Roteiro de 3 dias entre Cairns, Daintree e Cape Tribulation – Dia 1

20

Far North Queensland é uma região tropical da Austrália, que abriga diversos patrimônios da humanidade, entre eles o Parque Nacional Daintree e a Grande Barreira de Corais.

Far North Queensland

Praia na região de Far North Queensland. Foto: RMA / Blog Pegadas na Estrada

Para explorar adequadamente a região e os vários parques nacionais ali existentes, é importante estar de carro e separar no mínimo 3 dias.

Em março de 2017, fizemos uma road trip de 3 dias por Far North Queensland. Alugamos um carro na cidade de Cairns, visitamos as regiões do Parque Nacional Daintree e Cape Tribulation e retornamos para Cairns.

No post de hoje, detalharemos todas as atrações visitadas no primeiro dia dessa road trip, que foi de Cairns até o Daintree. Não perca a série completa!

1) Atrações visitadas no primeiro dia

  • Palm Cove

Localizada a apenas 27 km de Cairns, Palm Cove é uma cidade praiana super pequena, famosa por suas casinhas coloridas e inúmeras palmeiras na orla.

Palm Cove

Praia de Palm Cove, Austrália. Foto: CFR / Blog Pegadas na Estrada

Praia Queensland Austrália

Praia de Palm Cove, Austrália. Foto: CFR / Blog Pegadas na Estrada

A estrutura da praia é excelente, com chuveiros, banheiros, áreas para piquenique, cafés e restaurantes.

Durante a estação de águas-vivas, que vai de outubro até maio, é recomendado nadar apenas em área demarcada pelos salva-vidas, na qual são colocadas redes de proteção contra água-viva.

Se você for nessa época do ano, fique de olho nas placas e procure por essa área.

  • Ellis beach

Localizada a apenas 4 km de Palm Cove, Ellis Beach é uma praia um pouco mais selvagem e incrivelmente bonita.

Da mesma forma que em Palm Cove, atente-se para as placas de água-viva durante a sua estação.

Ellis Beach Queenland

Ellis Beach, Queenland. Foto: CFR / Blog Pegadas na Estrada

  • Hartley’s Crocodile Adventures

O estado de Queensland é a casa dos famosos crocodilos australianos e o Hartley’s Crocodile Adventures, o melhor lugar para conhecê-los com segurança.

Hartley's Crocodile Adventures

Crocodilos Hartley’s Crocodile Adventures. Foto: CFR / Blog Pegadas na Estrada

Localizado a 13,5 km de Ellis Beach, o Hartley’s Crocodile Adventures oferece trilhas demarcadas, que passam por bosques e florestas tropicais, com vários animais típicos da região de Queensland, como  cangurus, koalas, crocodilos, casuares, cobras e outros répteis.

Animais Daintree

Koala no Hartley’s Crocodile Adventures. Foto: CFR / Blog Pegadas na Estrada

Hartley's Crocodile Adventures

Casuar no Hartley’s Crocodile Adventures. Foto: CFR / Blog Pegadas na Estrada

Animais exóticos Daintree

Animais exóticos no Hartley’s Crocodile Adventures. Foto: CFR / Blog Pegadas na Estrada

É possível também fazer um cruzeiro de barco na Lagoa de Hartley para ver crocodilos e outros animais selvagens de perto. O cruzeiro está incluído no ticket de entrada. Fique atento, porém, aos horários disponíveis.

barco na Lagoa de Hartley

Passeio de barco na Lagoa de Hartley. Foto: CFR / Blog Pegadas na Estrada

Para fechar a visita, é a vez de assistirmos ao Attack Show, quando um especialista, no melhor estilo “Crocodilo Dundee”, alimenta um crocodilo e explica tudo o que você deve fazer para evitar um ataque.

 Attack Show crocodilo

Attack Show, Austrália. Foto: CFR / Blog Pegadas na Estrada

Em resumo, os crocodilos costumam preparar emboscadas, ficando escondidos nas águas da região, principalmente nos estuários, que são as áreas de confluência entre o rio e o mar. O ataque é totalmente surpresa e os crocodilos levam as suas presas (humanos estão no cardápio) para o fundo do mar/rio, matando-as por afogamento.

Vai por mim: depois do “Attack Show”, você não vai querer se deparar com um animal destes em sua aventura por Far North Queensland.

Importante!!!

Vale ressaltar que todos os crocodilos do Hartley’s Crocodile Adventures são animais “condenados”. Isso porque quando os crocodilos começam a ter um comportamento agressivo com humanos ou quando começam a frequentar demais regiões mais povoadas, eles normalmente são executados. Para evitar este “jacarecídio”, o Hartley’s Crocodile Adventures se propõe a recolher o animal e lhe prover um recinto que atenda às suas necessidades.

