Escandinávia: roteiro de 19 dias pela Noruega, Suécia, Finlândia e Dinamarca

14

Localizada no extremo norte da Europa, a Escandinávia é famosa por seu alto índice de desenvolvimento humano, por suas belas paisagens e por ser o berço da cultura Viking. Apesar de não ser tão conhecida pelos brasileiros como os países da Europa ocidental, a Escandinávia oferece aos turistas incríveis atrações naturais e culturais.

Paisagens como as dos fiordes noruegueses e fenômenos como a aurora boreal e o sol da meia-noite fazem da Noruega um destino ideal para quem curte a natureza e atividades ao ar-livre. Por outro lado, Oslo, Estocolmo, Helsinque e Copenhagen são capitais vibrantes, ricas em arte, cultura e com muito orgulho do seu passado.

Por tudo isso, a Escandinávia é, sem dúvida, um destino que merece ser visitado!

Abaixo, descrevemos, sucintamente, o roteiro da viagem que fizemos a essa incrível região europeia. A ideia deste post é passar aos leitores, de forma simples e organizada, o panorama geral da viagem, com a ordem das cidades visitadas, sugestão de hospedagem e um resumo do roteiro.

Para saber mais detalhes e ver mais fotos dos destinos, clique no botão preto ao final de cada dia do roteiro.

Roteiro de 11 dias na Noruega

Dia 1 – Stavanger

roteiro na Escandinávia

Catedral de Stavanger. 1º dia do nosso roteiro na Escandinávia.  Foto: CFR / Blog Pegadas na Estrada

Hospedagem em Stavanger:

Roteiro resumido:

No primeiro dia do nosso roteiro pela Escandinávia, chegamos em Stavanger no começo da tarde logo após nossa viagem de 7 dias pela Islândia. Nesse dia tivemos tempo de visitar as seguintes atrações:

  • Catedral de Stavanger (foto)
  • Ovre Holmegate: simpática região de casinhas coloridas
  • Torre Valberg
  • Gamle Stavanger: centro histórico da cidade
Clique aqui para ver o post completo

Dia 2 – Stavanger

Pulpit Rock

Pulpit Rock,Noruega. 2º dia do nosso roteiro na Escandinávia. Foto: CFR / Blog Pegadas na Estrada

Hospedagem em Stavanger:

Roteiro resumido

Acordamos cedo neste dia para pegar o carro alugado na Hertz, cuja agência é bem central e próxima aos principais hotéis da cidade. Depois que pegamos o carro, seguimos para um dos destinos mais fotografados da Noruega: o imperdível Pulpit Rock. Quem preferir, também pode fazer esse passeio com uma agência de turismo local.

Na volta, aproveitamos que estávamos de carro e passamos pelo Monumento das 3 espadas (Sverd i fjell), que é um pouco mais afastado do centro da cidade.

As atrações visitadas neste dia, portanto, foram:

  • Pulpit Rock
  • Monumento das 3 espadas (Sverd i fjell)
Clique aqui para ver o post completo

Dia 3 – Bergen

roteiro na Escandinávia

Bryggen, Bergen. 3º dia do nosso roteiro na EscandináviaF. Foto: CFR / Blog Pegadas na Estrada

Hospedagem em Bergen:

Roteiro resumido

Às 9:15 h da manhã, pegamos o ônibus em Stavanger com destino a Bergen. Chegamos lá no começo da tarde e ainda visitamos as seguintes atrações:

  • Catedral de Bergen
  • Bryggen: píer de casinhas coloridas que é o cartão-postal da cidade (foto).
  • Monte Fløyen
Clique aqui para ver o post completo

Dia 4 – Bergen (Norway in a Nutshell)

Flam roteiro na Escandinávia

Vista do trem de Flam para Myrdal. 4º dia do nosso roteiro na Escandinávia. Foto: CFR / Blog Pegadas na Estrada

Hospedagem em Bergen:

Roteiro resumido

Neste dia fizemos o passeio Norway in a Nutshell, que dura todo o dia e combina ônibus, barco e trem para explorar paisagens incríveis nos fiordes noruegueses.

