Roteiro no Atacama – Lagunas Altiplânicas

10

As Lagunas Altiplânicas estão localizadas a mais de 4.000 metros de altitude, dentro da Reserva Nacional Los Flamencos, no Atacama.

Passeio Lagunas Altiplânicas Atacama Ayllu

Passeio às Lagunas Altiplânicas, Atacama. Foto: CFR / Blog Pegadas na Estrada

Para visitá-las, embarcamos em um passeio da agência Ayllu, com duração aproximada de 9 horas (5h30 às 14h30). Esse passeio nos levou a lugares incríveis, como as Lagunas Tuyaito, Miscanti e Miñiques, além de outras atrações no caminho.

No post de hoje, contaremos todos os detalhes da nossa visita às Lagunas Altiplânicas, além de dicas de hospedagem, vestimenta e muito mais.

Este post faz parte de uma série de 8 posts, que o ajudará a organizar a sua viagem ao Atacama.

Se ainda assim restar alguma dúvida, fique à vontade para deixá-la nos comentários. Será um prazer ajudá-lo a desbravar o Deserto do Atacama também!

1) Atrações do passeio às Lagunas Altiplânicas

1.1) Laguna Tuyaito

Às 05:30 da manhã, fomos pegos no hotel pela equipe da Ayllu. Na primeira hora do trajeto em direção às Lagunas Altiplânicas, o céu ainda estava escuro e por isso nós e o resto do grupo demos um pequenos cochilo.

A medida que avançávamos na estrada, os raios solares começavam a aparecer por entre as montanhas.

Nossa primeira parada, já de dia, foi na Laguna Tuyaito. Aqui, tivemos um tempo para caminhar ao seu redor, enquanto o nosso guia preparava um delicioso café da manhã.

Laguna Tuyaito O que fazer no Atacama

Laguna Tuyaito, Atacama. Foto: CFR / Blog Pegadas na Estrada



Roteiro Atacama Lagunas altiplânicas

Curtindo a paz da Laguna Tuyaito, Atacama. Foto: CFR / Blog Pegadas na Estrada

Nesse momento, apenas a nossa excursão havia chegado e o lugar estava completamente vazio e tranquilo.

Aos poucos, o sol começava a subir e transformava o cenário, acrescentando a ele um reflexo perfeito da cadeia de montanhas que cerca a laguna.

Tour Lagunas Altiplânicas Ayllu Laguna Tuyaito

Reflexo na Laguna Tuyaito, Atacama. Foto: CFR / Blog Pegadas na Estrada

OBS: não há banheiro no caminho, nem na Laguna Tuyaito. Caso necessário, utilize uma das pedras da região da laguna como “esconderijo”, rs. Não se esqueça de levar papel higiênico/lenços umedecidos e sacos de plástico tipo Ziplock para jogar o papel usado depois. Não há lixeiras no local.

Melhores passeios Atacama

Café da manhã da Ayllu servido na Laguna Tuyaito. Foto: CFR / Blog Pegadas na Estrada

1.2) Salar de Talar

Logo após café da manhã com vista para a Laguna Tuyaito, seguimos em direção a um mirante, de onde se tem uma bela vista panorâmica do Salar de Talar.

Salar de Talar Atacama

Vista do Salar de Talar. Foto: RMA / Blog Pegadas na Estrada

Ao fundo do salar, as pedras vermelhas que vemos são as famosas Piedras Rojas. Infelizmente, quando fomos, não foi possível chegar próximo às Piedras Rojas (um dos cenários mais famosos do Atacama), devido a um incidente ocorrido em janeiro de 2018. Nesse infeliz episódio, um atleta que filmava cenas para um programa de televisão praticou kitesurf na lagoa, o que desagradou a comunidade local. Desde então, a região onde se encontram as Piedras Rojas foi fechada ao acesso de turistas por tempo indeterminado.

Para maiores informações, confira com a sua agência, na data da sua viagem, se a atração continua fechada ou se ela já foi reaberta. Na volta, dê uma passadinha aqui no blog e conte-nos como foi!

1.3) Laguna Miscanti

Localizada na parte mais alta da Reserva Nacional Los Flamencos, a Laguna Miscanti é um dos pontos altos do passeio.

