Roteiro de 2 dias em Cajón del Maipo – Dia 2: Trilha no Monumento Natural El Morado

8

Cajón del Maipo oferece algumas das paisagens mais incríveis do Chile, localizadas a uma curta distância de Santiago.

o que fazer em Cajón del Maipo

Trilha no Monumento Natural El Morado, Cajón del Maipo. Foto: RMA / Blog Pegadas na Estrada

Se você pretende visitar a capital chilena e curte o clima de montanhas, reserve no mínimo 2 dias para visitar essa região.

No post passado, detalhamos o primeiro dia do nosso roteiro em Cajón del Maipo. Nele falamos várias informações úteis sobre o famoso Embalse el Yeso, a road trip que fizemos pela estrada cênica de Camino al Volcán e a nossa experiência nas Termas Valle de Colina.

Embalse el Yeso roteiro Cajón del Maipo

Embalse el Yeso, Cajón del Maipo. Foto: CFR / Blog Pegadas na Estrada

No post de hoje, detalharemos a trilha lindíssima que fizemos no Monumento Natural El Morado, além de dicas de onde se hospedar em um ambiente romântico e cercado por montanhas!

Se ainda assim restar alguma dúvida, fique à vontade para deixá-la nos comentários. Será um prazer ajudá-lo a realizar também essa viagem por Cajón del Maipo!

1) Roteiro em Cajón del Maipo – Dia 2: Trilha no Monumento Natural El Morado

1.1) Trilha no Monumento Natural El Morado – Cajón del Maipo

A trilha no Monumento Natural El Morado tem cerca de 17 km ida e volta, dificuldade moderada e duração total estimada de 6 a 7 horas.

De outubro a abril, a trilha fica aberta das 08:30 às 18:00, sendo a última entrada permitida apenas até às 13:00. De maio a setembro, por sua vez, a trilha fica aberta das 08:30 às 17:00 (última entrada permitida até às 12:30), se o tempo permitir. Explicaremos mais sobre o funcionamento da trilha de maio a setembro no item 1.3 deste post. Não deixe de ler, é importantíssimo!

  • Entrada no parque do Monumento Natural El Morado

O parque do Monumento Natural El Morado é administrado pelo Conaf e por isso é preciso pagar uma taxa de entrada. Quando fomos, a entrada era $ 5.000 CLP, mas recomendamos conferir os valores atualizados no site oficial do Conaf.

Assim que você pagar o ingresso, você receberá um mapinha da trilha e várias informações importantes. Em seguida, você deverá anotar os nomes dos viajantes que ingressam na trilha no controle feito pelos guarda-parques.

Entrada no parque do Monumento Natural El Morado

Entrada no parque do Monumento Natural El Morado, Cajón del Maipo. Foto: CFR / Blog Pegadas na Estrada

  • Início da trilha no Monumento Natural El Morado

A parte inicial da trilha é, sem dúvida, a parte mais íngreme. A medida que você vai subindo, a vista do pequeno vilarejo de Baños Morales vai se tornando ainda mais linda e interessante.

Roteiro Cajón del Maipo trilha natureza

Subida inicial da trilha no Monumento Natural El Morado. Foto: RMA / Blog Pegadas na Estrada

Um pouco depois, caminhamos no vale entre as montanhas e já começamos a ver alguns rios que se formam com a água de degelo.

Cajón del Maipo Santiago

Começamos a ver alguns rios que se formam com a água de degelo. Foto: CFR / Blog Pegadas na Estrada

  • Águas Panimávidas

Após cerca de 3,8 kms de caminhada, você chega em uma parte mais plana, conhecida como “Águas Panimávidas”. Esta é uma área onde fontes de água mineral naturalmente com gás brotam do chão.

dicas Cajón del Maipo trekking

Caminhando pela parte plana da trilha. Foto: CFR / Blog Pegadas na Estrada

Infelizmente, quando fomos, as “Águas Panimávidas” estavam bem pouquinhas e quase não conseguimos vê-las.

