Great Ocean Road – Dicas e Roteiro completo a partir de Melbourne

12

Localizada no estado de Vitória na Austrália, entre as cidades de Torquay e Allansford, a Great Ocean Road é uma das estradas mais cênicas da Oceania e leva o viajante por aldeias de pescadores, praias de areia dourada, formações rochosas grandiosas, mirantes e florestas tropicais.

Great Ocean Road

Pôr do sol na Great Ocean Road. Foto: CFR / Blog Pegadas na Estrada

A famosa Great Ocean Road possui 243 km de extensão e o seu início está a apenas 104 km de Melbourne. Por esse motivo, este é um passeio que não pode faltar no roteiro de quem visita essa cidade australiana.

É possível percorrer a Great Ocean Road em apenas 1 dia, em um bate-volta a partir de Melbourne. No entanto, acreditamos que 2 dias são ideais para curtir com calma cada uma de suas atrações.

Em março de 2017, percorremos a Great Ocean Road e visitamos as suas atrações, que foram impressionantes! Ao todo, foram 2 dias inteiros, considerando a ida e a volta de/para Melbourne. No post de hoje, detalharemos cada uma das atrações visitadas, com direito a coordenadas de GPS, além de dicas dos melhores lugares para você se hospedar!

1) Great Ocean Road – 1º dia

1.1) Teddy’s Lookout

Acordamos bem cedo e dirigimos de Melbourne direto para Lorne, onde fizemos a nossa primeira parada no Teddy’s Lookout.

Para chegar até lá, siga em direção ao Centro de Informações Turísticas de Lorne, onde você poderá pegar um mapa da região e usar os banheiros públicos. Depois, pegue a rua Otway e entre na rua George. Siga até o final e você verá o estacionamento gratuito do Teddy’s Lookout.

Faça uma pequena caminhada até o mirante e curta a vista!

Coordenadas do GPS: (-38.553582, 143.979519)

Teddy’s Lookout roteiro Melbourne

Vista do Teddy’s Lookout. Foto: CFR / Blog Pegadas na Estrada

1.2) Kennett River

Do Teddy’s Lookout, seguimos para a região do Kennett River, um dos melhores locais para ver coalas em seu habitat natural.

Para ver os bichinhos, dirija até o Kafe Koala Kennett River, onde você verá um estacionamento. Pare o carro e caminhe na rua do café em direção às árvores. Provavelmente você verá várias pessoas fazendo este trajeto. Basta segui-las.

Kafe Koala Kennett River

Kafe Koala Kennett River. Foto: CFR / Blog Pegadas na Estrada

Olhe para os galhos das árvores, não faça barulho e lá estarão os coalas! Lindíssimos!

Coala Austrália

Coala na região do Kafe Koala Kennett River. Foto: CFR / Blog Pegadas na Estrada

Coordenadas do GPS: (-38.667916, 143.860800)

1.3) Apollo Bay

Com uma população um pouco superior a 1000 habitantes, Apollo Bay é um destino bastante turístico entre os amantes de praia, que procuram a região para a prática de esportes náuticos e para outras atividades ao ar livre.

No geral, achamos o vilarejo bastante simpático, com algumas opções de hotéis, cafés e restaurantes. Se você tiver mais tempo e interesse, hospedar-se em Apollo Bay pode ser interessante para curtir a vibe praiana da Great Ocean Road.

Apollo Bay Austrália

Apollo Bay, Great Ocean Road. Foto: CFR / Blog Pegadas na Estrada

1.4) Marriners Lookout

Para ter a melhor vista de Apollo Bay, do porto e da praia, vá até o Marriners Lookout.

Para chegar até lá, dirija até as coordenadas (-38.735056, 143.670056). Você verá um pequeno estacionamento, onde poderá deixar o carro gratuitamente.

Ao lado do estacionamento, você verá uma porteira fechada, conforme a foto abaixo. Entre e feche a porta novamente.

Marriners Lookout Great Ocean Road

Portão do Marriners Lookout. Foto: CFR / Blog Pegadas na Estrada

Caminhe por essa trilha e você será surpreendido por um lugar realmente incrível e completamente vazio!

O que fazer Great Ocean Road

Vista do Marriners Lookout. Foto: RMA / Blog Pegadas na Estrada

1.5) Gibson Steps

Aqui começam os maravilhosos paredões formados pela força das ondas do oceano.

 Gibson Steps

Vista do alto de Gibson Steps. Foto: CFR / Blog Pegadas na Estrada

Estacione o carro e desça as escadas. Caminhe na areia e curta uma das praias mais bonitas da Great Ocean Road.