Importante dizer, também, que o “Attack Show“, não é algo que maltrata o animal. Na verdade, o que acontece é o contrário. O animal é induzido a adotar seus movimentos naturais de ataque para conquistar o alimento, fazendo-o realizar exercícios físicos fundamentais para a sua saúde.

Informações úteis:

  • Rex Lookout

Uma breve parada na estrada, para ter uma vista lindíssima do oceano!

Rex Lookout Port Douglas

Rex Lookout, Austrália. Foto: CFR / Blog Pegadas na Estrada

  • Port Douglas

Outra cidade praiana charmosa na região, Port Douglas está a 27 km do Hartley’s Crocodile Adventures e também exibe uma orla central, com belos resorts, cafés e restaurantes.

Port Douglas

Orla de Port Douglas. Foto: CFR / Blog Pegadas na Estrada

Conhecida por ser a cidade onde dois Patrimônio da Humanidade se encontram (a Floresta Tropical de Daintree e a Grande Barreira de Corais), Port Douglas oferece uma série de atividades ao ar livre, como passeios para mergulho e snorkel,  jet-ski , esqui aquático, iate, caiaque e cruzeiros para a Grande Barreira de Corais.

A praia mais famosa e ideal para curtir o pôr do sol é a magnífica Four Mile Beach e suas palmeiras!

 Four Mile Beach

Four Mile Beach, Port Douglas. Foto: CFR / Blog Pegadas na Estrada

Como em toda a região visitada neste dia, observe os cuidados que você deve tomar durante a estação das águas-vivas.

Importante: a apenas 22 km de Port Douglas, você encontrará um dos lugares mais maravilhosos da região, o Mossman Gorge e suas águas incrivelmente verdes. No entanto, como visitamos o Mossman Gorge no terceiro dia (retorno de Cape Tribulation para Cairns), falaremos desta atração no terceiro post da série.

  • Mount Alexandra Lookout

Para fechar o dia,  seguimos para o Mount Alexandra Lookout, de onde se tem uma vista panorâmica da região de Daintree.

Mount Alexandra Lookout Daintree

Mount Alexandra Lookout, Daintree. Foto: CFR / Blog Pegadas na Estrada

2) Onde se hospedar na região do Daintree

A região de Daintree é completamente diferente de outras partes da Austrália, tanto em sua flora, quanto em sua fauna.

Lá você não encontrará grandes cidades, com redes de hotéis famosos. Ao contrário, você verá pequenos hotéis familiares, localizados literalmente dentro da floresta, o que tornará a sua experiência ainda mais autêntica.

Ficamos hospedados no Daintree Rainforest Retreat Motel, um hotel aconchegante, situado entre as árvores da mata fechada, com possibilidade de avistar vida selvagem.

Daintree Rainforest Retreat Motel

Daintree Rainforest Retreat Motel. Foto: CFR / Blog Pegadas na Estrada

onde se hospedar no Daintree

Piscina do Daintree Rainforest Retreat Motel. Foto: CFR / Blog Pegadas na Estrada

O hotel oferece quartos completos, com mini cozinha, mesa para jantar, área de estar, banheiro privativo e proteção contra insetos.

Daintree Rainforest Retreat Motel

Quarto do Daintree Rainforest Retreat Motel. Foto: CFR / Blog Pegadas na Estrada

hotel Daintree

Cozinha do Daintree Rainforest Retreat Motel. Foto: CFR / Blog Pegadas na Estrada

Além disso,  também estão disponíveis aos hóspedes uma área para churrasco e piquenique.

Para fechar o dia com chave de ouro, a dica é um mergulho na piscina do hotel, cuja a água é quentinha e não há crocodilos!

hotel Daintree Queensland

Mergulho na piscina do Daintree Rainforest Retreat Motel. Foto: RMA / Blog Pegadas na Estrada

3) Cruzando o rio Daintree de ferry

Para chegar ao Daintree Rainforest Retreat Motel e continuar a explorar a região até Cape Tribulation, é necessário cruzar o rio Daintree.

Uma vez que não existem pontes sobre o rio, a única forma de cruzá-lo é de ferry. A travessia custa AUD$ 26 (ida e volta, preço de março/2017) e dura apenas cinco minutos. O ferry funciona todos os dias da semana, das 6 da manhã à meia-noite. Para informações atualizadas, clique aqui.