O que fazer em Cajón del Maipo Chile

Águas Panimávidas no Monumento Natural el Morado. Foto: CFR / Blog Pegadas na Estrada

Atenção: não é aconselhado beber essas águas que brotam do chão, pois elas contém grande concentração de minerais, que podem causar desconfortos intestinais e diarreias em pessoas que não estão acostumadas. Falaremos mais sobre água potável ao longo da trilha no item 1.4.

  •  Laguna Morales

Após caminharmos cerca de 6 km desde o início da trilha, chegamos na Laguna Morales, de onde já podemos ver o glaciar San Francisco ainda distante.

Laguna Morales Monumento Natural el Morado

Laguna Morales com o Glaciar São Francisco ao fundo. Foto: RMA / Blog Pegadas na Estrada



Cajón del Maipo Monumento Natural El Morado

Belíssima paisagens com pequenas lagunas no caminho. Foto: CFR / Blog Pegadas na Estrada

Atenção: durante a temporada de neve (maio a setembro), é possível que esta parte da trilha esteja fechada. Nesse caso, você poderá chegar apenas até as Águas Panimávidas.

  • Glaciar San Francisco

O último ponto da trilha é um mirante de onde se vê o glaciar San Francisco.

Após a Laguna Morales, você deverá caminhar cerca de 2 km até esse mirante. Esta parte da trilha passa por um terreno bastante irregular, alguns pequenos córregos (dependendo da época do ano) e muitas pedras. Ainda assim, não é uma caminhada difícil, mas é bom estar com um boa bota de trekking.

No caminho, passamos por alguns córregos coloridos e animais.

Roteiro Santiago Cajón del Maipo

Rio cor de rosa colorido naturalmente pelos minerais das montanhas. Foto: CFR / Blog Pegadas na Estrada

Assim que você chegar no mirante, você verá uma placa escrito “não passar deste ponto”. Como a visão que se tem do mirante é bem distante do glaciar, muitas pessoas acabam caminhando para além dessa placa.

Em resumo, não espere ver grandes glaciares como em Torres del Paine ou no Alasca. Apesar disso, a caminhada em si é lindíssima e vale muito a pena.

Após o mirante do Glaciar San Francisco, é hora de voltar pelo mesmo caminho!

Durante a nossa caminhada, fizemos o mapeamento da trilha do Monumento Natural El Morado no aplicativo Wikiloc. Este é um excelente app que ajuda muito na navegação durante as trilhas.

Sem dúvida, este é um passeio que não pode faltar na sua viagem por Cajón del Maipo se você também curte trilhas e natureza!

Trilha Santiago Cajón del Maipo

Um passeio que não pode faltar na sua viagem por Cajón del Maipo! Foto: RMA / Blog Pegadas na Estrada

1.2) Como chegar na trilha do Monumento Natural El Morado – Cajón del Maipo?

  • Por conta própria:

O acesso ao Monumento Natural El Morado é feito pela belíssima estrada Camino Al Volcan. De Santiago são aproximadamente 88 km feitos em pouco mais de 2 hrs. Por outro lado, desde San José de Maipo, são apenas 53 km feitos em aproximadamente uma hora.

O Camino Al Volcan até esse ponto é asfaltado, mas a estradinha que leva ao vilarejo de Baños Morales é de terra. Apesar de curto, esse trecho não está em condições muito boas, havendo muitos buracos e uma subida mais forte. Assim, embora não seja necessário um 4×4, alugar um carro mais alto (como um SUV) dá mais confiança para enfrentar os buracos.

Não existe estacionamento demarcado, mas é possível deixar o carro nas ruas do vilarejo. Depois que estacionamos, caminhamos cerca de 200 metros até a entrada do parque. As coordenadas do ponto onde estacionamos e da entrada do CONAF são, respectivamente, -33.822504, -70.061340 e –33.822462, -70.063745.

  • Com agência de viagem:

Também é possível fazer o passeio através de tour organizado por agências de viagem com partida de Santiago. De outubro a maio é possível fazer a caminhada da mesma forma que fizemos. De maio a setembro, por outro lado, é possível fazer a caminhada usando raquetes de neve. Uma experiência igualmente interessante.

1.3) Quando visitar o Monumento Natural El Morado:

Durante os meses de outubro a abril, o parque onde está localizado o Monumento Natural El Morado funciona das 08:30 às 18:00, sendo a entrada permitida apenas até às 13:00.

