deságua diretamente no Lago de Furnas e é ponto de parada para a maioria dos passeios de lancha.
Roteiro em Capitólio

Parte inferior da Cachoeira da Lagoa Azul. Foto: RMA / Blog Pegadas na Estrada

2) Como faço para visitar a cachoeira Lagoa Azul?

Existem 2 formas de visitar a cachoeira Lagoa Azul:

  • Via Empório Lagoa Azul

O Empório Lagoa Azul é um restaurante / pousada e está localizado na MG 050, Km 311. Nele você deverá pagar a taxa de visitação (R$ 40,00 em 2019) e receberá uma pulseira que dá acesso à cachoeira durante todo o dia. Há um pequeno estacionamento onde você poderá deixar o carro (gratuito).

Do empório até à cachoeira, é necessário fazer uma trilha curta e leve. Ao final, você deverá descer uma escadaria até a cachoeira.

Atenção: não há banheiros na cachoeira. Os banheiros estão localizados dentro do restaurante.

Como estávamos com bebê e era dia de semana (pouco movimento), os funcionários do empório permitiram que descêssemos de carro até o estacionamento da pousada, reduzindo a nossa caminhada. Se você está com bebê, vale à pena pedir também.

Aliás, fomos muito bem atendidos no Empório e pudemos aproveitar a estrutura do restaurante para dar papinha para o nosso Baby Thales e para trocar a fralda.

  • A partir dos passeios de lancha no Lago de Furnas

Como falamos, a maior parte dos passeios de lancha param na parte inferior da Cachoeira Lagoa Azul (gratuita).

Essa parte da cachoeira é bem diferente da parte superior, inclusive na cor da água. Na parte superior, você encontrará um poço verde cristalino para nadar. Na parte inferior, a água é mais escura e se mistura com a água do lago.

Na parte inferior, você irá encontrar um bar e poderá nadar também.

Atenção: deste ponto, é possível pagar R$ 40,00 (valor de 2019) para subir até a parte superior da Lagoa Azul. Se vale à pena? Falaremos mais adiante neste post.

3) Quando visitar a cachoeira Lagoa Azul?

Antes de mais nada, é preciso falar que a cachoeira Lagoa Azul fica lotada nos finais de semana e nos feriados e possui uma área pequena para nadar (tanto na parte inferior quanto na superior).

Se você não se importa em ficar em lugares lotados, ok. Se você, no entanto, busca um lugar tranquilo para relaxar e curtir a natureza, NÃO vá em feriados e em finais de semana.

A nossa dica, caso você esteja em Capitólio nos finais de semana e feriados, é visitar nesses dias atrações maiores e “menos” procuradas como Paraíso Perdido e Cascata Ecopark, por exemplo. Evite também fazer o passeio de lancha nos dias de maior movimento.

Fomos à cachoeira Lagoa Azul (parte superior) em uma segunda-feira e ficamos cerca de 3 horas. Nesse tempo, não apareceu absolutamente ninguém e ficamos com a cachoeira só para a gente. Foi uma experiência inesquecível!

Turismo Capitólio Minas Gerais

Cachoeira da Lagoa Azul completamente vazia! Foto: CFR / Blog Pegadas na Estrada

O que fazer em Capitólio Minas Gerais

É ou não é um paraíso? Foto: RMA / Blog Pegadas na Estrada

4) Vale à pena visitar a cachoeira Azul (parte superior) junto ao passeio de lancha pela Lago de Furnas?

Sem dúvidas, a resposta é NÃO!

Isso porque você subirá uma escada de pedras e pagará R$ 40,00 (valor de 2019) para ficar cerca de 20 minutos apenas, já que a lancha segue para os outros atrativos.

A melhor alternativa, sem dúvidas, é visitar a cachoeira da Lagoa Azul (paga) em outro dia a partir do Empório Lagoa Azul.

5) Vale à pena visitar a cachoeira Lagoa Azul a partir do Empório Lagoa Azul?

