A República das Maldivas ou Ilhas Maldivas é um país composto por 26 atóis, em um total de 1.196 ilhas, espalhadas por 90.000 km². Escolher em qual ilha se hospedar, no país considerado um dos mais dispersos do mundo, é, sem dúvida, uma tarefa difícil e que pode levar horas. Reunimos, neste post, diversas informações para ajudá-lo a desbravar esse paraíso! 1) Chegando e saindo das Ilhas Maldivas O aeroporto internacional das Maldivas é a porta de entrada para o país e está localizado em Hulhulé Island, no Atol Norte de Male, bem próximo à capital Male. O aeroporto é bem pequeno,…

Compartilhar

Quem nunca sonhou em viajar para as Maldivas e curtir aquela areia branquinha e aquele mar azul e transparente? *** Índice de Posts – Viajar para as Maldivas*** Tudo o que você precisa saber para planejar sua viagem para as Maldivas Onde se hospedar nas Maldivas: escolhendo o melhor custo-benefício Passei minha época de faculdade lendo revistas de viagem e as ilhas Maldivas sempre estiveram nas capas e nos meus sonhos. Não sabia onde eram, que língua falavam ou que religião praticavam, mas sabia que era um país caro, muiiito caro. As revistas sempre traziam muito luxo, muitos resorts e eu…

Compartilhar

Em abril de 2014, fizemos um pequeno intercâmbio, para estudar inglês, em Santa Bárbara, na Califórnia. Queríamos uma cidade pequena, mas animada; aconchegante; segura; e com opções de passeios para os finais de semana. A cidade de Santa Bárbara caiu como uma luva! Reunimos aqui 10 motivos que vão fazer você querer ser um intercambista em Santa Bárbara. É de apaixonar! Ah, e para quem está indo apenas a passeio, vale a pena ver as dicas também. A cidade é linda e você terá muitas atrações para visitar. Conheça agora os 10 motivos para fazer intercâmbio em Santa Bárbara: 1) Arquitetura, cultura…

Compartilhar

Último dia na Islândia, hora de seguir viagem e voltar para o sul! Acordamos cedo, tomamos café da manhã e aproveitamos para dar uma volta no Skútustadagígar, uma região verde, com pseudo crateras, localizada bem em frente ao nosso hotel. A vista do lago Myvatn é incrível e, como falamos no post do dia 6, é provavelmente um excelente ponto para fotografar a Aurora Boreal. Seguimos na direção oeste / sul, rumo à Keflavik, onde dormiríamos para pegar nosso voo para a Noruega às 08:00 da manhã do dia seguinte. Dirigimos quase 550 km neste dia, o que foi puxado, mas…

Compartilhar

A Aurora Boreal/Austral se produz no céu das regiões polares, em altas latitudes geográficas. É um brilho difuso que pode ser observado em algumas circunstâncias durante a noite. A Aurora decorre do impacto de partículas de vento solar com a alta atmosfera da Terra, canalizadas pelo campo magnético terrestre. Em latitudes do hemisfério norte, é conhecida como Aurora Boreal, em latitudes do hemisfério sul, como Aurora Austral. Ter a oportunidade de ver a Aurora é o sonho de muitos viajantes. Mas a falta de experiência no assunto pode prejudicar grandes oportunidades. Em nossa viagem para a Islândia, em outubro de…

Compartilhar

A maioria dos turistas que acordam em Husavik têm um só objetivo: ver baleias! E com a gente não poderia ser diferente. Husavik é uma pequena cidade do norte da Islândia, de aproximadamente 2.822 habitantes, localizada nas margens da baía Skjálfandi e conhecida como a capital dos safáris de observação de baleias. Contratamos o nosso safári com antecedência com a empresa Gentle Giants . A empresa anuncia em seu site uma taxa de sucesso de observação de baleias de 98%, não teria como dar errado! Acordamos cedo, fizemos o nosso check-out e aproveitamos a localização estratégica do nosso hotel (Arbol…

Compartilhar

Seguir pela costa leste da Islândia foi uma das maiores surpresas da nossa Road Trip. Sem grandes “atrações” previstas no caminho e sem grandes pretensões, iniciamos a nossa viagem pelos 438 km que nos levariam de Hofn a Husavik. Momentos como esse costumam ser raros em nossas viagens. Mas são justamente essas raridades que nos afastam de tudo o que foi planejado e nos mostram uma imensidão de possibilidades. A sensação de estar no leste, distante das multidões, foi de grande paz e liberdade: passeamos por fiordes e montanhas nevadas; dirigimos por estradas completamente desertas; paramos em pequeníssimas cidades e…

Compartilhar

Após uma noite linda e de muito vinho no Hunkubakkar Guesthouse, acordamos bem cedo e seguimos a nossa Road Trip pela Ring Road na Islândia. O primeiro destino do dia foi o Parque Nacional Vatnajökull, famoso pela Geleira Vatnajökull e pela cachoeira Svartifoss. No caminho, fizemos uma breve parada para ver o Kirkjugólf, um campo de formação basáltica bem interessante e a Foss á Siðu, uma pequena cachoeira. Chegamos no parque pela entrada sudoeste (Skaftafell) e nos dirigimos ao centro de visitantes, onde existe um estacionamento gratuito, banheiros, loja de souvenir, posto de informação e diversas agências que oferecem atividades…

Compartilhar
1 27 28 29 30 31 32