Roteiro de 2 dias em Cajón del Maipo – Dia 1: Embalse el Yeso e Termas Valle de Colina

10

A região de Cajón del Maipo, localizada a apenas 1 hora de Santiago no Chile, oferece inúmeras atrações para os amantes de natureza, entre elas o famoso Embalse el Yeso e as Termas Valle de Colina.

Embalse el Yeso Chile

Embalse el Yeso, Chile. Foto: CFR / Blog Pegadas na estrada

Em nossa viagem pelo Chile, fizemos um roteiro de 2 dias em Cajón del Maipo, que incluiu o Embalse el Yeso, o Camino Al Volcán, as Termas Valle de Colina e a trilha no Monumento Natural El Morado.

Além de atrativos naturais e atividades ao ar livre, Cajón del Maipo é também uma excelente região produtora de vinhos e ideal para curtir a dois! Separar alguns dias para essa região é, sem dúvida, uma ótima opção para quem quer ir além dos roteiros tradicionais de Santiago.

No post de hoje, descreveremos o primeiro dia do roteiro 2 dias em Cajón del Maipo, com o detalhamento das atrações visitadas, como chegar e onde se hospedar. No próximo post, falaremos tudo sobre a trilha que fizemos no Monumento Natural El Morado.

Se ainda assim restar alguma dúvida, fique à vontade para deixá-la nos comentários.

Será um prazer ajudá-lo a desbravar os segredos do Chile também!

1) Dia 1 em Cajón del Maipo: Embalse el YesoCamino Al Volcán e Termas de Colina

1.1) Embalse el Yeso

Localizado próximo à cidade de San José de Maipo, o Embalse el Yeso é uma represa construída em 1964, que garante o abastecimento de água potável para Santiago e para a sua região metropolitana.

Com águas de cor azul turquesa e rodeado pela Cordilheira dos Andes, o Embalse el Yeso exibe, sem dúvida, as mais belas paisagens de Cajón del Maipo.

Roteiro Embalse el Yeso Chile

Embalse el Yeso, Chile. Foto: RMA / Blog Pegadas na estrada

  • O que fazer no Embalse el Yeso:

Durante todo o ano, turistas e locais vão a essa região para a prática de trekking, mountain bike, pesca ou apenas para contemplar a natureza. É possível também descer até a borda da represa para caminhar.

Quando fomos, várias pessoas faziam piquenique e bebiam vinho em torno da represa. É importante mencionar que para chegar até o Embalse el Yeso não é necessário pagar entrada. No entanto, o local também não oferece infraestrutura turística, como bares ou restaurante. Assim, caso você resolva fazer um piquenique, leve de Santiago tudo o que você for precisar.

Para quem está de carro, como foi o nosso caso, é possível percorrer a estrada de terra estreita que beira a represa por cerca de 10 km e ter vistas ainda mais bonitas. A grande vantagem é que, a medida que você dirige, você se afasta da parte inicial da represa, onde as inúmeras excursões que vem de Santiago se aglomeram.

O que fazer em Embalse el Yeso

Estrada que margeia o Embalse el Yeso. Foto: CFR / Blog Pegadas na estrada



  • É necessário alugar um carro 4×4 para chegar ao Embalse el Yeso?

Para chegar ao Embalse el Yeso de carro, é necessário pegar uma estrada de 26 km que sai do Camino Al Volcán. Embora a maior parte da estrada já esteja asfaltada, o trecho final ainda é de terra. E é justamente essa parte que exige atenção especial do viajante.

Durante os meses de verão, a estrada não apresenta maiores dificuldades e o Embalse el Yeso é acessível a qualquer tipo de veículo. Aliás, vimos vários carros de passeio no caminho.

Por precaução e por uma questão de conforto, preferimos pegar um carro mais alto e, por isso, decidimos alugar uma SUV (sem tração 4×4). Mesmo no verão, no entanto, deve-se ter em mente que, se tiver chovido muito nos dias anteriores ou estiver chovendo no dia, a estrada pode ficar perigosa. Assim, em caso de dúvidas, é importante conferir as condições da estrada no seu hotel ou no posto dos Carabineros em San Gabriel.

Por outro lado, no inverno, a neve pode tornar a estrada bem desafiante. Nesse caso, então, um veículo 4×4 pode ser necessário.

