Bate-volta a partir de Copenhagen: Castelo de Kronborg e Castelo de Frederiksborg

11

Fazer um passeio bate-volta a partir de Copenhagen é uma ótima oportunidade para conhecer incríveis castelos medievais e sentir um pouco mais a essência do país.

Hillerod Dinamarca

Cidade de Hillerod, conhecida em um bate-volta a partir de Copenhagen

Em um raio de menos de 50 km, é possível visitar diversas cidades históricas, tais como HillerodHelsingor ou Roskilde. Além das pequenas distâncias, a eficiência do transporte público dinamarquês é um convite a usar Copenhagen como base para explorar outras regiões.

Em 2 ou 3 dias, é possível visitar a capital dinamarquesa e conhecer as suas principais atrações. Se você acrescentar mais 1 ou 2 dias na cidade, você poderá realizar algumas das opções de passeios bate-volta a partir de Copenhagen e sair super satisfeito com a boa amostragem que o pequeno país viking tem a oferecer!

No post de hoje, falaremos sobre o passeio que fizemos, em outubro de 2015, às cidades de Helsingor e Hillerod, onde visitamos respectivamente os castelos Kronborg  (o mesmo da história de Hamlet) e Frederiksborg, um dos mais belos castelos da Escandinávia. Se você tiver alguma dúvida, fique à vontade para escrever nos comentários. Será um prazer ajudá-lo a realizar esta viagem também!

1) Bate-volta a partir de Copenhagen

1.1) Helsingor – Castelo de Kronborg

A pequena e charmosa cidade de Helsingor, localizada a apenas 47 km de Copenhagen, é uma das cidades mais famosas da Dinamarca, em especial por abrigar o Castelo de Kronborg. Foi neste castelo, hoje patrimônio da UNESCO, onde William Shakespeare ambientou o romance sobre o príncipe Hamlet.

Castelo de Kronborg

Castelo de Kronborg, Helsingor. Foto: CFR / Blog Pegadas na Estrada

Antes de ser efetivamente um castelo, o local abrigou uma fortaleza militar, construída no século XV, que servia para controlar o pagamento, à Dinamarca, de “taxas de entrada” pelos navios que circulavam pelo Mar Báltico. Um pouco depois, já no século XVI, Frederik II mandou construir um imponente castelo em estilo renascentista dentro da fortaleza. Dessa forma, o próprio rei poderia observar o controle dos navios que passavam pela região.

Bate-volta a partir de Copenhagen

Castelo de Kronborg, Helsingor. Foto: CFR / Blog Pegadas na Estrada

Atualmente, o castelo é aberto ao público para visitação e abriga diversos objetos, itens de decoração e móveis utilizados pela realeza durante vários períodos.

Roteiro Copenhagen Dinamarca

Interior do Castelo de Kronborg, Helsingor. Foto: CFR / Blog Pegadas na Estrada

O que fazer em Copenhagen

Interior do Castelo de Kronborg, Helsingor. Foto: CFR / Blog Pegadas na Estrada

  • Copenhagen Card

A boa notícia para o viajante é que, tanto a entrada do castelo, quanto o transporte público para chegar a Helsingor, estão incluídos no Copenhagen Card, um cartão que permite a entrada em praticamente todas as atrações de Copenhagen e região, em um período de 24, 48, 72 ou 120 horas.

  • Como chegar

Para chegar até lá, pegamos o trem regional que parte da estação central de Copenhagen a cada 20 minutos . A viagem durou cerca de 45 minutos e nos deixou bem próximos ao castelo.

Assim que você sair da estação em Helsingor, você verá o Castelo de Kronborg  do outro lado da península. Para chegar até lá, basta caminhar cerca de 1 km a beira mar.

Viagem Dinamarca Helsingor

Pátio do Castelo de Kronborg, Helsingor. Foto: CFR / Blog Pegadas na Estrada

  • Outras atrações

Depois de visitar o interior do castelo, caminhe sobre as antigas muralhas e tenha lindas visões do Mar Báltico.

países nórdicos

Mar Báltico! Helnsigor, Dinamarca. Foto: CFR / Blog Pegadas na Estrada

Antes de pegar o trem para Hillerod, você ainda terá tempo de dar uma voltinha no centro histórico de Helsingor, que é uma gracinha.

viagem Dinamarca

Centro histórico de Helsingor. Foto: CFR / Blog Pegadas na Estrada

1.2) Hillerod – Castelo Frederiksborg

Castelo Frederiksborg Hillerod

Castelo Frederiksborg, Hillerod. Foto: CFR / Blog Pegadas na Estrada

  • Como chegar

As cidades de Hillerod e Helsingor estão distantes entre si por apenas 23 km e são conectadas por uma linha de trem. Por esse motivo, é muito fácil visitar os dois vilarejos no mesmo dia.

O trem que vai de Helsingor para Hillerod também está incluído no Copenhagen Card e parte a cada 30 minutos.

Assim que você chegar em Hillerod, siga 1,5 km pela rua Vibekevej, que começa logo em frente a estação, e você chegará ao Castelo Frederiksborg. Durante a caminhada, você passará pelo centrinho histórico da cidade.

Bate-volta a partir de Copenhagen Hillerod

Centro histórico de Hillerod. Foto: CFR / Blog Pegadas na Estrada

  • Sobre o Castelo Frederiksborg

Construído no final do século XVI e início do século XVII, o Castelo de Frederiksborg é o maior castelo Renascentista de toda a Escandinávia e abriga inúmeras coleções de obras de arte; objetos pessoais dos membros da família real que ali moraram; móveis; objetos de decoração e tapeçaria;  exposições temporárias, além do Museu de História Nacional e uma igreja lindíssima.