4) Cuidados importantes na região

A região norte do estado de Queensland é famosa pelo clima tropical e por suas belas praias ladeadas por uma exuberante floresta úmida de uma lado e pela Grande Barreira de Corais do outro. Mas, como nada é perfeito, essas praias extraordinárias apresentam alguns perigos aos quais os visitantes devem ficar atentos.

Praias na região de Daintree a Cape Tribulation. Foto: RMA / Blog Pegadas na Estrada

4.1) Águas-vivas

Todos os anos, o litoral australiano é invadido por diversas espécies de águas-vivas. A maior parte delas é inofensiva e não causa nenhum dano sério além do desconforto da picada. Existem, no entanto, duas espécies que são particularmente perigosas e podem ser até fatais: a Box Jellyfish e a Irukandji Jellyfish.

A Box Jellyfish pode ter até 20 centímetros de diâmetro, sendo a maior e mais perigosa água-viva. Seus tentáculos podem chegar a 3 metros e seu veneno pode matar em minutos.

A Irukandji Jellyfish, por sua vez, é bem menor do que a Box Jellyfish, medindo aproximadamente 2 centímetros de diâmetro. Apesar de não ser tão venenosa quanto a Box Jellyfish, ela ainda assim é bastante perigosa. Sua picada causa sintomas como dores intensas, vômitos e sensação de desespero, podendo, em alguns casos, ser até fatal.

Temporada de água-viva

Essas águas-vivas, conhecidas na Austrália como Marine Stingers, são atraídas pelas águas quentes da costa durantes os meses de maior calor. Embora não haja uma data certa, pode-se dizer, de maneira geral, que a temporada de água-viva vai de novembro a maio na região de Port Douglas e Cairns.

Quanto mais ao sul, menor será o calor e, consequentemente, menor será a duração da temporada de águas-vivas. Na região compreendida entre Gladstone e Townsville, por exemplo, a temporada costuma ir de dezembro a março. No extremo norte do estado, por outro lado, ela normalmente vai de outubro a junho.

Dicas de segurança

Redes de proteção. Nas praias mais populares, costumam ser colocadas redes de proteção, conhecidas com stinger nets. Essas redes formam uma espécie de “cercadinho” no mar, impedindo a passagem de águas-vivas. Apesar de serem uma proteção bastante efetiva, elas não são 100% eficazes, já que, em casos bastante raros, as pequenas Irukandji Jellyfish podem conseguir atravessar as redes. O ideal é sempre ler o quadro de avisos que fica posicionado perto das redes para verificar as condições de segurança.

Para encontrar a área onde ficam localizadas as redes, procure pela bandeiras vermelhas e amarelas na praia. A área segura para nadar é entre as bandeiras e, normalmente, ficam em frente à “casinha” do salva-vidas.

Stinger Suit. Outra maneira bastante eficaz para se proteger é usando uma roupa de lycra, chamada stinger suit. Esta roupa se parece com uma roupa de mergulho e cobre o praticamente todo o corpo, impedindo que os tentáculos da água-viva encostem diretamente na pele. .

Vinagre. Na maior parte das praias de North Queensland, há, logo na entrada, uma garrafa com vinagre à disposição dos visitantes. Caso você sofra uma picada de água-viva, jogue o vinagre sobre a ferida imediatamente. Isso irá interromper a liberação de mais veneno.

Grande Barreira de Corais

Embora as águas-vivas prefiram as regiões costeiras, é recomendável o uso de stinger suits em passeios pela Grande Barreira de Corais durante a estação de água-vivas. Mesmo que as chances de um encontro sejam pequenas, não vale a pena correr o risco.

4.2) Crocodilos

Crocodilo preparando a emboscada. Foto: CFR / Blog Pegadas na Estrada

A Austrália é o lar dos temidos crocodilos-de-água-salgada, conhecidos por lá como Saltwater Crocodiles, ou simplesmente, salties. Esses gigantes pré-históricos podem medir até 7 metros e pesar 1200 kg. Como o nome sugere, eles normalmente habitam as regiões dos estuários, que são as áreas onde o rio se encontra com o mar.

Infelizmente, boa parte das praias de Far North Queensland, principalmente acima do rio Daintree, são povoadas por estes animais. Por esse motivo, antes de entrar na água, o turista deve sempre se informar se aquela praia é segura para nadar.

Caso haja, na entrada da praia, uma placa alertando sobre a presença de crocodilos, não se arrisque. Mesmo que não tenha nenhum “croc” à vista, nunca entre na água! Isso porque eles são animais de emboscada, ou seja, ficam escondidinhos no fundo da água, apenas esperando a presa se aproximar para dar o bote. Também não fique de bobeira nas margens dos rios próximos ao mar. Pode ter alguém faminto lá no fundo da água de olho em você.

  • A boa notícia!