Para reservar seu carro em Santiago, use os buscadores Rentalcars ou Rentcars. Eles fazem a comparação entre diversas agências locais em busca dos melhores preços e, além disso, oferecem benefícios como seguro incluído, cancelamento gratuito, atendimento em português, entre outros.

  • Como chegar no Embalse el Yeso por conta própria

Para chegar ao Embalse el Yeso deve-se pegar o Camino Al Volcán e, em seguida, o Camino Embalse El Yeso. A partir de Santiago, a viagem tem cerca de 97 km e dura aproximadamente 2h30min. Por outro lado, para quem já está em San Jose de Maipo, o trajeto será de 46 km, com duração de aproximadamente 1 hora.

Se você estiver viajando com o Google Maps no seu celular, clique nos links acima para carregar a rota no seu app.

como chegar em Embalse el Yeso

Estrada para Embalse el Yeso, Chile. Foto: CFR / Blog Pegadas na estrada

  • Estacionamento e engarrafamento em Embalse el Yeso

Evite ir ao Embalse el Yeso em dias de feriado. Isso porque a estrada que beira a represa é muuuuito estreita e não comporta os inúmeros carros que vem principalmente da capital chilena. Vai por mim: durante os feriados, você pode ficar preso horas e horas nas filas de carro que se formam.

Caso você não tenha outra opção e resolva enfrentar os feriados, estacione o carro ainda na estrada, um pouco antes de ver a represa, mais ou menos na região onde os ônibus estacionam. De lá, siga a pé para o coração de Embalse el Yeso. Será bem mais fácil na hora de voltar.

O Embalse el Yeso não possui estacionamento. Por isso, as pessoas estacionam o carro na própria estrada. Mesmo se a represa estiver com poucos turistas quando você for, por favor, não estacione na parte estreita da via. Quando fomos, vários carros estavam parados nessa área e por isso ninguém mais passava. Foi uma loucura!

roteiro Cajón del Maipo

Não estacione o carro aqui, please!!! Foto: CFR / Blog Pegadas na Estrada

  • Tours para o Embalse el Yeso

Quem não quiser dirigir até o Embalse el Yeso, pode contratar um dos diversos tours que partem diariamente de Santiago. Confira abaixo algumas opções:

Cajón de Maipo e Embalse el Yeso, com guia em inglês/espanhol – A partir de USD 67
Cajon de Maipo e Embalse el Yeso, com guia em português – A partir de USD 81,36
Tour de 4×4 no Embalse el Yeso – A partir de USD 89
Tour com passeio de bicicleta no Embalse el Yeso – A partir de USD 123

  • Quando visitar o Embalse el Yeso

Devido às condições climáticas extremas, a melhor época para visitar o Embalse el Yeso por conta própria é de novembro a maio.

Nos outros meses do ano, a presença de neve pode tornar a estrada bastante perigosa, principalmente para quem não tem prática de dirigir na neve. Nesses casos, o ideal é mesmo contratar um tour.

1.2) Camino Al Volcán

Se você está de carro, poderá explorar uma das estradas mais bonitas da região, conhecida como “Camino Al Volcán“.

Camino Al Volcán Chile

Camino Al Volcán, Cajón del Maipo. Foto: CFR / Blog Pegadas na Estrada

Em linhas gerais, essa estrada de 77 km liga a cidade de Santiago às Termas Valle de Colina. A parte mais cênica, contudo, fica no trecho entre San Jose de Maipo e as Termas Valle de Colina.

No caminho, você verá as belas paisagens formadas pelo rio Volcán, algumas quedas d’água e muitas cordilheiras.

Roteiro Cajón del Maipo Chile

Camino Al Volcán, Cajón del Maipo. Foto: CFR / Blog Pegadas na Estrada

Em resumo, não há um roteiro propriamente dito a se seguir. Mas haverá muitas paisagens para se fotografar ao longo desse trajeto!

roteiro Cajón del Maipo Camino Al Volcán

Paisagens ao longo da estrada Camino Al Volcán. Foto: CFR / Blog Pegadas na Estrada

1.3) Termas Valle de Colina

As Termas Valle de Colina são 7 piscinas naturais de águas a diferentes temperaturas (entre 25 a 55º C), dispostas em platôs ao ar livre, formados pelo depósito de calcário.