Pontos de interesse na Great Ocean Road

Praia em Gibson Steps. Foto: RMA / Blog Pegadas na Estrada

Bate-volta Great Ocean Road Melbourne

Praia em Gibson Steps. Foto: RMA / Blog Pegadas na Estrada

Coordenadas do GPS: (-38.668396, 143.112116)

1.6) Loch Ard Gorge

Após o Gibson Steps, você passará pelo ponto mais famoso da Great Ocean Road, o Twelve Apostles.

Se o dia ainda estiver claro, pule esta atração ou faça uma rápida paradinha e siga para o Loch and Gorge. Falamos isso pois o melhor horário para ver o Twelve Apostles é, sem dúvida, durante pôr do sol.

Por isso, aproveite a claridade do dia para conhecer o Loch and Gorge. Nesta região, existem 3 trilhas fáceis que podem ser percorridas. Se você ainda tiver tempo, desça as escadas e curta uma prainha linda lá em baixo.

Loch Ard Gorge Great Ocean Road

Loch Ard Gorge, Great Ocean Road. Foto: CFR / Blog Pegadas na Estrada

Viagem Great Ocean Road

Loch Ard Gorge, Great Ocean Road. Foto: RMA / Blog Pegadas na Estrada

Coordenadas do GPS: (-38.646314, 143.071425)

1.7) Twelve Apostles

Você está prestes a assistir a uma das cenas mais impressionantes da Austrália: o pôr do sol em Twelve Apostles.

Twelve Apostles

Pôr do sol em Twelve Apostles. Foto: CFR / Blog Pegadas na Estrada

Para saber o horário do pôr-do-sol na data da sua viagem, clique aqui e selecione o mês desejado.

Chegue no local com no mínimo 30 minutos de antecedência pois, embora grande, o estacionamento costuma lotar neste horário. Além disso, é bom encontrar um cantinho para você, antes que as inúmeras excursões comecem a chegar.

Agora, é só posicionar a câmera e aproveitar!!!

Coordenadas do GPS: (-38.646314, 143.071425)

2) Great Ocean Road – 2º dia

2.1) Twelve Apostles

Se você conseguir acordar bem cedo, volte ao Twelve Apostles para ver o nascer do sol. A iluminação será bastante diferente do cenário visto no dia anterior e ainda não estará lotado com as excursões que fazem bate-volta a partir de Melbourne.

12 apóstolos Austrália

O dia nasce em Twelve Apostles. Foto: CFR / Blog Pegadas na Estrada

Twelve Apostles Australia

Twelve Apostles, Great Ocean Road. Foto: CFR / Blog Pegadas na Estrada

2.2) The Arch

Neste ponto, você verá um enorme arco de 8 metros de altura, formado naturalmente pela força das ondas do mar.

The Arch

The Arch, Great Ocean Road. Foto: CFR / Blog Pegadas na Estrada

Coordenadas de GPS:  (-38.622905, 142.943726)

2.3) London Arch

Repare bem na foto abaixo. Até 1990, as duas rochas eram ligadas entre si por uma ponte natural. Nessa época, era comum ver os turistas caminhando por cima das rochas.

Em 15 de janeiro de 1990, no entanto, a ponte cedeu repentinamente. Felizmente, ninguém se feriu na hora, mas 2 turistas (Kelli Harrison e David Darrington) ficaram presos na última rocha, até serem resgatados por um helicóptero.

No final, tudo terminou bem!

London Arch

London Arch, Great Ocean Road. Foto: CFR / Blog Pegadas na Estrada

Roteiro Great Ocean Road Vitória Austrália

London Arch, Great Ocean Road. Foto: CFR / Blog Pegadas na Estrada

Coordenadas de GPS:  (-38.622084, 142.932681).

2.4) The Grotto

Nesta região, você verá um enorme arco. Desça as escadas e tenha visões por outro ângulo.

The Grotto

The Grotto visto por cima. Foto: CFR / Blog Pegadas na Estrada

pontos de interesse 12 apóstolos

The Grotto visto de baixo. Foto: CFR / Blog Pegadas na Estrada

Coordenadas do GPS:  (-38.616141, 142.916024)

2.5)  Bay of Islands

Este é o último ponto da Great Ocean Road que visitamos.

Aqui você verá outra baía, onde rochas emergem como mágica do oceano!

Coordenadas do GPS: (-38.5847234793882, 142.827501296997)

2.6) Port Campbell Discovery Walk

A Port Campbell Discovery Walk é uma caminhada de 3,8 km (ida), que parte da foz do Rio Campbell e passa por penhascos e pela costa de Campbell.

Esta pode ser uma boa oportunidade para ver vida selvagem.

Port Campbell Discovery Walk

Vista da Port Campbell Discovery Walk . Foto: CFR / Blog Pegadas na Estrada

2.7) Retorno para Melbourne

Da última atração, volte para Melbourne pelo mesmo trajeto feito na ida (B100 – Great Ocean Road) ou, se o seu tempo estiver curto, pela A1 cujo tempo estimado é menor.