Clique aqui para ver o post completo

Dia 5 – Bergen

 roteiro na Escandinávia

Bergenhus Fortress, Bergen. 5º dia do nosso roteiro na Escandinávia Foto: CFR / Blog Pegadas na Estrada

Hospedagem em Bergen:

Roteiro resumido

No último dia em Bergen, visitamos as seguintes atrações localizadas no centro da cidade:

  • Fortaleza Bergenhus (foto)
  • Bergenhus Fortress Museum
  • Bryggen
  • Mercado de peixes
  • Casinhas de madeira coloridas das ruas Knosesmauet, Sankt Hansstredet e Kjellersmauet
  • Parque Lille Lungegaardsvannet

Outras atrações da cidade são sazonais e só abrem no verão. Por esse motivo, não pudemos visitá-las:

    • Old Bergen Museum: Museu a céu aberto que reconstrói a cidade como era século XIX, quando Bergen era a maior cidade de madeira da Europa. São 55 casas que, em sua maioria, foram transferidas do centro da cidade. Atores se vestem com o figurino de época e encenam situações do dia-a-dia, aumentando a sensação de viagem no tempo.
  • Fantoft Stave Church: Igreja de madeira construída originariamente em 1150 em Fortun e posteriormente reconstruída em Bergen.
  • Rosenkrantz Tower: Torre construída na fortaleza Bergenhus em 1560.
Clique aqui para ver o post completo

Dia 6 – Oslo

Parque Vigeland em Oslo.

Parque Vigeland em Oslo. Foto: RMA / Blog Pegadas na Estrada

Hospedagem em Oslo:

Roteiro resumido

Saímos de manhã bem cedo de Bergen para pegar o trem até Oslo, onde chegamos no começo da tarde. Neste dia, ainda conseguimos visitar as seguintes atrações:

  • Parque Vigeland (foto): Parque agradável que abriga as esculturas do norueguês Gustav Vigeland
  • Aker Brygge: Charmosa região costeira, repleta de bares, restaurantes, lojas e museus.
Clique aqui para ver o post completo

Dia 7 – Oslo

Museu do Folclore Norueguês.

Museu do Folclore Norueguês. Foto: CFR / Blog Pegadas na Estrada

Hospedagem em Oslo:

Roteiro resumido

Começamos o dia pegando o ônibus nº 30 para irmos ao Bygdøy, a famosa península onde se localizam alguns do principais museus da capital norueguesa. Em seguida, conhecemos o Palácio Real (por fora) e a Galeria Nacional. Confira as atrações visitadas neste dia:

    • Museu Kon-Tiki*: Museu que conta a incrível história do aventureiro Thor Heyerdahl, que construiu o barco de papiro Kon-Tiki e navegou com ele da Polinésia ao Peru para comprovar a sua teoria que a América teria sido povoada pelos polinésios.
    • Museu Fram*: Museu que conta a história do navio Fram, utilizado pelo explorador norueguês Roald Amunsen, na primeira expedição a atingir o pólo sul da Terra.
    • Museu do Barco Viking*: Outro museu que retrata a paixão e a forte ligação dos noruegueses com o mar. Neste museu estão expostos barcos e outros artefatos Vikings (como os famosos escudos e machados) encontrados em escavações arqueológicas. Antes de visitar o museu, assista a ótima série Vikings (disponível no Netflix)
    • Museu do Folclore Norueguês*: Museu a céu aberto, com diversas casas norueguesas, que mostram a evolução do estilo de vida na Noruega.
    • Galeria Nacional*: Museu de arte que expõe as obras dos principais artistas noruegueses. É neste museu que se encontrar o famoso quadro “O Grito”, de Edvard Munch.
  • Palácio Real: Residência oficial da família real norueguesa. O interior do palácio somente pode ser visitado no verão.

* Atrações incluídas no Oslo Pass

Clique aqui para ver o post completo

Dia 8 – Oslo

Complexo Akerushus. Foto: CFR / Blog Pegadas na Estrada

Hospedagem em Oslo:

Roteiro resumido

Nosso último dia em Oslo, fizemos um roteiro à pé por diversas atrações do centro da cidade que estavam incluídas no Oslo Pass. Apesar de passarmos em frente à Catedral de Oslo, não pudemos conhecê-la, pois ela não estava aberta à visitação neste dia. As atrações visitadas foram:

  • Prefeitura de Oslo (Rådhuset)*
  • Museu de Munch (Munchmuseet)*
  • Museu de História Natural*
  • Complexo Akershus (foto)*
  • Museu Nacional de Arquitetura*
  • Museu Nacional de Arte Contemporânea*
  • Centro Nobel da Paz*