Termas Valle de Colina Chile

Termas Valle de Colina, San José de Maipo. Foto: RMA / Blog Pegadas na Estrada

As piscinas mais quentes se encontram no topo da colina, enquanto as menos quentes se encontram mais próximas ao estacionamento. O ideal para não se queimar é começar pelas piscinas de baixo (menos quentes) e ir subindo aos poucos a fim de se adaptar às temperaturas mais elevadas.

O que fazer Termas Valle de Colina

Termas Valle de Colina vista do estacionamento. Foto: CFR / Blog Pegadas na Estrada

A localização das termas no alto da colina possibilita vistas incríveis e que valem a pena. As termas, por sua vez, estavam muito cheias quando fomos, o que não fez da nossa experiência a melhor. Vale lembrar que estávamos em um final de semana de feriado.  Além disso, a estrutura de banheiros e vestiários é beeeem precária.

Em resumo, achamos que a localização das termas é maravilhosa, a ideia de banhos termais é bem interessante, mas a falta de estrutura do lugar tira um pouco do encanto do passeio.

roteiro Termas Valle de Colina

Vista das Termas Valle de Colina. Foto: RMA / Blog Pegadas na Estrada

  • Como chegar às Termas Valle de Colina

Para chegar até as Termas Valle de Colina, basta dirigir até o final do Camino Al Volcán. Logo após Baños Morales, o asfalto acaba e começa uma estrada de terra de 6km em mau estado de conservação. Apesar disso, um carro 4×4 não é necessário. Um carro mais alto, contudo, ajuda bastante, proporcionando mais conforto e agilidade. Essa estrada terminará em uma cancela que dá acesso às termas, onde se paga o ticket de entrada.

Confira o caminho no mapa abaixo. Se você estiver usando o Google Maps na sua viagem, clique nesse link para carregar o mapa no seu app.

  • Ticket de entrada e infraestrutura das Termas Valle de Colina

Para entrar na região das termas é necessário pagar uma entrada, no valor de $ 8000 CLP. Para saber o preço atualizado, consulte o site oficial das termas. As Termas Valle de Colina oferecem um estacionamento amplo e banheiros com chuveiro. Não há, no entanto, vestiário para guardar os pertences e lanchonete.

Termas Valle de Colina Chile Cajón del Maipo

Apreciando a natureza ao redor das Termas Valle de Colina. Foto: CFR / Blog Pegadas na Estrada

2) Onde se hospedar próximo ao Embalse el Yeso

A cidade de San José de Maipo oferece boas opções de hospedagem em meio a uma natureza fantástica.

Como queríamos aproveitar o friozinho e tomar um vinho da região em um lugar romântico, escolhemos o Hacienda Los Castaños, um hotel super charmoso, com chalés completos e feitos em madeira pelo próprio dono.

Hacienda Los Castaños San José de Maipo

Chalé de madeira do Hacienda Los Castaños. Foto: RMA / Blog Pegadas na Estrada

O nosso chalé foi super acolhedor, bem decorado e contou com cozinha completa, sala de estar, 2 varandas, banheiro privativo, quarto de casal com aquecimento e vista da montanha.

onde se hospedar em San José de Maipo

Interior do chalé de madeira do Hacienda Los Castaños. Foto: RMA / Blog Pegadas na Estrada

Aproveitamos a estrutura do chalé e preparamos nós mesmos um risoto de cogumelos e queijos, acompanhado de vinhos da região. Foi a pedida perfeita para o que precisávamos!

Onde se hospedar Embalse el Yeso

Master Chef! Foto: CFR / Blog Pegadas na Estrada

Hotel romântico Cajón del Maipo

Risoto de cogumelos e queijos no Hacienda Los Castaños. Foto: CFR / Blog Pegadas na Estrada

  • Área de lazer:

O hotel ainda oferece uma ampla área de lazer, com piscina, quadra, área de piquenique, bicicletas e balcão de turismo, que pode organizar atividades como canoagem e caminhadas na região.