Laguna Miscanti Atacama chile

Laguna Miscanti, Atacama. Foto: CFR / Blog Pegadas na Estrada

Aqui você encontrará banheiros públicos e uma pequena trilha de nível fácil, que segue a margem da laguna.

Aproveite para caminhar, tirar boas fotos e avistar alguns pássaros típicos da região.

O que fazer no atacama Chile

Laguna Miscanti, Atacama. Foto: CFR / Blog Pegadas na Estrada

excursão Laguna Miscanti, Atacama Lagunas Altiplânicas

Trilha na Laguna Miscanti, Atacama. Foto: CFR / Blog Pegadas na Estrada

1.4) Laguna Miñiques

Localizada ao final da trilha da Laguna Miscanti, essa outra laguna conta com uma superfície de cerca de 1,5 quilômetro quadrado, que é o habitat natural para a Tagua Cornuda, uma ave aquática típica da região.

Laguna Miñiques Atacama

Laguna Miñiques, Atacama. Foto: CFR / Blog Pegadas na Estrada

1.5) Trópico de Capricórnio

No caminho de volta para San Pedro de Atacama, fizemos a nossa última parada no Trópico de Capricórnio, a linha imaginária que delimita a zona tropical sul.

Trópico de Capricórnio Atacama roteiro

Trópico de Capricórnio. Sem dúvida, um lugar especial! Foto: Blog Pegadas na Estrada

Assim que chegamos em San Pedro de Atacama, fomos recebidos com um delicioso almoço em estilo buffet, no restaurante da Ayllu. O almoço está incluído no passeio às Lagunas Altiplânicas e foi uma ótima pedida para fechar com chave de ouro o nosso tour!

2) O que vestir no passeio Lagunas Altiplânicas

O passeio às Lagunas Altiplânicas começa muuuito cedo (05:30 da manhã) e chega a elevadas altitudes (máxima 4.200 metros).

Por isso, mesmo no verão, é importante estar bem preparado para o frio.

Se vestir em camadas (segunda pele, fleece e corta-vento) é, sem dúvida, a melhor opção. A medida que a temperatura for aumentando, você vai retirando as camadas e se adaptando melhor às novas temperaturas.

Para saber mais, leia o post que escrevemos “Como se vestir no frio intenso“.

3) Como visitar as Lagunas Altiplânicas

Visitamos as Lagunas Altiplânicas com a Ayllu, uma empresa voltada para brasileiros, que oferece tours em grupos pequenos e com guias muito bem preparados. A Ayllu está localizada em San Pedro de Atacama, na rua Toconao, nº 479, mas todos os passeios podem ser reservados com antecedência pelo site da empresa.

De maneira geral, as refeições estão incluídas nos passeios da Ayllu, nas quais você encontrará preparações típicas da gastronomia atacamenha.

Um fator que achamos interessante é que a agência procura oferecer passeios em horários um pouco diferentes da maioria das empresas, a fim de encontrar as atrações um pouco mais vazias. Sem dúvida, um diferencial que gostamos bastante.

Para visitar as Lagunas Altiplânicas, é necessário pagar também o ingresso do parque, que não está incluído em nenhum tour oferecido no Atacama. Quando fomos, essa taxa era de 3.000 pesos chilenos. O pagamento é feito na hora e em espécie. Antes de ir, no entanto, confira o valor atualizado diretamente com a empresa.

4) Onde se hospedar em San Pedro de Atacama

San Pedro de Atacama é um vilarejo bem pequeno, onde tudo se concentra na região da rua Caracoles. Por isso, o ideal é se hospedar em uma das ruas que cortam a agitada Caracoles.

Para quem quer ficar super bem localizado e em um hotel bastante confortável, recomendamos o Terrantai Lodge.

Avaliado como fantástico no site Booking.com, o Terrantai Lodge oferece quartos completos, bem decorados, confortáveis e com internet wi fi.

Onde se hospedar em San Pedro de Atacama

Quarto bem decorado do Terrantai Lodge. Foto: www.booking.com.br

Após os passeios, a dica é se refrescar na piscina do hotel. No final da tarde, por sua vez, o Terrantai Lodge. ainda oferece uma degustação de vinhos e queijos. Perfeito, hein?

