Arizona: Antelope Canyon, Horseshoe Bend e Lake Powell

22

Localizado em uma das regiões mais quentes dos Estados Unidos, o Arizona abriga paisagens desérticas, cânions profundos, formações rochosas variadas e muita história.

Horseshoe Bend Arizona Estados Unidos

Horseshoe Bend, Arizona. Foto: CFR / Blog Pegadas na Estrada

O estado conta hoje com a segunda maior população de índios nativos americanos, com aproximadamente 287 mil, que sobreviveram graças aos movimentos de resistência desses povos frente à colonização europeia.

Inicialmente colonizado pelos espanhóis, o Arizona passou ao controle mexicano em 1821. Apenas em 1912, esse território foi elevado à categoria de estado americano. Essa história e influência podem ser vistas ainda hoje nas ruas e nos seus principais museus.

Em maio de 2016, em uma Road Trip de 18 dias pelos parques nacionais americanos, conhecemos algumas das principais atrações do Arizona como o Antelope Canyon, o Horseshoe Bend e o Lake Powell.

No post de hoje, descreveremos todo esse roteiro e daremos dicas de passeios e hospedagem.

1) Antelope Canyon

O Antelope Canyon é um dos cânions mais fotografados dos Estados Unidos e está localizado dentro do território indígena da tribo Navajo.

Upper Antelope Canyon, Arizona

Upper Antelope Canyon, Arizona. Foto: CFR / Blog Pegadas na Estrada

Essa maravilha da natureza é dividida em Upper Antelope Canyon e Lower Antelope Canyon. Para acessá-los e caminhar dentro deles, é necessário pagar uma taxa à tribo Navajo. No caso do Upper Antelope Canyon, ainda é preciso embarcar em um tour autorizado por essa tribo.

  • Upper Antelope Canyon

Em maio de 2014, visitamos o Upper Antelope Canyon com a empresa Antelope Slot Canyon Tours. O passeio começou em um caminhão 4X4, que nos levou por uma estrada de terra Off Road até a entrada do cânion.

Apesar do lugar ser maravilhoso, achamos o tour um pouco tumultuado. Os horários de visitação são limitados e vários grupos o visitam ao mesmo tempo.  Por esses motivos, os tours se embolam e um guia fica “empurrando” a excursão do outro guia. Aliás, aqui cabe uma observação: achamos alguns guias da tribo Navajo extremamente agressivos e mal educados. Infelizmente não há outra forma de caminhar dentro do cânion a não ser em tours.

Existe, ainda, outro tour, um pouco mais caro, específico de fotografia. Esse tour parece ser bem mais vazio e vai exatamente no melhor horário do dia, quando a luz incide dentro do cânion e está perfeita para a fotografia. Infelizmente não fizemos este tour, mas se fôssemos visitar o cânion novamente, pagaríamos um pouco mais caro e iríamos neste.

Independente de qual tour você faça, reserve com bastante antecedência, pois, como falamos anteriormente, os horários são limitados.

A seguir, algumas fotos do passeio realizado em 2014.

Navajo Arizona

Upper Antelope Canyon, Arizona. Foto: CFR / Blog Pegadas na Estrada

upper-antelope-canyon

Upper Antelope Canyon, Arizona. Foto: CFR / Blog Pegadas na Estrada

upper-antelope-canyon-navajo

Upper Antelope Canyon, Arizona. Foto: CFR / Blog Pegadas na Estrada

roteiro viajar turismo Arizona Estados Unidos

Upper Antelope Canyon, Arizona. Foto: CFR / Blog Pegadas na Estrada

  • Antelope Canyon pela água

Em maio de 2016, voltamos ao Arizona e resolvemos visitar o Antelope Canyon de outra forma: pela água.

Antelope Canyon Arizona

Antelope Canyon, Arizona. Foto: CFR / Blog Pegadas na Estrada

Contratamos o passeio Antelope Canyon Morning da empresa Kayak Lake Powell, com duração de 3 horas aproximadamente.

Ao contrário do passeio que realizamos em 2014, esse tour foi muito mais organizado, os guias eram educadíssimos e não havia multidões.

Por outro lado, não é possível caminhar dentro do cânion com esse passeio. Você fica o tempo todo dentro na água, já que apenas os tours da tribo Navajo são autorizados a andar em solo Navajo.

roteiro Arizona

Antelope Canyon, Arizona. Foto: CFR / Blog Pegadas na Estrada

Para falar a verdade, apesar de os dois tours visitarem o Antelope Canyon, a perspectiva que se tem de cada um é totalmente diferente e ambos se complementam. Na nossa opinião, o ideal é fazer os dois, um de manhã e o outro a tarde.

caiaque-arizona

Antelope Canyon, Arizona. Foto: CFR / Blog Pegadas na Estrada

dias Arizona Estados Unidos

Antelope Canyon, Arizona. Foto: CFR / Blog Pegadas na Estrada

Na volta do passeio, ainda fizemos uma paradinha para nadar em águas cristalinas no cânion…

antelope-canyon-arizona

Antelope Canyon, Arizona. Foto: CFR / Blog Pegadas na Estrada

antelope-canyon-usa

Antelope Canyon, Arizona. Foto: CFR / Blog Pegadas na Estrada

… e também para praticar Cliff Jumping. Existem dois penhascos ideais para saltar. Um gigantesco, que não tivemos coragem e outro, pouca coisa menor. Veja a seguir o vídeo do meu primeiro e custoso Cliff Jumping.