Sem dúvidas, SIM! A água é uma delícia, super verde e cristalina. Além disso, a vista do alto do Lago de Furnas é bem bonita e vale muitas fotos!

atrações Capitólio Minas Gerais

Vista do alto da cachoeira. Foto: CFR / Blog Pegadas na Estrada

Mas atenção, não recomendamos visitá-la nos finais de semana e feriados. A sua experiência pode não ser tão boa assim.

O que fazer em Capitólio cachoeira da Lagoa Azul

Mais um pouquinho desse paraíso só nosso!!! Foto: RMA / Blog Pegadas na Estrada

6) É possível visitar a cachoeira Lagoa Azul com bebês de colo e crianças pequenas?

Super possível! Visitamos a cachoeira Lagoa Azul com o Baby Thales de 7 meses e ele amou.

Capitólio com crianças

Nosso Baby Thales se divertindo na cachoeira! Foto: CFR / Blog Pegadas na Estrada

Mesmo que você não vá de carro até o estacionamento da pousada, como nós fizemos, ainda assim a caminhada do empório até a cachoeira é curta e leve. Carregamos o nosso pequeno no canguru e foi bem tranquilo. Aliás, para bebês de colo, cangurus são sempre uma ótima opção!

Levamos até uma piscininha para deixar ele brincando e relaxando.

Roteiro Minas Gerais com crianças

Nosso Baby Thales se divertindo na piscininha! Foto: CFR / Blog Pegadas na Estrada

Quando fomos, a água da cachoeira estava bem quentinha e ele se divertiu muuuuuito no poço cristalino!

viagem com bebê crianças dicas

Primeira vez do Baby Thales em cachoeira!!! Foto: CFR / Blog Pegadas na Estrada

roteiros com crianças viagem turismo

Uma alegria que não tem preço! Foto: CFR / Blog Pegadas na Estrada

O que fazer em Capitólio com crianças bebês

Primeiras braçadas do Baby Thales! Foto: CFR / Blog Pegadas na Estrada

7) Onde se hospedar em Capitólio

Antes de falarmos sobre as hospedagens, é preciso saber que as principais atrações não estão localizadas em Capitólio em si. Elas estão ao longo da MG 050, a aproximadamente 30 km da cidade.

Ainda assim, Capitólio é um bom ponto de partida, pois oferece a melhor estrutura turística da região.

Para quem quer se hospedar mais próximo das atrações, há alguns chalés interessantes ao longo da estrada.

E, para quem quer curtir um lugar bonito, descolado e com vistas de tirar o fôlego, Escarpas do Lago é a melhor opção.

A seguir, dicas de boas hospedagens para cada perfil de viajante.

7.1) Hospedagem em Capitólio

  • Cyrilo’s Palace Hotel: localizado na orla de Capitólio, este hotel oferece piscina com vista para o lago, lavanderia, balcão de turismo, café da manhã e quartos completos com frigobar. Sem dúvidas, este é o melhor hotel no centro de Capitólio. É também uma boa opção para quem não está de carro devido à sua localização e ao fato de poder reservar vários passeios no próprio hotel.
  • Escarpas resort: localizado a 5 km do centro de Capitólio, este resort oferece restaurante, estacionamento privativo gratuito, piscina ao ar livre, bar, balcão de turismo, hammam (banho turco) e recepção 24 horas. É uma excelente opção para quem quer fazer alguns passeios e relaxar!
  • Casarão Hostel: opção econômica, este hostel está muito bem localizado, oferece cozinha compartilhada, balcão de turismo, estacionamento, traslado e café da manhã.

7.2) Hospedagem ao longo da MG 050

  • Pousada Cachoeiras da Mata: o hotel oferece chalés, restaurante, estacionamento privativo gratuito, piscina ao ar livre, playground. churrasqueira e área de piquenique.
  • Pousada Cachoeira Lagoa Azul: localizada dentro da propriedade da cachoeira Lagoa Azul, esta hospedagem dá acesso ilimitado e gratuito à cachoeira. A pousada oferece chalés com frigobar, área de refeição e varanda; estacionamento, piscina, restaurante e balcão de turismo. É uma excelente opção para quem quer ficar em meio à natureza e próximo às principais atrações da região.
  • Riviera Capitólio Hotel: situado na beira do lago, este hotel oferece piscina com vista, restaurante, estacionamento privativo gratuito, bar, recepção 24 horas, buffet de café da manhã e organização de passeios.