Nos meses de maio a setembro, quando as condições climáticas são mais extremas e há a possibilidade de tempestade de neve, não há a garantia de que a trilha estará aberta. Dependendo das condições climáticas, os guarda-parques permitirão a entrada de turistas até 12:30. Se houver previsão de tempestade de neve ou algum risco ao turista, como avalanche por exemplo, a trilha é fechada e não é possível percorrê-la. Em alguns casos, a parte inicial da trilha pode estar aberta (até a Laguna Morales), mas a parte final não (até o glaciar).

Atenção: mesmo nos meses de outubro a abril, quando normalmente a trilha fica aberta, caso haja algum risco para o turista, ela poderá ser fechada. As chances de isso ocorrer, contudo, são bem menores do que nos meses de maio a setembro.

Fizemos a trilha no início do mês de abril e não enfrentamos neve ou chuva no caminho. O tempo estava bastante agradável, o céu azul e a trilha totalmente aberta. Foi lindo!

Em resumo, a melhor época para percorrer a trilha com chances de pegá-la totalmente aberta é do final de outubro a abril. Ainda assim, como se trata de uma atividade ao ar livre na região da Cordilheira dos Andes, sempre estamos sujeitos aos imprevistos do tempo.

O que fazer Monumento Natural El Morado Chile

Dia lindo no Monumento Natural el Morado. Foto: CFR / Blog Pegadas na Estrada

1.4) Informações úteis sobre a Trilha no Monumento Natural El Morado – Cajón del Maipo

  • Alimentação na trilha do Monumento Natural El Morado

Não há lanchonetes ao longo da trilha, nem mesmo na entrada. Por isso, é importante que você leve o seu próprio lanche, suficiente para 6 a 7 horas de caminhada.

É importante levar alimentos que fornecem calorias para todo o percurso, mas que sejam leves e que não ocupem muito espaço na mochila. Confira todas as dicas e um “menu para trilhas” no post que escrevemos “Alimentos para comer nas trilhas: dicas de uma nutricionista viajante!“.

Ao longo da trilha você verá um ponto de água potável (torneira), que se localiza logo depois da Laguna Morales, atrás de uma placa com os dizeres “2.2 km Glaciar San Francisco. Como você passará por essa fonte tanto na ida quanto na volta (se você fizer a trilha completa), não será preciso levar água para o dia inteiro. 1 litro de água por pessoa será suficiente.

  • Banheiros públicos

Não há banheiros públicos ao longo da trilha.

Os banheiros estão localizados apenas na entrada, logo que você passar pelos guarda-parques.

Tenha sempre com você lenços umedecidos para qualquer emergência e sacos tipo Ziploc para jogar os lenços usados depois, pois não há lixeiras ao longo da trilha. A natureza agradece. 😉

Dicas informações Cajón del Maipo

Entrada do parque com banheiros públicos. Foto: CFR / Blog Pegadas na Estrada

  • Que roupa devo vestir para percorrer a trilha no Monumento Natural El Morado?

Em qualquer época do ano, é preciso estar preparado para o frio, pois estamos na região da Cordilheira dos Andes e o tempo pode virar.

Nessas situações, o ideal é se vestir em camadas, ou seja, vestir-se com uma blusa segunda pele, um fleece e um casaco corta-vento/impermeável. Se o dia estiver quente, a segunda pele pode ser dispensada, mas sempre leve o fleece, mesmo que ele fique na mochila.

Outro item que não pode faltar é uma bota de trekking. Muitas pessoas usam tênis de academia, mas definitivamente esse não é o calçado adequado para trilhas, pois você poderá facilmente escorregar nas pedras.

Por fim, tenha sempre um par de bastão de caminhada, que salvará o seu joelho, principalmente na hora da descida.

Leia todo esse conteúdo detalhado no post que escrevemos Como se vestir no frio intenso“.

