Great Coast Road: encante-se com uma das estradas mais cênicas na Nova Zelândia

10

A Nova Zelândia é um dos países mais incríveis do mundo para quem curte Road Trip e belas paisagens. A Great Coast Road, localizada na costa oeste da Ilha Sul, é uma estrada cênica na Nova Zelândia, que beira o Mar da Tasmânia e exibe penhascos de calcário, praias, florestas, formações rochosas que emergem do mar e lindas cachoeiras.

Em resumo, a Great Coast Road é para os neozelandeses o que a Great Ocean Road é para os australianos.

Great Coast Road estrada cênica na Nova Zelândia

Great Coast Road, estrada cênica na Nova Zelândia. Foto: RMA / Blog Pegadas na Estrada

A estrada liga as cidades de GreymouthWestport, em um total de 101 km. Apesar de ser uma estrada relativamente curta, a Great Coast Road abrange o parque nacional Paparoa, com suas incríveis e famosas Pancake Rocks, e merece ao menos 1 dia para ser explorada.

Em abril de 2017, fizemos uma viagem de carro de 23 dias pelas maravilhas da ilhas sul e norte da Nova Zelândia. A partir de Greymouth, dirigimos pela Great Coast Road e seguimos para Abel Tasman National Park, outra atração lindíssima da Nova Zelândia, que visitamos nos dois dias seguintes.

No post de hoje, mostraremos todos os pontos de interesse, que conhecemos nesse trajeto. Esperamos que você goste!

1) Atrações ao longo da Great Coast Road, a lindíssima estrada cênica na Nova Zelândia:

1.1) Hokitika Gorge

(Coordenadas -42.956393, 171.019565)

Antes de entrarmos na Great Coast Road propriamente dita, vamos mostrar Hokitika Gorge, um desfiladeiro lindíssimo, cortado por um rio de água azul turquesa, na região rural do vilarejo de Hokitika.

Hokitika Gorge

Hokitika Gorge, Nova Zelândia. Foto: CFR / Blog Pegadas na Estrada

Em algumas épocas do ano, as águas do rio se mostram em um incrível tom azul turquesa. Em outras, as mesmas águas aparecem cristalinas ou com uma cor acinzentada, mudando completamente a paisagem. Tudo vai depender das condições climáticas na região e da quantidade de sedimentos de rochas que o rio estará transportando.

Quando fomos, chovia bastante e o rio estava bastante agitado. Por esse motivo, as águas estavam bastante acinzentadas. Veja as fotos abaixo:

Hokitika Gorge paisagens turismo Nova Zelândia

Hokitika Gorge, Nova Zelândia. Foto: CFR / Blog Pegadas na Estrada

O que fazer na ilha sul da Nova Zelândia Hokitika Gorge

Hokitika Gorge, Nova Zelândia. Foto: RMA / Blog Pegadas na Estrada

Para chegar até os pontos das fotos, é necessário fazer uma curta caminhada dentro da mata.

Hokitika Gorge, Nova Zelândia parques

Caminhada para chegar em Hokitika Gorge, Nova Zelândia. Foto: CFR / Blog Pegadas na Estrada

Qualquer que seja o tom da água, Hokitika Gorge merece uma visita, pois é um cenário maravilhoso e ainda pouco explorado.

Apenas não se esqueça de levar repelente, pois os mosquitos de lá são vorazes!

A nossa programação inicial era seguir viagem de Franz Josef Glacier até o Arthur’s Pass National Park, fazendo algumas trilhas na região, entre elas a que leva a Hokitika Gorge. Infelizmente, depois de Hokitika, pegamos um temporal e não pudemos conhecer absolutamente nada do Arthur’s Pass.

Por isso, você que está lendo todos os posts da nossa viagem pela Nova Zelândia saiba que, entre Franz Josef Glacier e a Great Coast Road (objeto deste post), separamos 1 dia inteiro para percorrermos o Arthur’s Pass, mas não escreveremos este post devido ao mau tempo.

1.2) Greymouth (voltando à Great Coast Road):

Greymouth é a maior cidade da costa oeste da ilha sul da Nova Zelândia e oferece boas opções de hospedagem, restaurantes, fast foods e supermercados.

Apesar de não ser uma cidade muito turística, Greymouth pode ser um bom ponto de partida para quem percorre a estrada cênica Great Coast Road ou para quem chega/parte pela TranzAlpine, a linha de trem que atravessa os Alpes da Ilha Sul em direção à região de Canterbury.

1.3) Punakaiki e Paparoa National Park

(Coordenadas -42.114683, 171.330088)

O pequeno vilarejo de Punikaiki, famoso entre artistas e artesãos, abriga uma das grandes preciosidades da costa oeste da Nova Zelândia: o Parque Nacional de Paparoa.

Este pequeno parque, de entrada gratuita, oferece uma série de passarelas, nas quais o viajante percorre em meio a penhascos, passando pelas famosas atrações Pancakes Rocks e Blowholes.

Paparoa National Park Nova Zelândia

Penhascos no Paparoa National Park. Foto: CFR / Blog Pegadas na Estrada

Para quem nunca ouviu falar, as “Pancakes Rocks” são rochas que se assemelham a grandes discos, formadas por fósseis de plantas e de animais, há mais de 30 milhões de anos atrás. Aos poucos esse material sedimentado foi sendo comprimido e desgastado pela força da chuva, do mar e do vento, dando origem a penhascos com centenas de fatias horizontais de pedras, que se parecem com enormes pilhas de panquecas!