Para quem tem mais dias na região, é possível combinar este passeio com o Grampians National Park.

Importante:

  • O roteiro do segundo dia vai depender de onde você se hospedou na noite anterior e se você acordou para ver o nascer do sol em Twelve Apostles ou não.
  • No mais, sinta-se livre neste dia para voltar onde curtiu mais ou onde a luz não estava tão boa no dia anterior.
  • O mais importante é organizar o seu roteiro para ver o pôr do sol em Twelve Apostles. Não se esqueça disso, hein?

 

3) Onde se hospedar na Great Ocean Road

Apesar de passarmos por algumas cidadezinhas no caminho, as melhores cidades para você se hospedar  após o pôr do sol em Twelve Apostles são Port Campbell e Peterborough.

A seguir, algumas opções de hospedagem bem avaliadas e com bom custo-benefício:

Great Ocean Road Tourist Park (nossa escolha)
Best Western Great Ocean Road Motor Inn
Port Campbell Motor Inn
Port Campbell Parkview Motel & Apartments

Este roteiro continua na cidade de Cairns, a partir de onde fizemos uma road trip incrível no estado de Queensland!

Gostou deste post? Reserve os seus hotéis em qualquer destino pela caixa do Booking.com abaixo. Você não gasta nada a mais por isso, mas o nosso site recebe uma pequena comissão, que nos ajuda a escrever estes guias gratuitos de viagem.



Booking.com

Quer saber outras formas de apoiar o projeto Pegadas na Estrada sem gastar nenhum centavo?

Clique aqui e saiba como. É rápido, fácil e nos ajuda bastante. Até a próxima 🙂

Pensando em conhecer a Great Ocean Road? Dê um pin na foto abaixo e salve este conteúdo no seu Pinterest para consultá-lo depois.

road trip Great Ocean Road

Compartilhar

Sobre o autor

Ela, cheia de imaginação e criatividade. Acredita que o mundo está logo ali. Se vai para o Canadá, por que não dar uma esticadinha até a Rússia, passando pela Islândia e pela Escandinávia? Ele, viajante mais pé no chão, pesquisa todos os detalhes e nunca se mete em furada ou confusão. Juntos, um equilíbrio, e muitas histórias para contar!

12 Comentários

  1. Incrível! Amei o relato. Completo, detalhado, fotos lindas… parabéns! A mão é inglesa, certo? Vocês se acostumaram bem? A estrada com certeza é boa, né? Qual a melhor época para fazer esse passeio e não correr riscos de ter neblina?

    Beijinhos
    Lily

    • Olá, Lily! Que bom que você gostou. O lugar é incrível e vale muiiiito uma visita. Dirigir na Austrália e na NZ é bem diferente sim e você dirige na mão inglesa, mas as estradas são boas e você se acostuma rápido. Uma dica boa é alugar um carro automático, assim você não precisa passar a marcha com a mão esquerda, o que já ajuda muito. Escrevemos um post com muitas dicas para quem pretende dirigir na NZ, vale a pena dar uma lida.
      Na Austrália, o mais importante é tomar cuidado com os cangurus, eles estão por todos os cantos e literalmente “pulam” em cima do carro. Por isso, é sempre bom respeitar os limites de velocidade. Os melhores meses para dirigir na região estão entre novembro e início de maio, mas de dezembro a fevereiro há muitos turistas na estrada. Evite feriados e férias escolares. Fomos no mês de março e o clima estava perfeito. Recomendamos muito. Obrigado pelo comentário. Abraços, Cristina e Renato.

  2. MARCIO VITAL VALENÇA on

    Esse passeio é imperdível para quem vai para Melbourne. Infelizmente quando fomos o tempo estava horrível e não conseguimos fazer. Mas em uma próxima iremos com certeza.

    • Olá, Márcio! Que pena que o tempo não colaborou. Oportunidades de voltar à Austrália não faltarão. O país é gigantesco e tem milhares de atrações interessantes. Quem sabe um dia? Abraços, Cristina e Renato.

  3. Nossa adorei as imagens. Os Cliffs são lindos e esse horário que você indicou para ver o por do sol os deixam ainda mais incríveis. Adorei o Coala também. Dá vontade de pegar, né? Não conheço Melbourn ainda, mas sem dúvidas, um post desses muda qualquer destino.

    • Olá, Camila! Muito obrigado pelo comentário! Esses Cliffs são realmente únicos e incríveis, um dos pontos altos da Austrália. Recomendamos muito. Que você realize também essa viagem. Conte com a gente! Abraços, Cristina e Renato.

    • Olá, Carlos! A Austrália é realmente um país incrível, com muitas paisagens diferentes e únicas. Que bom que você gostou deste roteiro. Que você realize essa viagem também. Abraços, Cristina e Renato.

Deixe um comentário