O que fazer em Copenhagen em 3 dias: roteiro e dicas

26

Capital da Dinamarca, Copenhagen está localizada sobre as ilhas da Zelândia e Amager e oferece uma infinidade de atrações turísticas e opções de passeios bate-volta.

O que fazer em Copenhagen Dinamarca

Copenhagen, Dinamarca. Foto: CFR / Blog Pegadas na Estrada

Em 2 ou 3 dias, é possível visitar e se apaixonar pelas principais atrações da capital dinamarquesa. Com 1 ou 2 dias a mais, a dica é fazer pequenas viagens até outras regiões importantes do país como Hillerod, Helsingor ou Roskilde.

Em outubro de 2015, conhecemos algumas das principais atrações da Dinamarca em um roteiro de 3 dias. Nos 2 primeiros dias, visitamos os principais pontos turísticos da capital dinamarquesa com o uso do Copenhagen Card, que valeu super a pena, como falaremos adiante. No último dia, fizemos um passeio bate-volta até as cidades de Helsingor e Hillerod, onde conhecemos os castelos Kronborg (o mesmo da história de Hamlet) e Frederiksborg respectivamente.

No post de hoje, detalharemos o nosso roteiro e traremos dicas para ajudá-lo a realizar também este sonho!

Neste post você irá encontrar:

 

1) Como visitar as atrações de Copenhagen

Antes de entrarmos no roteiro propriamente dito, é importante falarmos sobre o Copenhagen Card.

Esse cartão, que tem validade de 24, 48, 72 ou 120 horas, dá direito à entrada em 73 museus, incluindo vários castelos, além do uso ilimitado de transporte público (ônibus, trem e bonde) e desconto em vários restaurantes e atrações.

Em resumo, tudo o que você precisa conhecer em Copenhagen e região está incluído no Copenhagen Card, até mesmo as principais atrações de Helsingor e Hillerod.

Observe que todas as atrações do nosso roteiro estão incluídas no Copenhagen Card. Uma vez que compramos esse cartão, não precisamos gastar nenhum centavo a mais com entradas ou com transporte público.

2) Como se locomover em Copenhagen

O transporte público de Copenhagen está incluído no Copenhagen Card e é super eficiente. Aliás, ficamos impressionados com a educação do povo dinamarquês e com a eficiência dos profissionais em todos os estabelecimentos pelos quais passamos.

Seja no centro de informações turísticas, no supermercado, nos restaurantes, no hotel, nos transportes públicos ou simplesmente nas ruas, o fato é que a simpatia e a educação do povo dinamarquês tornou a nossa viagem muito mais fácil e agradável.

Voltando ao assunto, rs, Copenhagen não é uma cidade para ser explorada de carro. Conjugue caminhada com ônibus, trem e bonde e você chegará a todos os lugares que precisa com segurança e tranquilidade.

Outra alternativa interessante, principalmente porque Copenhagen é uma cidade super plana, é se deslocar entre as atrações como um típico dinamarquês: de bicicleta. Por toda a cidade, você verá bicicletários lotados. Na maioria deles, essas bicicletas estão apenas encostadas, sem cadeado. A segurança é tanta, que ninguém mexe na bicicleta do coleguinha. Mas, como somos brasileiros, ainda assim recomendamos que você tenha sempre um cadeado.

3) Roteiro de 3 dias em Copenhagen

Dia 1:

  • Palácio de Christiansborg (Christiansborg Slot)

O Palácio de Christiansborg  é hoje a sede dos poderes executivo, legislativo e judiciário da Dinamarca, e abriga os aposentos reais, utilizados pela família real em eventos oficiais. É possível visitar boa parte do castelo, quando ele não está sendo utilizado pelos membros de poder.

Interior do Palácio de Christiansborg Copenhagen

Interior do Palácio de Christiansborg, Copenhagen. Foto: CFR / Blog Pegadas na Estrada

Além disso, o complexo abriga o estábulo real, com charretes e cavalos utilizados por reis, rainhas e príncipes, e um antigo teatro que também pode ser visitado.

Roteiro dicas Copenhagen Dinamarca

Teatro do Palácio de Christiansborg, Copenhagen. Foto: CFR / Blog Pegadas na Estrada

Todas as atrações estão incluídas no Copenhagen Card.

  • Palácio de Amalienborg

O Palácio de Amalienborg é um complexo formado por 4 prédios iguais, em torno de uma praça com uma estátua equestre do rei Frederik V ao centro. Está localizado à 1,4 km do Palácio de Christiansborg e pode ser facilmente acessado a pé.

Palácio de Amalienborg Copenhagen

Palácio de Amalienborg, Copenhagen. Foto: CFR / Blog Pegadas na Estrada

Atualmente, parte do palácio abriga a residência da família real e apenas 1 dos 4 prédios está aberto ao público para visitação. Dentro desse prédio, você verá um museu, com exposições sobre a monarquia e suas tradições.