3 dias em Copenhagen Castelo Frederiksborg Hillerod

Interior do Castelo Frederiksborg, Hillerod. Foto: CFR / Blog Pegadas na Estrada

Viagem turismo Escandinávia Dinamarca

Igreja no Castelo Frederiksborg, Hillerod. Foto: CFR / Blog Pegadas na Estrada

Atrações Copenhagen

Interior do Castelo Frederiksborg, Hillerod. Foto: CFR / Blog Pegadas na Estrada

Quando fomos, estava em cartaz uma exibição temporária incrível de Steve McCurry, o fotógrafo da National Geographic, cuja foto da menina afegã Sharbat Gula correu o mundo na década de 80. Ficamos impressionados com a realidade e a sensibilidade das suas fotos. Uma exposição muito legal para quem gosta de viagem e fotografia.

exposição de fotografia Dinamarca

Exposição de fotografia no Castelo Frederiksborg, Hillerod. Foto: CFR / Blog Pegadas na Estrada

roteiro Escandinávia

Exposição de fotografia no Castelo Frederiksborg, Hillerod. Foto: CFR / Blog Pegadas na Estrada

Para conhecer todas as exibições permanentes e temporárias do castelo, consulte o site oficial do Frederiksborg Castle.

Após a visita ao castelo, é hora de conhecer um dos jardins barrocos mais maravilhosos do mundo! Para chegar até lá, siga por uma pequena ponte e se perca entre essa paisagem encantadora.

2) Quantos dias são necessários

Como falamos, visitamos as duas cidade em 1 dia inteiro, em um bate-volta a partir de Copenhagen. Dessa forma, não precisamos fazer check-out e check-in novamente e toda a nossa bagagem ficou no hotel de Copenhagen.

Para você ter uma ideia do tempo que gastamos, saímos da capital dinamarquesa ainda bem cedo, por volta das 08:00 da manhã, e voltamos no final da noite.

Se você, no entanto, dispõe de mais tempo e pretende fazer este roteiro com mais calma, poderá optar por dormir em Helsingor ou Hillerod, que são cidades super aconchegantes e românticas. Nesses casos, procure hotéis com espaço próprio para deixar a bagagem enquanto você explora a cidade ou que permita check-in antecipado.

3) Onde se hospedar

3.1) Copenhagen

De maneira geral, é possível conhecer as principais atrações de Copenhagen a pé ou com o excelente transporte público da cidade.

Para quem vai nesse espírito, a dica é se hospedar próximo à estação central e ao parque Tivoli, uma região com bom custo-benefício e próxima às principais atrações.

A seguir, algumas opções interessantes:

3.2) Helsingor

3.3) Hillerod

Gostou desta matéria? Reserve os seus hotéis em qualquer destino pela caixa do Booking.com abaixo. Você não gasta nenhum centavo a mais por isso, mas o nosso site recebe uma pequena comissão, que nos ajuda a escrever estes guias gratuitos de viagem. Obrigado e até a próxima!



Booking.com

Pretende conhecer a Dinamarca? Dê um pin na foto abaixo e salve este conteúdo no seu Pinterest para consultá-lo depois. É simples, rápido e prático!

Conheça o melhor da Dinamarca por meio de passeios bate-volta a partir de Copenhagen. Visite incríveis castelos e cidades medievais!

*** Você também poderá gostar de ler ***

Compartilhar

Sobre o autor

Ela, cheia de imaginação e criatividade. Acredita que o mundo está logo ali. Se vai para o Canadá, por que não dar uma esticadinha até a Rússia, passando pela Islândia e pela Escandinávia? Ele, viajante mais pé no chão, pesquisa todos os detalhes e nunca se mete em furada ou confusão. Juntos, um equilíbrio, e muitas histórias para contar!

11 Comentários

  1. MARCIO VITAL VALENÇA on

    Amei o post. Como sempre bastante detalhado e cheio de belas fotos! Estivemos em Copenhagen, entretanto, não tivemos de tempo de fazer esse passeio. Certamente iremos na próxima. Dicas anoradas

  2. Frederiksborg foi um dos castelos mais impressionantes que eu já visitei na minha vida! Acredita que eu estive aí há 10 anos, em 2007??? Como o tempo voa! Mas lembro bem do passeio e do frio porque eu fui em Dezembro kkkk.. achava muito engraçado não precisar de geladeira para gelar a cerveja ..bastava colocar do lado de fora da janela kkk…
    Foi ótimo relembrar pelos cliques e relato lindo de vocês!
    Beijinhos
    Lily Pestana

    • Olá, Lily!

      Que bom que o nosso post fez você relembrar essa viagem linda à Dinamarca. Posso até imaginar o frio que você você passou em dezembro, mas com certeza um frio muito bom! Muito obrigada pelo comentário. Bjs, Cristina.

  3. Que viagem incrível! Sou louca por castelos medievais.
    Deve ser uma energia e tanto visitar esses locais.
    Adorei saber que são bem pertinho, rs é quase como ir de um bairro distante a outro aqui no Rio de Janeiro.
    Beiijoss e parabéns mais um vez pelo post completiiinho.

    • Olá, Cris! É realmente um conto de fadas visitar esses castelos. E com um sistema de transporte público tão bom, fazemos esses passeios com a maior facilidade! Muito obrigado pelo comentário. Abraços, Cristina e Renato.

  4. Cris e Renato, parabéns pelas dicas!!! Amo essas cidades históricas e clássicas que nos fazem voltar no tempo. Muito bom saber que dá para fazer esses passeios com pouco tempo, amo fazer esses passeios.

  5. ótimas dicas como sempre 🙂 Vcs combinaram essa viagem a Dinamarca com a Noruega? Pois estou pensando em fazer esses dois em uma mesma viagem.
    Abs!

Deixe um comentário