Mas não se desespere! A boa notícia é que existem diversos lugares fantásticos para nadar com segurança em North Queensland. São piscinas naturais maravilhosas como Mossman Gorge, Mason Swimming Hole ou Spa Pools, onde você pode se refrescar sem se preocupar com água-vivas, tubarões, crocodilos, ornitorrincos, etc.

Falaremos sobre esses lugares nos próximos post, continue nos acompanhando!

Gostou deste post? Reserve os seus hotéis em qualquer destino pela caixa do Booking.com abaixo. Você não gasta nenhum centavo a mais por isso, mas o nosso site recebe uma pequena comissão, que nos ajuda a escrever estes guias gratuitos de viagem.



Booking.com

No próximo post, confira todos os detalhes do nosso segundo dia na região!

Pensando em conhecer Queensland? Dê um pin na foto abaixo e salve este conteúdo no seu Pinterest para consultá-lo depois. É simples, rápido e prático!

Conheça a região tropical de Queensland, na Austrália, em uma viagem incrível de 3 dias passando por Cairns, Daintree e Cape Tribulation.

A nossa visita ao Hartley’s Crocodile Adventures  e a nossa hospedagem no Daintree Rainforest Retreat Motel foram uma cortesia dessas empresas. Todos os relatos descritos neste post, no entanto, foram baseados em nossas experiências reais e refletem a nossa opinião.

Compartilhar

Sobre o autor

Ela, cheia de imaginação e criatividade. Acredita que o mundo está logo ali. Se vai para o Canadá, por que não dar uma esticadinha até a Rússia, passando pela Islândia e pela Escandinávia? Ele, viajante mais pé no chão, pesquisa todos os detalhes e nunca se mete em furada ou confusão. Juntos, um equilíbrio, e muitas histórias para contar!

20 Comentários

  1. viajei_compartilhei on

    Ahhh a Austrália, cheia de diversidade, passeios incríveis e praias maravilhosas como essas. Ótimas dicas e lindas fotos.

  2. Que post maravilhoso!!! Morro de vontade de conhecer a Austrália e nunca imaginei que perto de Cairns tivesse tanta coisa legal para fazer… Sempre pensei que era “somente” a Grande Barreira de Corais…

    • Olá, Eliana! A região de Cairns é bem bacana e diferente. Amanhã sairá um post de um lugar que curtimos demais na região e que é bem pouco divulgado. Se precisar de mais alguma dica, estamos aqui. Abraços, Cristina e Renato.

  3. Adoro como os posts de vocês são super completinhos e com vários detalhes importantes! adorei esse roteiro.. confesso que Austrália não é um país no topo das minhas preferencias,mas adoraria ver esses cantinhos por lá quando tiver uma oportunidade.

    • Olá, Taís! Muito obrigado pelo comentário e por nos acompanhar. Estamos escrevendo todos os roteiros que fizemos na Austrália. Quando você planejar uma viagem para a Oceania, faça uma conexão por aqui antes, rs, terá muita informação para você. Abraços, Cristina e Renato.

    • Olá, Adriana! Muito obrigado pelo comentário. As Jellyfishs são realmente um problema, mas sempre há áreas seguras para nadar. Além disso, compramos uma roupa especial contra Jellyfish pela internet. Chama-se Stinger Suit, pode ajudar! Abraços, Cristina e Renato.

    • Olá, Alessandra! A Austrália é um país incrível. Torcemos para que você realize esta viagem também. Fique sempre de olho nas placas e nas dicas de segurança. Não tem erro. Quando for planejar a sua viagem, conte com a gente. Abraços, Cristina e Renato.

  4. Uauuu, como amo os posts e fotos de vocês. Fiquei babando aqui com essas paisagens exuberantes. Fiquei encantada com essa foto de Palm Cove, imagino como a cidade deve ser colorida e fofa. Austrália está no topo dos destinos que sonho em conhecer 😉
    Abraços

    • Olá, Josiane! A gente fica mega feliz de saber disso, viu? A Austrália é um país incrível. Paisagens exóticas, praias paradisíacas e vida selvagem. Quando você for, conte com a gente, ok? Qualquer dúvida, estamos aqui. Abraços, Cristina e Renato.

  5. Sensacional o post!! Amei o roteiro e todas as informações que vcs colocaram sobre os cuidados nas praias e rios!
    Vou acompanhar a série!!! Bela viagem!

    • Olá, Simone! Fica tranquila com relação aos Crocs. É só seguir as orientações direitinho. Além disso, em todo lugar onde há risco, você verá placas. Não tem erro. Obrigado pelo comentário. Abraços, Cristina e Renato!

Deixe um comentário