A troca de guardas ocorre todos os dias ao meio dia na praça.

  • Igreja de mármore (Frederik’s Church)

Igreja de mármore Copenhagen

Igreja de mármore em frente ao Palácio de Amalienborg, Copenhagen. Foto: CFR / Blog Pegadas na Estrada

Bem em frente ao Palácio de Amalienborg, você verá, ao final da rua Frederiksgade, a igreja de mármore conhecida como Frederik’s Church e que levou dois séculos para ser construída.

A entrada é gratuita.

Copenhagen Card

Interior da Igreja de mármore, Copenhagen. Foto: CFR / Blog Pegadas na Estrada

  • Kastellet e Little Mermaid (Pequena Sereia)

O Kastellet, em português cidadela, é um enorme forte construído em formato de pentagrama no século XVII, que abriga hoje a Igreja de Saint Albans, prédios militares e uma espécie de parque, onde os locais correm ou fazem caminhada.

 Igreja de Saint Albans Copenhagen

Igreja de Saint Albans, Copenhagen. Foto: CFR / Blog Pegadas na Estrada

Não é possível visitar o interior de Kastellet. Aqui, a programação é relaxar e caminhar ao seu redor. Siga em direção à Little Mermaid, a famosa estátua de bronze da pequena sereia assentada em uma pedra sobre o mar.

Liitle Mermaid Pequena Sereia Copenhagen

Little Mermaid, Copenhagen. Foto: CFR / Blog Pegadas na Estrada

  • Tivoli Gardens

Tivoli Gardens Copenhague

Tivoli Gardens, Copenhagen. Foto: CFR / Blog Pegadas na Estrada

Hora de voltar a ser criança!

Construído em 1843, o Tivoli Gardens é um programa para toda a família. Lá você encontrará um parque com brinquedos para crianças e para adultos, restaurantes, barraquinhas com comidas típicas, lojas e um trabalho paisagístico de tirar o fôlego.

Aberto até às 23:00 ou 00:30 dependendo da época do ano e do dia da semana, a dica é visitá-lo à noite e ver algum dos vários shows ao ar livre, além da iluminação, que é linda.

Guia de viagem Copenhagen

Tivoli Gardens, Copenhagen. Foto: CFR / Blog Pegadas na Estrada

Quando fomos, em outubro, o parque estava incrivelmente lindo e todo decorado de Halloween.

Halloween Tivoli Gardens Copenhagen

Decoração de Halloween no Tivoli Gardens, Copenhagen. Foto: CFR / Blog Pegadas na Estrada

Viagem turismo Copenhagen Dinamarca

Decoração de Halloween no Tivoli Gardens, Copenhagen. Foto: CFR / Blog Pegadas na Estrada

Apesar de a entrada no parque estar incluída no Copenhagen Card, os brinquedos do parque requerem ingressos comprados à parte, que não são baratos.

Por isso, se você pretende passar mais tempo no Tivoli e brincar em vários brinquedos, ao invés de comprar os tickets individuais, procure pelos passes que oferecem entradas ilimitadas nos brinquedos ou o chamado “all inclusive”, que, além dos brinquedos, inclui a entrada no aquário, jantar e outras coisinhas.

Consulte todos os detalhes no site oficial do Tivoli Gardens.

Dia 2:

  • Passeio de barco – Canal Tours

Passeio de barco em Copenhagen Canal Tours

Passeio de barco em Copenhagen (Canal Tours). Foto: CFR / Blog Pegadas na Estrada

Para se ter uma boa noção das atrações da cidade, a dica é embarcar em um passeio de barco, com duração de 1 hora, que parte de Nyhavn ou Gammel Strand (Ved Stranden), e passa pelos principais pontos turísticos da cidade: a Ópera, o Palácio de Amalienborg, a antiga bolsa de valores, Christianshavn, a Pequena Sereia, Our Saviours Church e muito mais.

O passeio, que se chama Canal Tours, está incluído no Copenhagen Card. Atente-se, porém, que apesar de partir de Nyhavn ou Gammel Strand (Ved Stranden), apenas o passeio que sai de Gammel Strand (Ved Stranden) está incluído no Copenhagen Card.

Roteiro Escandinávia Dinamarca

Passeio de barco em Copenhagen (Canal Tours). Foto: CFR / Blog Pegadas na Estrada

  • Rundetaarn (The Round Tower)

Com 36 metros de altura, esta torre redonda, construída no século XVI, abrigou o observatório astronômico da Dinamarca e oferece um ótima vista da parte antiga de Copenhagen.