* Atrações incluídas no Oslo Pass

Clique aqui para ver o post completo

Dia 9 – Tromso

Aurora Boreal em Tromso, Noruega. Foto: CFR / Blog Pegadas na Estrada

Hospedagem em Tromso:

Roteiro resumido

Neste dia, pegamos o voo de Oslo para Tromso, onde chegamos no começo da tarde. Após, fazer o check-in no hotel, caminhamos pelo centro da cidade para um breve reconhecimento, antes de nos preparar para a nossa primeira tentativa de avistar a Aurora Boreal, com um tour organizado por agência. Infelizmente o tempo não estava muito bom e o tour foi adiado para o dia 11 deste roteiro.


Dia 10 – Tromso

Tromso fiorde Noruega

Baía de águas cristalinas em Koppangen. Foto: CFR / Blog Pegadas na Estrada

Hospedagem em Tromso:

Roteiro resumido

No nosso primeiro dia completo em Tromso, alugamos um carro e, durante o dia, fomos explorar os fiordes nos arredores da cidade. À noite, saímos novamente de carro para caçar a aurora boreal por conta própria.

Clique aqui para ver o post completo

Dia 11 – Tromso

roteiro na Escandinávia

Aurora Boreal em Tromso. 11º dia do nosso roteiro na Escandinávia Foto: Andrei / Blog Pegadas na Estrada

Hospedagem em Tromso:

Roteiro resumido

No último dia em Tromso, separamos a manhã e a tarde para caminhar pelo centro da cidade e conhecer as suas principais atrações. À noite, saímos para caçar a aurora com uma agência de turismo local. As atrações visitadas durante o dia foram:

  • Northern Norway Art Museum
  • Roald Amundesen Monument e Catedral de Tromso
  • Polaria Aquarium
  • Storgata
  • Catedral do Ártico
Clique aqui para ver o post completo

Roteiro de 3 dias na Suécia

Dia 12 – Estocolmo

roteiro na Escandinávia

Estocolmo. 12º dia do nosso roteiro na Escandinávia. Foto: CFR/Pegadas na Estrada

Hospedagem em Estocolmo:

Roteiro resumido

Neste dia, havíamos planejado pegar o voo de Tromso para Estocolmo e já conhecer seu centro histórico (Gamla Stan) à tarde. No entanto, o atraso do voo Tromso-Oslo fez com que perdêssemos nossa conexão para a capital sueca, onde só chegamos no final da tarde. Assim, tivemos que mudar a nossa programação e visitar a Gamla Stan apenas no dia 14.


Dia 13 – Estocolmo

roteiro na Escandinávia

Estocolmo. 13º dia do nosso roteiro na Escandinávia. Foto: CFR / Blog Pegadas na Estrada

Hospedagem em Estocolmo:

Roteiro resumido

No nosso primeiro dia de passeio pela cidade, conhecemos as seguintes atrações:

    • Ericsson Globe (Sky View)*: complexo esportivo de onde se tem ampla vista panorâmica da cidade.
    • Skansen*: Museu a céu aberto que retrata a evolução dos costumes estilo de vida suecos
    • Nordiska museet (Museu Nórdico)*: Museu sobre a cultura do povo sueco
  • Vasamuseet (Barco Vasa)*: Museu que expõe o galeão Vasa, que foi construído para ser a joia da marinha sueca e um dos mais poderosos navios de guerra do seu tempo. O Vasa, no entanto, naufragou poucos metros após zarpar pela primeira vez.
  • Museu da bebida alcoólica (Spiritmuseum)*
  • Monteliusvagen: Mirante de onde se tem uma das mais belas vistas do centro histórico de Estocolmo.
  • Museu da fotografia (Fotografiska)*

* Atrações incluídas no Stockholm Pass

Clique aqui para ver o post completo

Dia 14 – Estocolmo

roteiro na Escandinávia

Royal Canal Tour em Estocolmo. 14º dia do nosso roteiro na Escandinávia Foto: CFR / Pegadas na Estrada

Hospedagem em Estocolmo:

Roteiro resumido

Em virtude do atraso do voo no dia 12, tivemos que acordar bem cedo neste dia para conhecer o centro histórico de Estocolmo (Gamla Stan), o que, inicialmente, estava programado para o dia da chegada. Assim, o roteiro deste dia ficou da seguinte forma:

