Bate-volta de Buenos Aires a Tigre

10

Uma boa opção para quem está hospedado em Buenos Aires e quer experimentar um passeio diferente e tranquilo é fazer um bate-volta da capital argentina até a cidade de Tigre.

Tigre está localizada a 33 km de Buenos Aires e pode ser facilmente acessada de trem, carro ou ônibus (nº 60).

Apesar da viagem de carro ou de ônibus ser mais rápida, optamos por fazer o trajeto de trem para que pudéssemos pegar o Tren de la Costa, um trem turístico que passa por diversas paisagens.

A cidade possui duas estações de trem, a Delta e a Tigre, e ambas podem ser acessadas a partir da estação Retiro em Buenos Aires.

Quem chega pelo Tren de la Costa, chega em Delta, a estação mais próxima das principais atrações: o passeio de catamarã pelo Delta do Tigre; o Parque de la Costa e o Cassino de Tigre.

Parque de la Costa em Tigre - Buenos Aires - Foto: CFR / Blog Pegadas na Estrada

Parque de la Costa em Tigre – Buenos Aires – Foto: CFR / Blog Pegadas na Estrada

Para chegar até lá, fomos à estação Retiro, em Buenos Aires, e pegamos a linha Mitre – TBA com destino a Mitre.

Chegando em Mitre, seguimos as placas em direção à Estação Maipú-Tren de la Costa, de onde parte o Tren de la Costa. Lá compramos o ticket e embarcamos.

Durante o trajeto, e antes de chegar em Tigre, fizemos uma breve parada na cidade de San Isidro para visitar o seu centro histórico e a sua catedral. O Tren de la Costa oferece a possibilidade de fazer essa e outras paradas e continuar com o próximo trem sem pagar a mais por isso.

Tren de la costa

Catedral de San Isidro – Argentina. Foto: CFR/ Blog Pegadas na Estrada

Chegando em Tigre, seguimos cerca de 800 metros em direção ao rio, onde encontramos diversas empresas vendendo passeios de catamarã ou de barco pelo Delta do Tigre. Os passeios têm duração de 45 minutos a 2 horas e passam por diversas casas de veraneio ao longo do rio.

Delta do Tigre - Argentina - Foto; CFR / Blog Pegadas na Estrada

Delta do Tigre – Argentina – Foto; CFR / Blog Pegadas na Estrada

Delta do Tigre - Argentina - Foto; CFR / Blog Pegadas na Estrada

Delta do Tigre – Argentina – Foto; CFR / Blog Pegadas na Estrada

O nosso passeio durou 45 minutos, tempo suficiente para conhecer a região.

Após o passeio, caminhamos na orla do rio, na avenida General Bartolomé Mitre, e encontramos o restaurante Vivanco, onde tivemos um delicioso almoço, com um ótimo custo-benefício.

Frango com molho de alho poró e batatas no restaurante Vivanco em Tigre. Foto: CFR / Blog Pegadas na Estrada

Frango com molho de alho poró e batatas no restaurante Vivanco em Tigre. Foto: CFR / Blog Pegadas na Estrada

Argentina

Nhoque verde com molho de ervas no restaurante Vivanco em Tigre. Foto: CFR / Blog Pegadas na Estrada

Restaurante Vivanco em Tigre. Foto: CFR / Blog Pegadas na Estrada

Restaurante Vivanco em Tigre. Foto: CFR / Blog Pegadas na Estrada

Após o almoço e muito vinho, fizemos todo o trajeto de volta e chegamos em Buenos Aires no final do dia.

*** Índice de Posts de Buenos Aires ***

Buenos Aires: dicas e roteiros
Roteiro de 3 dias em Buenos Aires – Dia 1
Roteiro de 3 dias em Buenos Aires – Dia 2
Roteiro de 3 dias em Buenos Aires – Dia 3
Bate-volta de Buenos Aires a Colônia de Sacramento, no Uruguai

Compartilhar

Sobre o autor

Ela, cheia de imaginação e criatividade. Acredita que o mundo está logo ali. Se vai para o Canadá, por que não dar uma esticadinha até a Rússia, passando pela Islândia e pela Escandinávia? Ele, viajante mais pé no chão, pesquisa todos os detalhes e nunca se mete em furada ou confusão. Juntos, um equilíbrio, e muitas histórias para contar!

10 Comentários

    • Olá Larissa,

      Os passeios custam a partir de 190 pesos (aprox. R$31) e podem ser comprados na hora, nos quiosques espalhados pela orla. Se comprar pela internet tem um desconto de 20 pesos.

      Abraço e boa viagem,

      Renato
      Blog Pegadas na Estrada

  1. Boa tarde,
    Estou indo a Buenos Ayres e gostaria muito de ir conhecer a casa de Carlos Vilaró,como consigo informações sobre horários de visitação??
    Não consigo encontrar no Google..

    • Olá Andreia,

      Também pesquisei e não achei praticamente nada. A única informação que encontrei é de 2011 (quando ele ainda era vivo), quando a visitação ocorria somente quando ele não estivesse em casa e deveria ser agendada pelo telefone 4742-3450.

      “Mientras él no está en casa, Bengala puede ser visitada. Eso sí, antes hay que coordinar una visita guiada. Para hacerlo llamar4742-3450. Ideal para ir en grupo o en familia. Estrada 840, Tigre.”
      Fonte: http://www.sophiaonline.com.ar/un-dia-en-el-tigre/

      Mandei um email para a Municipalidade de Tigre pedindo informações atuais. Se eles me responderem, posto aqui nos comentários.

      Abraço e boa viagem,

      Renato
      Blog Pegadas na Estrada

  2. oi, iremos no final do ano depois do natal, o cruzeiro irá parar no porto, é perto a estação retiro, para irmos a pé? ou temos de ir de táxi.

    • Renato de Araújo on

      Olá Sandra, tudo bem?

      Este passeio tem saídas regulares durante todo o ano, inclusive em fevereiro.

      Abraços,

      Renato e Cristina
      Blog Pegadas na Estrada

Reply To Suzana Cancel Reply