Rundetaarn The Round Tower Copenhagen

Vista da cidade a partir da Rundetaarn. Foto: CFR / Blog Pegadas na Estrada

Atualmente, é possível subir até o topo da torre por uma rampa circular de 209 metros de extensão, que passa por algumas salas com pequenas exposições e uma capela. Você também passará por um pequeno chão de vidro, do qual poderá ver a base da torre a uma altura de 25 metros. Não tenha medo, esse chão aguenta até 900 kg por metro quadrado!

Atrações Copenhagen Rundetaarn

Rundetaarn, Copenhagen. Foto: CFR / Blog Pegadas na Estrada

  • Castelo Rosenborg

Castelo Rosenborg Copenhagen

Castelo Rosenborg, Copenhagen. Foto: CFR / Blog Pegadas na Estrada

Construído em um maravilhoso jardim no coração de Copenhagen, este castelo, com mais de 400 anos de história, abriga tesouros e jóias da família real, coleções de tapetes e objetos de vidro, aposentos reais e o famoso Salão dos Cavaleiros, onde você encontrará os tronos de coroação e três leões de prata em tamanho real que “estão de guarda”.

IMG_6304.JPG

Jardim do Castelo Rosenborg, Copenhagen. Foto: CFR / Blog Pegadas na Estrada

viaje viagem Dinamarca

Interior do Castelo Rosenborg, Copenhagen. Foto: CFR / Blog Pegadas na Estrada

  • Visit Carlsberg

Também com o Copenhagen Card, é possível visitar a fábrica da famosa cerveja dinamarquesa Carlsberg e fazer uma degustação incluída ao final do passeio. Essa é a parte que os turistas mais gostam, rs!

Visit Carlsberg Copenhagen

Visit Carlsberg, esta é a parte que os turistas mais gostam! Foto: CFR / Blog Pegadas na Estrada

  • Københavns Rådhus

Baseada na prefeitura de Siena, a Københavns Rådhus foi inaugurada em 1905 e é onde funciona a prefeitura da cidade.

Repare na sua fachada ricamente ornamentada, com uma estátua dourada logo acima da varanda e a famosa torre do relógio.

De lá, siga para a rua Strøget, nossa próxima atração.

  • Passeio e compras na Strøget

Considerada uma das ruas de pedestres mais antigas da Europa, a  Strøget, que começa na praça da prefeitura (City Hall Square) e vai até Kongens Nytorv, é uma ótima opção para “bater perna” e fazer algumas comprinhas.

Aqui você encontrará lojas de souvenir; marcas famosas, como Michael Kors e Gucci; lojas mais em conta como a Zara e H&M; lojas de brinquedo, como a loja da Disney e da Lego; além de várias opções de fast-foods e cafeterias.

Está gostando deste roteiro? Clique aqui e siga nossas dicas também no Instagram @pegadasnaestrada

Dia 3: Bate-volta a partir de Copenhagen: Castelo de Kronborg e Castelo de Frederiksborg

Castelo de Kronborg

Castelo de Kronborg, Helsingor. Foto: CFR / Blog Pegadas na Estrada

Em um raio de menos de 50 km, é possível visitar, a partir de Copenhagen, diversos outros destinos interessantes na Dinamarca, tais como as cidades de Hillerod, Helsingor ou Roskilde. Além das pequenas distâncias, a eficiência do transporte público dinamarquês é um convite a usar Copenhagen como base para explorar outras regiões.

Em 1 dia inteiro, visitamos os castelos Kronborg e Frederiksborg, nas cidades de Helsingor e  Hillerod respectivamente.

Confira todos os detalhes deste passeio por conta própria no post “Bate-volta a partir de Copenhagen: Castelo de Kronborg e Castelo de Frederiksborg“.

Atenção: durante o inverno, os dias são bem mais curtos e as atrações costumam abrir mais tarde e fechar mais cedo. Por isso, caso você vá neste período ou próximo dele, lembre-se que precisará de mais dias para fazer o mesmo roteiro.

O que não visitamos:

  • Carlsberg Glyptotek
  • Christiania
  • Open Air Museum
  • Museu Nacional de Copenhagen

Em resumo, Copenhagen é uma cidade super aconchegante, histórica e recheada de atrações. Se você tem mais tempo, dê uma olhada no Copenhagen Card. Com certeza você achará vários outros atrativos para preencher o seu roteiro.

Se você tem apenas 3 dias, como nós, não se preocupe: com este roteiro, você terá uma boa visão da cidade e conhecerá as principais atrações de Copenhagen!

4) Onde se hospedar em Copenhagen

Como mostramos anteriormente, boa parte das atrações de Copenhagen estão localizadas em uma mesma região, sendo possível conhecê-las a pé. Para as atrações um pouco mais distantes, a cidade oferece um excelente sistema de transporte público.