  • Praça Stortorget
  • Catedral de Estocolmo (Sankt Nikolai kyrka)
  • Palácio Real*
  • Royal Canal Tour*
  • Palácio Drottningholm*

* Atrações incluídas no Stockholm Pass

Clique aqui para ver o post completo

Roteiro de 2 dias na Finlândia e Estônia

Dia 15 – Bate-volta a Tallinn

Muralhas da Cidade Velha de Tallinn. Foto: CFR / Blog Pegadas na Estrada

Hospedagem em Helsinque:

Roteiro resumido

Chegamos no dia anterior em Helsinque, onde nos hospedamos, para acordar cedo na manhã seguinte e fazer um bate-volta imperdível para Tallinn. As atrações visitadas na capital estoniana foram:

  • Igreja de São Olavo (Oleviste)
  • Praça Raekoja
  • Avenida Vene
  • Katariina Kaik
  • Pikk jalg
  • Catedral de Alexandre Nevsky
  • Igreja Toomkirik
  • Terraço Kohtu
  • Igreja de São Nicolau (Niguliste)

Clique aqui para ver esse roteiro no mapa

Clique aqui para ver o post completo

Dia 16 – Helsinque

roteiro na Escandinávia

Helsinque, Finlândia. 16º dia do nosso roteiro na EscandináviaFoto: CFR / Blog Pegadas na Estrada.

Hospedagem em Helsinque:

Roteiro resumido

De manhã cedo, pegamos o barco para Suomenlinna. Após visitarmos a fortaleza, voltamos para a praça do mercado, onde começamos um roteiro à pé pela cidade. Confira abaixo as atrações visitadas:

  • Fortaleza de Suomenlinna
  • Praça do Mercado
  • Praça do Senado
  • Tori Quarters
  • Catedral Ortodoxa de Uspenski
  • Capela do Silêncio (Kamppi Chapel)
  • Igreja Temppeliaukio
  • Monumento Sibelius

Clique aqui para ver o mapa desse roteiro

Clique aqui para ver o post completo

Roteiro de 8 dias na Rússia

De Helsinque, pegamos o trem Allegro para São Petersburgo, onde começamos nosso roteiro de 8 dias pela Rússia. Ao fim da nossa passagem pela Rússia, pegamos um avião de Moscou para Copenhagen para continuar a nossa viagem pela Escandinávia.


Roteiro de 3 dias na Dinamarca

Dia 17 – Copenhagen

roteiro na Escandinávia

Copenhagen, 17º dia do nosso roteiro na Escandinávia. Foto: CFR/Pegadas na Estrada

Hospedagem em Copenhagen: 

Roteiro resumido

Pela manhã, pegamos o voo de Moscou para Copenhagen, onde chegamos por volta de 12:15 h. Após pegarmos o trem até a cidade (incluído no Copenhagen Card) e fazer check-in no hotel, aproveitamos o resto da tarde para começar a conhecer a cidade. As atrações visitadas foram:

  • Palácio de Christiansborg (Christiansborg Slot)*
  • Palácio de Amalienborg*
  • Igreja de mármore (Frederik’s Church)
  • Kastellet
  • Little Mermaid (Pequena Sereia)
  • Tivoli Gardens*

* Atrações incluídas no Copenhagen Card

Clique aqui para ver o post completo

Dia 18 – Copenhagen

roteiro na Escandinávia

Nyhavn, Copenhagen. 18º dia do nosso roteiro na Escandinávia. Foto: CFR/Pegadas na Estrada

Hospedagem em Copenhagen: 

Roteiro resumido

No segundo dia em Copenhagen, visitamos as seguintes atrações:

* Atrações incluídas no Copenhagen Card

Clique aqui para ver o post completo

Dia 19 – Copenhagen

roteiro na Escandinávia

Castelo de Kronborg, Dinamarca. 19º dia do nosso roteiro na Escandinávia. Foto: CFR/Pegadas na Estrada

Hospedagem em Copenhagen: 

Roteiro resumido

No nosso último dia de viagem, fizemos um bate-volta imperdível para os Castelos Kronborg e Frederiksborg, ambos incluídos no Copenhagen Card. Esse passeio pode ser feito por transporte público, como fizemos, ou através de tour organizado por agência, incluindo também, nesse caso, a cidade de Roskilde e a sua incrível catedral.