2) Horseshoe Bend

Saindo do passeio de caiaque pelo Antelope Canyon, fomos até o Horseshoe Bend,  uma imensa curva em forma de ferradura formada pelo curso do rio Colorado.

O Horseshoe Bend fica na rodovia US-89, bem próximo à cidade de Page (clique aqui para ver no mapa). Lá você encontrará um estacionamento gratuito. A partir daí, é necessário fazer uma caminhada íngreme de cerca de 2,4 km (ida e volta), em pleno deserto descampado, até o Horseshoe.

Para nós, foi como um oásis, você quase morre de calor, cansaço e desidratação, mas quando chega até o topo do penhasco, percebe que todo o sacrifício valeu à pena.

viagem turismo Arizona

Horseshoe Bend, Arizona. Foto: CFR / Blog Pegadas na Estrada

Observação: tanto o estacionamento como a entrada no Horseshoe são gratuitos. Não há estrutura de parque, nem água potável. Leve bastante água.

3) Lake Powell

O Lake Powell é uma enorme reserva formada pelo Rio Colorado, na divisa dos estados de Utah e Arizona, próximo à cidade de Page.

Lake Powell Arizona

Lake Powell, Arizona. Foto: CFR / Blog Pegadas na Estrada

O Lake Powell foi criado com a construção da Glen Canyon Dam, uma enorme barragem que alargou o cânion Glen, represando parte da água.

Essa construção também resultou no estabelecimento de uma área de recreação em 1972, conhecida como Glen Canyon National Recreation Area, que é atualmente administrada pelo Serviço de Parques Nacionais Americanos.

Essa região oferece áreas para navegação e para a prática de esportes náuticos; uma espécie de “prainha”; e boas opções de hiking e áreas para pesca.

Infelizmente não tivemos tempo de curtir a área de recreação, já que ela fica a aproximadamente 5 horas de Page. No entanto, fomos até o Wahweap Overlook para apreciarmos a vista do Lake Powell e tirar uma foto panorâmica.

Lake Powell Navajo Arizona Estados Unidos

Lake Powell visto do Wahweap Overlook, Arizona. Foto: CFR / Blog Pegadas na Estrada

Lake Powell visto do Wahweap Overlook Arizona

Lake Powell visto do Wahweap Overlook, Arizona. Foto: RMA / Blog Pegadas na Estrada

4) Sugestão de roteiro em Page – Arizona

Em 1 dia inteiro, é possível conhecer essas atrações, com exceção do Glen Canyon National Recreation Area, que levaria mais 2 dias, considerando o tempo de deslocamento.

Portanto, sugerimos o seguinte roteiro para 1 dia:

  • Manhã: passeio de caiaque no Antelope Canyon
  • Tarde: tour da tribo Navajo no Upper Antelope Canyon + Horseshoe Bend + Wahweap Overlook

5) Onde se hospedar

A cidade de Page fica a 12 km do Antelope Canyon e oferece boa rede hoteleira, opções de restaurantes, fast foods e supermercados.

Ficamos hospedados no Knights Inn Lake Powell, um motel básico ao estilo americano, com estacionamento gratuito, recepção 24 horas, café da manhã, ar condicionado, bom custo-benefício e tudo o que precisamos em uma Road Trip.

No próximo post, visitaremos o Flaming Gorge National Recreation Area, em Utah e os seus cânions coloridos, não perca!

Gostou deste guia de viagem?

Reserve o seu hotel pela caixa do Booking abaixo e ajude a manter esse site. O preço para você será o mesmo cobrado diretamente pelo site do Booking, mas ele repassará uma pequena parte da sua comissão para o nosso site. Muito obrigado e até a próxima 🙂



Booking.com

Outros roteiros nos Estados Unidos

Compartilhar

Sobre o autor

Ela, cheia de imaginação e criatividade. Acredita que o mundo está logo ali. Se vai para o Canadá, por que não dar uma esticadinha até a Rússia, passando pela Islândia e pela Escandinávia? Ele, viajante mais pé no chão, pesquisa todos os detalhes e nunca se mete em furada ou confusão. Juntos, um equilíbrio, e muitas histórias para contar!

22 Comentários

  1. Excelente conteúdo…estou planejando uma viagem parecida e o blog é referência pra mim. Estou na fase de tentar um pacote no Antelope canyon…vocês falam que o tour da tribo Navajo seria melhor…sabe qual site? Onde encontro esse tour da tribo?

    • Renato de Araújo on

      Olá Vítor,

      Ficamos felizes em saber que você está gostando do nosso conteúdo e que nosso blog está sendo a referência para o planejando da sua viagem. É bem gratificante ler isso.
      Na verdade, como o cânion fica dentro do território soberano da nação Navajo, todos os tours têm que ser geridos e operados por este povo. O tour de fotografia que mencionamos é realizado pela mesma empresa que opera o tour “muvuca” que fizemos, mas com menos gente e em um horário com melhor luz. Segue o link:
      http://www.antelopeslotcanyon.com/guided-tours/photography-tours
      Precisando de mais ajuda, é só falar. 🙂

      Abraço,

      Renato e Cristina
      Blog Pegadas na Estrada

Deixe um comentário