Hotel San Pedro de Atacama Chile

Piscina do Terrantai Lodge. Foto: www.booking.com.br

Para quem está com o orçamento um pouco mais apertado, mas também não pretende ficar em hostel, a nossa dica é o Hostal Mirador. Um pouco mais afastado do centrinho (a 8 minutos de caminhada da Caracoles), esse hotel econômico oferece quartos com banheiro privativo ou compartilhado, cozinha equipada, wifi e, além disso, a limpeza é impecável.

Para aqueles que buscam luxo, vale a pena olhar o hotel Explora, que oferece pacotes all inclusive com hospedagem, traslados, passeios exclusivos, refeições e bebidas alcoólicas.

Hotel de luxo Atacama

Uma das piscinas do incrível hotel Explora! Foto: www.booking.com.br

Gostou deste guia de viagem sobre as Lagunas Altiplânicas?

Então reserve os seus hotéis em qualquer destino pela caixa do Booking.com abaixo. Você não gasta nada a mais por isso, mas o nosso site recebe uma pequena comissão, que nos ajuda a escrever estes guias gratuitos de viagem.



Booking.com

Quer saber outras formas de apoiar o projeto Pegadas na Estrada sem gastar nenhum centavo?

Clique aqui e saiba como. É rápido, fácil e nos ajuda bastante. Até a próxima 🙂

Pensando em conhecer as Lagunas Altiplânicas? Então dê um pin na foto abaixo e salve este conteúdo no seu Pinterest para consultá-lo depois.

Fizemos este passeio em parceria com a Ayllu. Todos os comentários, no entanto, refletem 100% a nossa experiência e a nossa opinião.

Compartilhar

Sobre o autor

Ela, cheia de imaginação e criatividade. Acredita que o mundo está logo ali. Se vai para o Canadá, por que não dar uma esticadinha até a Rússia, passando pela Islândia e pela Escandinávia? Ele, viajante mais pé no chão, pesquisa todos os detalhes e nunca se mete em furada ou confusão. Juntos, um equilíbrio, e muitas histórias para contar!

10 Comentários

    • Olá, Deisy!

      Que bom que você gostou!
      As lagunas realmente impressionam. De perto então… Dá vontade de ficar horas contemplando.
      Super recomendo esse passeio.
      Qualquer dúvida, estamos aqui.
      Abraços
      Cris e Renato

  1. Está incrível este roteiro para o Atacama, quantas paisagens surpreendentes e fotogênicas, não é? Adoraria conhecer este destino incrível, e certamente contarei com a grande ajuda dos posts de vocês.
    Valeu Pegadas!
    Beijos.

    • Olá, Gisele!

      O Atacama é realmente um lugar incrível e diferente de tudo.
      Qualquer dúvida, estamos aqui.
      Esperamos que as nossas dicas a ajudem nessa viagem! Queremos notícias sua depois!
      Abraços
      Cris e Renato

  2. Não vejo a hora de conhecer o Atacama! Acho fantástica a natureza por lá, se por foto já acho lindo demais , imagino vendo pessoalmente! ♥
    Amei as dicas, esse guia com certeza vão me ajudar bastante na minha viagem e me deixou ainda mais ansiosa! rss =)
    Parabéns pelo post! 🙂

    • Olá, Luiza!

      Que bom que você gostou. É um prazer compartilhar as nossas viagens por aqui.
      Esperemos que as nossas dicas ajudem outros viajantes a desbravar também o Atacama.
      Boas viagens para você.

      Abraços

      Cris e Renato

  3. Incríveis demais!! Já estive nas lagunas altiplanicas do lado da Bolivia e são lindas que parecem até de mentira. É surreal o quanto a natureza é maravilhosa
    🙂

    • Olá, Taís!

      Estivemos na Bolívia também, é um lugar incrível!
      Pela logística, vale super a pena conjugar Atacama com Bolívia.
      Ainda vamos escrever o nosso roteiro na Bolívia.

      Obrigado pelo comentário.
      Abraços
      Cristina e Renato

Deixe um comentário