7.3) Hospedagem em Escarpas do Lago

Localizado dentro do condomínio Mirante Escarpas do Lago, essas casas geminadas possuem um vista incrível do alto de Escarpas do Lago. Há um mirante bem em frente ao condomínio que é de tirar o fôlego.

onde se hospedar em Capitólio

Vista em frente ao condomínio! Foto: CFR / Blog Pegadas na Estrada

O condomínio também oferece piscina com vista, lounge, restaurante, recepção 24 horas, sauna e quadra. Apesar de não estar perto das atrações, está a 7 km da cidade de Capitólio.

Escolhemos esta opção por 3 principais motivos:

  • Como estávamos com bebê em fase de introdução alimentar, precisávamos de uma hospedagem com cozinha. Essa casa é completinha!
  • Queríamos um lugar com lazer para curtir o período da tarde com o nosso baby.
  • O condomínio está localizado em uma área lindíssima e próximo aos melhores bares da região (não queríamos pegar estrada após o bar).
onde se hospedar Lago de Furnas

Curtindo a piscina com o Baby Thales! Foto: RMA / Blog Pegadas na Estrada

Em resumo, apesar da distância das atrações, achamos essa hospedagem perfeita para a nossa condição. Se voltarmos para Capitólio, provavelmente ficaremos nessa propriedade novamente. Super recomendo!

Casa em Capitólio

Saudades da nossa casinha na montanha! Foto: CFR / Blog Pegadas na Estrada

Gostou deste post? Reserve os seus hotéis em qualquer destino pela caixa do Booking.com abaixo. Você não gasta nada a mais por isso, mas o nosso site recebe uma pequena comissão, que nos ajuda a escrever estes guias gratuitos de viagem.



Booking.com

Quer saber outras formas de apoiar o projeto Pegadas na Estrada sem gastar nenhum centavo?

Clique aqui e saiba como. É rápido, fácil e nos ajuda bastante.

Pensando em conhecer a cachoeira Lagoa Azul? Dê um pin na foto abaixo e salve este guia no seu Pinterest!

Roteiro em Capitólio Minas Gerais. O que fazer no Lago de furnas

Compartilhar

Sobre o autor

Ela, cheia de imaginação e criatividade. Acredita que o mundo está logo ali. Se vai para o Canadá, por que não dar uma esticadinha até a Rússia, passando pela Islândia e pela Escandinávia? Ele, viajante mais pé no chão, pesquisa todos os detalhes e nunca se mete em furada ou confusão. Juntos, um equilíbrio, e muitas histórias para contar!

2 Comentários

  1. Amei as dicas Cristina, Renato e Thales 🙂
    É bom demais ver novas postagens aqui no site! Tudo que eu precisava pra planejar a minha viagem pra Capitólio nesse fim de ano. Moro em Divinópolis e todo final de semana tem excursões saindo daqui, porém de bate volta, e sempre acreditei que não me proporcionaria conhecer de verdade essa região. Com as dicas de vocês vou aproveitar muito mais fazendo por conta própria. Apaixonada pelo conteúdo. Abraços.

    • Olá, Isabely!

      Que bom que você gostou e obrigado por nos acompanhar!
      É muito bom poder voltar a escrever e ajudar outros viajantes. Agora com o pequeno Thales, nossas dicas vão se expandir para toda a família!
      Já estamos preparando os próximos posts sobre Capitólio. Ao todo, serão 6 posts sobre essa viagem.
      Você está certíssima, não vale a pena fazer bate-volta não. Aproveita que você mora perto e passa pelo menos uns 5 dias. A região oferece muito mais do que as principais atrações. Vale a pena explorar mais!
      Qualquer dúvida, só mandar uma mensagem aqui no blog.
      Abraços
      Cris, Renato e Thales

Deixe um comentário