Hotel San José de Maipo Chile

Área de lazer do Hacienda Los Castaños. Foto: CFR / Blog Pegadas na Estrada

Hotel Cajón del Maipo

Área de lazer do Hacienda Los Castaños. Foto: CFR / Blog Pegadas na Estrada

  • Café da manhã

O café da manhã é servido em uma cesta rústica, que é entregue no quarto no horário agendado. O nosso café da manhã contou com pão quentinho, manteiga, ovos, frios, frutas, geleia e leite.

chalé Cajon del Maipo

Café da manhã no Hacienda Los Castaños. Foto: RMA / Blog Pegadas na Estrada

Em resumo, a nossa experiência no Hacienda Los Castaños foi inesquecível e recomendamos demais!

Gostou deste post sobre o que fazer em Cajón del Maipo (Embalse el YesoCamino Al Volcán e Termas de Colina) ?

Reserve os seus hotéis em qualquer destino pela caixa do Booking.com abaixo. Você não gasta nada a mais por isso, mas o nosso site recebe uma pequena comissão, que nos ajuda a escrever estes guias gratuitos de viagem.



Booking.com

Quer saber outras formas de apoiar o projeto Pegadas na Estrada sem gastar nenhum centavo?

Clique aqui e saiba como. É rápido, fácil e nos ajuda bastante. Até a próxima 🙂

Pensando em conhecer Embalse el Yeso e região? Então dê um pin na foto abaixo e salve este conteúdo no seu Pinterest para consultá-lo depois.

Conheça a região de Cajón del Maipo em um roteiro incrível de 2 dias. Visite suas principais atrações, como o Embalse el Yeso,  o Camino Al Volcán, as Termas Valle de Colina e a trilha no Monumento Natural El Morado. Saiba como chegar, onde se hospedar, além de outras dicas.

A nossa hospedagem no hotel Hacienda Los Castaños foi uma cortesia desta empresa. Todos os relatos descritos neste post sobre Embalse el Yeso e região no entanto, foram baseados em nossas experiências reais e refletem 100% a nossa opinião.

Compartilhar

Sobre o autor

Ela, cheia de imaginação e criatividade. Acredita que o mundo está logo ali. Se vai para o Canadá, por que não dar uma esticadinha até a Rússia, passando pela Islândia e pela Escandinávia? Ele, viajante mais pé no chão, pesquisa todos os detalhes e nunca se mete em furada ou confusão. Juntos, um equilíbrio, e muitas histórias para contar!

10 Comentários

  1. Oi Cris, amei o post. Quando fomos ao Chile o tempo foi curto e priorizamos as vinicolas que são nossa paixão, mas estamos querendo voltar em breve e certamente vou incluir esse roteiro no programa.
    Amei os dois lugares e as fotos.
    obrigada pelo post.
    beijos

  2. Que maravilha! Essa região realmente é belíssima e possui cenários incríveis. Como sempre posts de altíssimo nível e com dicas completas. Parabéns.

    • Olá, Márcio!

      Realmente uma região incrível, super perto de Santiago e que vale a pena!

      Que bom que você tem gostado dos nossos posts.

      É um prazer compartilhar as nossas viagens por aqui. Obrigado pelo comentário.
      Abraços
      Cris e Renato

  3. Esse lugar deve ser surreal de tão lindo! Me lembra um pouco as fotos daqueles lagos do Parque Banff no Canadá.
    Quanta dica boa aqui, parabéns pessoal!

  4. Este post é uma prévia do que veremos em nossa viagem à Santiago, final de julho e início de agosto, porém como será na alta temporada, estará tudo branquinho de neve.
    Estou adorando acompanhar as postagens do Chile e as dicas, obrigada por compartilhar, tá valendo muito.
    Beijos, casal lindo.

  5. Oiii Cris e Renato!

    Adorei o post, principalmente a parte das termas ( nunca tinha ouvido falar e tenho uma paixao especial por águas quentinhas)!

    Achei fofo também o Hacienda Los Castaños , ótima dica, considerarei ficar nele com certeza quando for a este destino!
    Grande abraço!

    • Olá, Paula!

      Que bom que você gostou!
      É realmente um destino muito aconchegante e lindo.
      Foi uma grande experiência nas redondezas de Santiago.
      Super recomendamos.

      Obrigada pelo comentário.
      Abraços

      Cris

Deixe um comentário