Por esses motivos, a dica é se hospedar próximo à estação central, de onde partem trens e ônibus para diversos pontos da cidade. Além disso, esta é uma região com ótimo custo-benefício, já que hospedagem em Copenhagen costuma ser bem cara, e próxima às principais atrações, como o Tivoli Gardens e a Gliptoteca Ny Carlsberg.

Observe que, por ser uma região central, você poderá encontrar alguns moradores de rua na região. No entanto, não tivemos nenhum problema com isso, inclusive à noite.

A seguir, algumas opções interessantes:

Gostou desta matéria? Reserve os seus hotéis em qualquer destino pela caixa do Booking.com abaixo. Você não gasta nenhum centavo a mais por isso, mas o nosso site recebe uma pequena comissão, que nos ajuda a escrever estes guias gratuitos de viagem. Obrigado e até a próxima!



Booking.com

Pretende conhecer a Dinamarca? Dê um pin na foto abaixo e salve este conteúdo no seu Pinterest para consultá-lo depois. É simples, rápido e prático!

Conheça as principais atrações de Copenhagen e região, em um roteiro otimizado de 3 dias. Saiba também como se locomover e onde se hospedar na cidade.

Este roteiro de Copenhagen combina com:

Compartilhar

Sobre o autor

Ela, cheia de imaginação e criatividade. Acredita que o mundo está logo ali. Se vai para o Canadá, por que não dar uma esticadinha até a Rússia, passando pela Islândia e pela Escandinávia? Ele, viajante mais pé no chão, pesquisa todos os detalhes e nunca se mete em furada ou confusão. Juntos, um equilíbrio, e muitas histórias para contar!

26 Comentários

    • Olá, Itamar! Muito obrigado pelo comentário. A cidade é super fofa e o Tivoli é um excelente passeio para a noite. Ficamos hospedados bem próximo ao parque, era o nosso passeio “obrigatório”, rs. Abraços, Cristina e Renato.

    • Olá, Ana Carolina! Obrigado pela visita e pelo comentário. Copenhagen é uma cidade super aconchegante e gostosa de conhecer. Vale a pena também visitar as cidadezinhas próximas. Cada uma mais linda que a outra! Abraços, Cristina e Renato.

    • Olá, Adriana! Esse Copenhagen Card foi um dos melhores cartões que usamos na Europa. Basicamente tudo incluído. Recomendamos demais. Se precisar de mais alguma dica, estamos aqui. Uma ótima viagem para você. Abraços, Cristina e Renato.

  1. Copenhagen deve ser perfeita, ao menos as fotos estão! Esse Castelo Rosenborg é muito bonito, adoraria conhecê-lo, outra coisa que chama muita atenção é a arquitetura, que coisa mais linda!!
    Obrigada pela dica, eu tenho muita vontade visitar a Dinamarca, se pudesse moraria lá!
    Beijos.

  2. Ola, adorei as dicas e farei a viagem agora em abril, Gostaria de saber se é necessario comprar um chip para ter acesso a internet durantes os 3 dias? Outra duvida é : facil de chegar no hotel pelo transporte publico?

    • Olá Lian,

      Que bom que você curtiu nosso post, ficamos felizes de saber. 🙂

      Se você quiser ficar conectado o tempo todo, sem depender de wi-fi, o ideal é comprar um chip sim. Como nós passamos por diversos países, viajamos com um chip da Easysim4u.

      Se você ficar hospedado perto da Estação Central será muito tranquilo chegar no hotel. Nós ficamos a poucos metros da estação, então foi bem fácil de chegar e ir de/para o aeroporto, de pegar os trens para os castelos nos arredores da Copenhagen e também para chegar em qualquer atração da cidade.

      Abraço e boa viagem,

      Renato
      Blog Pegadas na Estrada

    • Olá, Alessandra!

      Tudo bem?

      Copenhague tem uma infinidade de bons restaurantes, mas o que você não pode deixar de provar é, sem dúvida, o Smørrebrød, que é um típico sanduíche aberto dinamarquês, e as nha bentas. Nos supermercados, mesmo na área turística, você encontrará caixas e caixas de nha bentas, muitas vezes em promoção. Elas são deliciosas, as melhores que já comemos!

      Para quem curte comida de rua, vale a pena olhar as barraquinhas do PAPIRØEN, que é um enorme galpão, cheio de coisinhas gostosas e diferentes.

      Para restaurantes, sempre consultamos a lista do Tripadvisor. A grande vantagem é que você pode filtrar por faixa de preço, estilo de culinária, local e horário do dia (almoço, lanche, jantar…). Confira a lista de Copenhague aqui.

      Desejamos que você faça uma excelente viagem!

      Grande abraço
      Cris e Renato

Deixe um comentário