2) Onde se hospedar em Cajón del Maipo

Depois de um dia inteiro de caminhada, nada melhor do que um vinho da região em um chalé romântico de madeira com vista da montanha.

onde se hospedar em Cajón del Maipo

Nosso chalé de madeira na região de Cajón del Maipo. Foto: CFR / Blog Pegadas na Estrada

Escolhemos o hotel  Hacienda Los Castaños, que foi a pedida perfeita para o que precisávamos.

hotel San Jose de Maipo

Nosso chalé de madeira na região de Cajón del Maipo. Foto: RMA / Blog Pegadas na Estrada

O hotel oferece chalés completos com cozinha equipada, sala de estar, quartos aconchegantes, banheiro com chuveiro quentinho, varanda e área para piquenique.

  Hacienda Los Castaños San Jose del Maipo

Quarto de casal no Hacienda Los Castaños. Foto: CFR / Blog Pegadas na Estrada

Aproveitamos a estrutura completa do chalé e preparamos nós mesmos um jantar romântico: risoto de cogumelos com queijos, acompanhado de muito vinho!

Onde se hospedar San Jose de Maipo

Preparando um jantar romântico no Hacienda Los Castaños. Foto: CFR / Blog Pegadas na Estrada

  Hacienda Los Castaños cabanas San José de Maipo

Risoto de cogumelos com queijos! Foto: CFR / Blog Pegadas na Estrada

O café da manhã é servido diretamente no quarto, em horário pré-agendado, e conta com pães quentinhos, ovos, queijo, presunto, geleia, manteiga, fruta e leite.

Hotel romântico Cajón del Maipo

Café da manhã servido no chalé do Hacienda Los Castaños. Foto: CFR / Blog Pegadas na Estrada

Para quem tem mais tempo ou mesmo está com crianças, o hotel ainda oferece piscina, quadra, área de piquenique e promove passeios de canoa, rafting, bem como outras caminhadas na região.

hotel San José del Maipo Chile

Piscina do hotel Hacienda Los Castaños. Foto: CFR / Blog Pegadas na Estrada

Sem dúvida, um lugar com excelente custo benefício e cercado por uma natureza incrível.

Onde se hospedar Embalse el Yeso Cajón del Maipo

Área de lazer cercada por montanhas. Foto: CFR / Blog Pegadas na Estrada

Gostou deste roteiro por Cajón del Maipo?

Reserve os seus hotéis em qualquer destino pela caixa do Booking.com abaixo. Você não gasta nada a mais por isso, mas o nosso site recebe uma pequena comissão, que nos ajuda a escrever estes guias gratuitos de viagem.



Booking.com

Quer saber outras formas de apoiar o projeto Pegadas na Estrada sem gastar nenhum centavo?

Clique aqui e saiba como. É rápido, fácil e nos ajuda bastante. Até a próxima 🙂

Pensando em conhecer Cajón del Maipo? Então dê um pin na foto abaixo e salve este conteúdo no seu Pinterest para consultá-lo depois.

Conheça a região de Cajón del Maipo, localizada a apenas 1 horas de Santiago. Caminhe pelo Monumento Natural El Morado, desfrute das paisagens de Embalse El Yeso e relaxe nas Termas Valle de Colina. Essas e outras dicas você verá no nosso roteiro de 2 dias por Cajón del Maipo.

A nossa hospedagem no hotel Hacienda Los Castaños foi uma cortesia desta empresa. Todos os relatos descritos neste post sobre Embalse el Yeso e região no entanto, foram baseados em nossas experiências reais e refletem 100% a nossa opinião.

Compartilhar

Sobre o autor

Ela, cheia de imaginação e criatividade. Acredita que o mundo está logo ali. Se vai para o Canadá, por que não dar uma esticadinha até a Rússia, passando pela Islândia e pela Escandinávia? Ele, viajante mais pé no chão, pesquisa todos os detalhes e nunca se mete em furada ou confusão. Juntos, um equilíbrio, e muitas histórias para contar!

8 Comentários

  1. Quantas paisagens deslumbrantes o Chile nos reserva, estou indo este mês conferir algumas das dicas do Pegadas.
    Adorei o Rio Rosa, nunca imaginei uma imagem dessas em toda minha vida, parabéns, post excelente.

  2. Muito lindas as paisagens e o roteiro ficou muito bom!!!
    Apaixonei por esta Hacienda los castaños mais uma vez!!!!!
    Grande abraço casal lindo!

Deixe um comentário