Clique aqui para ver o post completo

O que você precisa para a sua viagem

    • Hotéis: Sempre utilizamos o Booking.com, sem dúvida a maior e mais completa plataforma para reservas de hotel.
    • Seguro de viagem: leitores do blog tem 5% de desconto no Segurospromo, um excelente comparador de seguros que utilizamos em nossas viagens e recomendamos aos nossos leitores. Para receber o desconto, basta acessar o site e utilizar o cupom PEGADASNAESTRADA .
    Seguro Viagem: Europa
    GTA 60 EUROMAX Assistência médica EUR 60.000 Bagagem extraviada USD 1.200 R$ 23/dia*
    TA 40 Especial - Internacional Assistência médica USD 40.000 Bagagem extraviada USD 1.200 R$ 11/dia*
      • Aluguel de carros: Gostamos muito do site Rentcars. Essa plataforma permite fazer a comparação entre diversas locadoras de carro, com a avaliação de cada uma. Assim, fica bem fácil descobrir as melhores ofertas de locação de veículos de um destino. Além disso, tem o diferencial de permitir o parcelamento em até 12x e, até mesmo, o pagamento sem IOF.

Compartilhar

Sobre o autor

14 Comentários

  1. Boa tarde!! Achei o roteiro de vocês no google e estou super interessada em seguir algumas dicas! Pretendo ir em dezembro/janeiro. Vocês indicam ir nessa época? Em que mês vocês foram? Obrigada!!

    • Olá, Mariana!

      Dezembro e janeiro são meses de inverno no hemisfério norte. Não é a melhor época, pois, além do frio, as atrações fecham cedo e o dia dura pouco.
      Fomos durante o outono e gostamos bastante.
      Normalmente viajamos durante o outono ou a primavera, pois as temperaturas não são extremas e fugimos da alta temporada.

      Esperamos que você faça uma excelente viagem.
      Abraços

  2. Olá! por gentileza, gostaria de esclarecer uma pequena dúvida a respeito da circulação de papel moeda. Sei que a Suécia praticamente baniu o papel moeda de circulação . Com relação à Noruega e Dinamarca , o papel ainda é bem aceito nos estabelecimentos de suas principais cidades (Stavanger, Oslo, Copenhagen etc.)??
    obrigado!

    • Olá Rafael,

      O abandono do papel-moeda é um fenômeno mundial e a Suécia está bem na vanguarda deste movimento. Quando fomos, não tivemos problema nenhum em fazer pagamentos em dinheiro, mas a situação tem mudado de forma bastante rápida.

      Na Noruega e na Dinamarca, os estabelecimentos ainda são obrigados por lei a aceitar dinheiro em espécie. Mas, como disse, as coisas tem mudado bem rápido e existe uma tendência, sobretudo na Dinamarca, de que, a qualquer momento, seja autorizado aos comerciantes recusar pagamentos em espécie.

      Abraço,

      Renato
      Blog Pegadas na Estrada

  3. Boa tarde
    Qual foi a cidade de entrada e de saida aerea para o roteiro? Esse eh exatamente o que quero fazer, mas estou fazendo os custos aereos e esta carissimo! Obrigada!

    • Renato de Araújo on

      Olá Karla,

      Nosso caminho para chegar na Escandinávia foi um pouco tortuoso. rs

      O objetivo principal da nossa viagem era a Islândia. Pesquisando voos com origem no Brasil e destino na Islândia os preços também estavam muito altos. Aí fizemos da seguinte forma. Aproveitamos uma superpromoção de São Paulo a Toronto e depois compramos uma passagem de Toronto para Stavanger na ida e de Copenhagen a Toronto na volta, com Stopover de 7 dias na Islândia. No fim, nosso roteiro ficou assim:

      – Passagem de SP para Toronto
      – 6 dias na costa leste do Canadá
      – Trecho Toronto – Reykjavik da nossa passagem de Toronto a Stavanger
      – Stopover de 7 dias na Islândia
      – Trecho Reykjavik – Stavanger
      – Roteiro de 19 dias, como está no post
      – Passagem de Copenhagen para Toronto
      – Pernoite em Toronto
      – Volta de Toronto a SP

      No seu caso, a dica é buscar promoções ou passagens mais baratas para os aeroportos mais centrais da Europa e depois comprar outra passagem para Oslo ou Copenhagen. Costuma ficar mais barato assim. Por exemplo, pesquise uma passagem ida e volta do Brasil para Londres e depois compre os trechos Londres – Oslo e Copenhagen – Londres. Além de Londres, que costuma ter boas ofertas de voos para a Escandinávia, você pode buscar também por Paris, Frankfurt, Madri ou Lisboa.