O que fazer Nova Zelândia ilha sul

Rochas em forma de panqueca no Paparoa National Park. Foto: CFR / Blog Pegadas na Estrada

Pancakes Rocks Paparoa

Pancakes Rocks, Paparoa National Park. Foto: CFR / Blog Pegadas na Estrada

Os “Blowholes“, por sua vez, são buracos existentes entre as “panquecas”, que se enchem de água, formando verdadeiros chafarizes naturais, nos dias em que o mar está agitado.

A caminhada toda pelas passarelas dura entre 30 a 40 minutos, com tempo para apreciar e tirar muitas fotos.

Punakaiki Paparoa National Park Great Coast Road

Passarelas do Paparoa National Park. Foto: CFR / Blog Pegadas na Estrada

No Centro de Visitantes do parque, você encontra uma série de panfletos sobre as principais trilhas da Nova Zelândia, incluindo sobre as 9 Great Walks, além de materiais sobre o parque, souvenires e banheiros gratuitos.

1.4) Truman Track

(Coordenadas -42.094720, 171.343939)

Cerca de 3 km depois do Centro de Visitantes do Parque Nacional Paparoa, você encontrará a Truman Track, uma trilha lindíssima de apenas 1,5 km (ida e volta), que levará você até um mirante de onde se tem uma grande vista do Mar da Tasmânia e de suas formações rochosas.

Ao final da trilha, você ainda poderá descer uma escada que dá acesso à praia de Truman, onde você verá uma imensa rocha em formato de “onda”. Nos dias chuvosos, é possível ver ainda uma pequena cachoeira que cai sobre essa enorme “onda”.

Truman Beach Nova Zelândia West Coast

Caminhada na praia de Truman. Foto: RMA / Blog Pegadas na Estrada

Caminhada na praia de Truman nova Zelândia

Cachoeira na praia de Truman. Foto: CFR / Blog Pegadas na Estrada

ATENÇÃO:  caminhe na praia de Truman APENAS durante a maré baixa. Durante a maré alta, as águas do mar podem subir rapidamente, impedindo que você volte com segurança para a trilha. Vai por mim: se a maré ali foi forte o suficiente para transformar uma grande rocha em uma espécie de “onda”, imagine que ela faria com você se lhe pegasse no meio do caminho? Não vale a pena arriscar. Para saber se será possível descer à praia com segurança, passe no Centro de Visitantes do Paparoa National Park e pergunte sobre o horário das marés. Para se planejar com antecedência, clique aqui e consulte o site do Metservice.

Roteiro ilha sul nova zelandia

Aproveite a maré baixa na praia de Truman. Foto: CFR / Blog Pegadas na Estrada

2) Onde se hospedar na região de Great Coast Road, a lindíssima estrada cênica na Nova Zelândia

2.1) Arthur’s Pass

Se você pretende passar 1 dia na região do Arthur’s Pass National Park, que foi a nossa ideia original, uma boa dica é dormir em plena Arthur’s Pass, outra estrada cênica na Nova Zelândia.

Arthur Pass Nova Zelândia

Estrada cênica em Arthur’s Pass. Foto: CFR / Blog Pegadas na Estrada

A seguir, alguns hotéis bem avaliados:

ATENÇÃO: esta é uma boa região para ver o Kiwi, a ave típica da Nova Zelândia. Fique de olho!

2.2)  Greymouth

Se você não pretende percorrer a região do Arthur’s Pass, uma boa dica é seguir de Franz Josef Glacier até Greymouth, onde você encontrará hotéis com bom custo-benefício.

A seguir, algumas opções bem avaliadas:

Gostou desta matéria? Reserve os seus hotéis em qualquer destino pela caixa do Booking.com abaixo. Você não gasta nenhum centavo a mais por isso, mas o nosso site recebe uma pequena comissão, que nos ajuda a escrever estes guias gratuitos de viagem.



Booking.com

Quer saber outras formas de apoiar o projeto Pegadas na Estrada sem gastar nenhum centavo?

Clique aqui e saiba como. É rápido, fácil e nos ajuda bastante. Até a próxima 🙂

Pensando em conhecer a Great Coast Road? Dê um pin na foto abaixo e salve este conteúdo no seu Pinterest para consultá-lo depois.

Compartilhar

Sobre o autor

Ela, cheia de imaginação e criatividade. Acredita que o mundo está logo ali. Se vai para o Canadá, por que não dar uma esticadinha até a Rússia, passando pela Islândia e pela Escandinávia? Ele, viajante mais pé no chão, pesquisa todos os detalhes e nunca se mete em furada ou confusão. Juntos, um equilíbrio, e muitas histórias para contar!

10 Comentários

    • Renato de Araújo on

      Olá, Amanda! Muito obrigado pelo comentário! A Nova Zelândia entrou para a nossa list Top 5 países do mundo. Fazer essa road trip foi a realização de um sonho. Muitas viagens para você também. Grande abraço, Cristina e Renato.

    • Renato de Araújo on

      Olá, Rozembergue! Que bom que você curtiu o post. Com certeza vai amar quando chegar lá! Sucesso com as suas viagens. Abraços, Cristina e Renato.

    • Renato de Araújo on

      Olá, Márcia! Ficamos muito felizes de saber que você gostou e que salvou o nosso conteúdo no Pinterest! A Nova Zelândia é um dos países mais incríveis que visitamos. Recomendamos cada cantinho desse país! Que você realize essa viagem também! Abraços, Cristina e Renato.

    • Renato de Araújo on

      É sim! Também ficamos impressionados com as paisagens que vimos em nossa Road Trip. Recomendamos demais! Que você realize esse sonho também. Obrigado pelo comentário. Abraços, Cristina e Renato.

Deixe um comentário