      Espero que essa dica te ajude a encontrar preços melhores. 🙂

      Abraço,

      Renato
      Blog Pegadas na Estrada

  4. Oi, adorei as dicas, estou indo em junho com meu filho de 18/06 a 09/07, dar em média 16 dias, onde vcs acham que devo ficar mais tempo? estarei chegando de Portugal. por onde seria a melhor opção de chegada e partida para o Brasil. Nao iremos a Tromos devido a epoca, esses dias queria fazer Islandia.

    • Renato de Araújo on

      Olá Tânia,

      Se você já estiver em Portugal, você pode começar pela Islândia e, de lá, seguir para a Noruega. Copenhagen é uma boa opção para fechar o roteiro. De lá você tem boa oferta de voos para os principais aeroportos da Europa, onde você pode fazer conexão para voltar para o Brasil.

      Um bom lugar para ficar mais tempo é justamente a Islândia, um dos destinos mais incríveis do mundo.

      Abraço e boa viagem,

      Renato
      Blog Pegadas na Estrada

  5. Olá! Achei o site de vcs em uma pesquisa do google! Estou super em dúvida se compro um pacote de excursão para conhecer escandinávia e rússia ou se arrisco o aluguel de carro como vcs! Amei o roteiro que fizeram, vcs tiveram facilidade de comunicação em todas as cidades? Vou com meus pais que são idosos e não falam inglês (eu falo fluente) e meu receio é de não aproveitar os passeios por conta dos guias em inglês nas cidades.
    COnhecem alguém que foi por excursão? VOcês aproveitaram os passeios mesmo sem guias?
    Obrigada!

    • Olá Maria Elisa,

      Que bom que você gostou de nosso roteiro. Ficamos muito felizes em saber! 🙂

      A gente sempre gosta de fazer todas as nossas viagens por conta própria, fazendo sempre um bom planejamento antes da viagem. Outras pessoas, por outro lado, já preferem a facilidade e comodidade de excursões organizadas por agência. Isso varia muito de acordo com o perfil de cada viajante. Aqui no blog, a gente costuma passar a nossa experiência para quem quer viajar por conta própria e, ao mesmo tempo, sempre que possível, linkar excursões que façam um roteiro parecido.

      Para quem fala inglês, a comunicação é muito fácil na Escandinávia. Quase todo mundo fala bem o inglês por lá. Assim, se pelo menos uma pessoa no grupo fala inglês, pode ficar despreocupada. Na Rússia, no entanto, a situação é bem diferente. Quase ninguém fala inglês! Mesmo em alguns hotéis, restaurantes e atrações turísticas você vai ter dificuldades de se comunicar. Nesse caso, o jeito é partir para mímica ou para o uso de aplicativos, como o Google Translator.

      Infelizmente não conhecemos ninguém que fez esse roteiro com excursão, assim não conseguimos te indicar uma agência. :-/

      Com relação à aproveitar o passeio sem guias, nós realmente não sentimos falta. Como a gente faz uma pesquisa bem detalhada antes da viagem, a gente já chega nos lugares com muita informação sobre os locais. Dessa forma, o guia acaba se tornando desnecessário.

      Abraço e boa viagem para vocês,

      Renato
      Blog Pegadas na Estrada

  6. Oi casal lindo!!!
    Adorei o roteiro da Escandinávia, acho os destinos bem exóticos e interessantes!
    Esta parte dos vikings me encanta muito!
    Vocês consideram como destinos caros? O que acharam?
    E é facil para se comunicar em inglês lá?
    grande beijo!

    • Olá, Paula!

      Também sou louca pela cultura Viking! Aliás, não vejo a hora de ver a nova temporada da série Vikings!
      Com relação aos preços, a Escandinávia é um destino caro sim. No entanto, é possível economizar bastante com hospedagem e alimentação. Ao longo dos outros posts sobre Noruega, Suécia, Finlândia, Dinamarca e Islândia, damos várias dicas de como fazer uma viagem bacana e com bom custo-benefício.
      Economize com alimentação e hospedagem e invista nos passeios e atrações.
      Será inesquecível!
      Bjs
      Cris

Deixe um comentário